Mato-grossense

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O mato-grossense é famoso pelas suas cidades violentas a la sudeste do Pará, mas também porque vive de plantar soja o dia todo na roça, e dançar siririca. Basicamente, descendem de nordestinos (aliás quem não descende de nordestinos fora os sulinos ao sul do Paraná?) com gaúchos (outra raça que adora emigrar, só que mais recentemente que os nordestinos, em menor escala e para outros destinos; além disso, geralmente ele certo, ao contrário do nordestino, que só se fode e vira escravo dos outros). Graças a essa ascendência atípica, e ao fato de se orgulharem por estar no centro geodésico do segundo mainland mais chifrim do mundo, o resto do mundo está pouco se lixando pra existência deles, já que os minérios do Pará dão mais rendimentos que a soja no comércio externo.


v d e h
Seres que você encontra no Bandeira do Brasil Brasil

Geral: Branco - Caipira - Cigano - Extraterrestre - Negro - Nordestino - Paulista - Fluminense - Índio - Xavante - Nipobrasileiro

Regional: Acreano - Alagoano - Amapaense - Amazonense - Baiano - Brasiliense - Capixaba - Catarinense - Cearense - Fluminense - Gaúcho - Goiano - Maranhense - Mato-grossense - Mineiro - Paraense - Paraibano - Paranaense - Paulista - Pernambucano - Piauiense - Potiguar - Rondoniense - Roraimense - Sergipano - Sul-Mato-grossense - Tocantinense