Marliéria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Vista aérea da cidade em um dia de feira, dia que atraía mais caipiras de uma vez só. Aí o dia da feira acabou.

Marliéria é uma das mais de 8000 cidadezinhas cheias de caipiras em Minas Gerais. Marliéria é um município de grandes belezas naturais e adepta ao ecoturismo. Por isso a prefeitura tem uma sugestão do que fazer quando chegar ao município: olhar como as árvores e o mato ao redor da cidade são bonitos! Vai ver que é por isso que os gringos acham que no Brasil só tem mato talvez por causa de Marliéria.

História[editar]

Conta-se que havia um explorador francês que tinha saído da França, um lugar melhor e mais confortável do que Portugal, para pisar em merda em um fim de mundo como o Brasil e na região que é o fim de mundo do Brasil. Estamos falando do interior de Minas Gerais e de Marliéria. Até hoje se discute o que deve ter levado o explorador francês à loucura.

Se deduz que alguém estava fazendo uma queimada de canabis que haviam na região no passado e que os índios botucatus tinham colocado para usar mais tarde. Mas vamos voltar a história. O explorador francês estava andando tranquilamente pela região quando começou a ficar molenga. Ele caiu de joelhos ao pé de um morro e então disse:

Cquote1.png qu'il éléphant rose plus belle! GYA HA HA! Cquote2.png
Explorador francês

Os telespectadores começaram a falar que ele disse: "Como esse lugar é bonito". Todos discordaram e botaram o explorador para descansar na carroça que eles estavam levando consigo. Seja como for, o explorador quis ficar po lá pois "sentia uma sensação muito boa quando começava a vir fumaça de outros lugares para lá". Assim, Marliéria recebeu o nome em homenagem ao explorador francês e foi fundada após o explorador ter voltado de um mato.

Cidade[editar]

Como os próprios habitantes descrevem a cidade:

Cquote1.png Marliéria não passa de uma cidade com cinco casas e um conjunto de fazendas que produz 3 quilos anuais de cana de açúcar. Por isso muita gente confunde a cidade com um canavial do que com um município Cquote2.png
Cidadão de Marliéria

Outros falam de como é a vida por lá:

Cquote1.png Essa cidade é o fim do mundo, basicamente o que a população faz é pegar uma Coca-cola e ficar tomando na praça para passar o tempo. Cquote2.png
Outro cidadão de Marliéria

A cidade deve ser tão segura que o padeiro pode deixar a porta da padaria aberta que não vai aparecer ninguém para assaltá-la. Os habitantes sequer sabiam que tinham que votar em alguém para ser prefeito da cidade. Ao que todos sabem ninguém quer se candidatar e quem está no poder geralmente não faz nada e recebe de mão beijada o dinheiro.

Outros hobbies da cidade além de ficar tomando coca na praça principal é se preocupar com a fazenda feliz que está sendo roubada por outros caipiras nesse momento.

Turismo[editar]

Conta-se que há um morro que o explorador francês Marliéria disse ser o lugar "mais alto e bonito do mundo". Saiu uma espécie de "Jacroá" da boca do homem e agora construíram um mirante para todo mundo ver a cidade. Seja como for, ninguém para na cidade mesmo para ver esse mirante.