Marula

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bambu.jpg Marula faz parte do Incrível Mundo Vegetal Folhoso
Este vegetal foi certificado pelo Greenpeace como um artigo livre de agrotóxicos, transgênicos e outras pragas nocivas.
Marula
A maior parte das marulas são destinadas à fabricação da Amarula
A maior parte das marulas são destinadas à fabricação da Amarula
Classificação científica
Reino: Plantinhas
Superdivisão: Plantas com esperma
Divisão: Anjo esperma
Classe: Eudissecotia
Subclasse: Rosinhas
Ordem: Salpicadas
Família: Anarcocomunista
Gênero: Escarola
Espécie: Marula
Escarola Birrenta

Cquote1.png Você quis dizer: Marola Cquote2.png
Google sobre Marula
Cquote1.png Se eu pudesse eu comia mil, mas uma já basta pra eu ficar bêbado Cquote2.png
Jeremias sobre marula
Cquote1.png Foi só uma marulinha Cquote2.png
Trocadalhos do carilho sobre Marula

A marula é uma fruta africana pequena, arredondada, amarelada, usada para embebedar os macacos e elefantes, e também usada para a produção da bebida Amarula. É a planta símbolo dos terrenos inabitados das savanas.

A fruta[editar]

Elefante curtindo o efeito

A marula é originária daquelas áreas típicas de filmes de Tarzan, cheia de mato, animais e guerreiros canibais. Ela possui um grau de fermentação alto, dispensando o uso de fungos e bactérias para transformar polpa em álcool. Quando uma pessoa come a marula, a fruta começa a se transformar em álcool em seu estômago, e esta pessoa aos poucos vai ficando bêbada. Animais que gostam desta fruta, como elefantes, zebras e macacos, costumam gostar mais do efeito alcoólico do que do sabor da fruta. O sabor da fruta não é muito saboroso mesmo, mas o efeito pós-consumo, semelhante ao efeito de 2 litros de cachaça, é considerável. Mas depois, a ressaca causada pelo fruta é grande também. Devido ao vício que os macacos sofrem com a marula, a árvore maruleira está correndo risco sério de extinção. Marula é uma palavra de um dialeto banto que significa amarelo.

Produção de Amarula[editar]

Descoberta no ano de 1869 pelo explorador David Livingstone, a marula foi bem aceita no continente europeu. Livingstone foi o primeiro homem não-africano a ficar de porre de marula, e, consequentemente, o primeiro a ficar de ressaca marulina. Ele levou esta fruta para a Europa, onde seus colegas também ficaram bêbados. Um dos bêbados que compartilharam o conhecimento da marula teve a ideia de criar um destilado desta fruta. A bebida preparada com a marula foi chamada de amarula, já que a bebedeira inibia a criatividade dos criadores, foi um verdadeiro sucesso. Mas atualmente, a bebida que conhecemos como Amarula é apenas um licor de cacau modificado geneticamente. Não se enganem.