Mauritânia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
●الجمهورية الإسلامية الموريتانية (Al-Jumhuriyah al-Islamiyah al-Muritaniyah)
●Sand Dune of Mauritania
●Islâmicos Paz e Amor da Mauritânia

Bandeira da Mauritânia-2017.png Brasão de armas da Mauritânia.png
Bandeira Brasão
Lema: Cof! Cof! Cof! Cof!
Hino: Cof! Cof! Cof! (morre de sede)
Map of League of Arab States countries.png
Capital Nocaute
Maior cidade Grande Duna Central
Língua Árabe (ou quase isso)
Tipo de Governo Não existe algo tão sofisticado
Cara que está vivo ainda Sghair Ould M'Bareck
Heróis Nacionais Osama Bin Laden Saddan Hussein
Independência Independência do Enorme Reino de Mali em 734
Moeda Ossos de camelo
Religião Islamismo
População 77 pessoas, 2350 camelos, 35 escorpiões e 62 Ciborgues armados com AK-47s
Área 1.025.520 Km3 de areia (Números Insignificantes% de água)
Analfabetismo Números Insignificantes%
PIB per Capita Números Insignificantes USD/hab.
IDH 0.Números Insignificantes
Fuso Horário Números Insignificantes
Clima Desértico Hostil a Vida Humana
Site do Governo Números Insignificantes, provavelmente www.vemmorrerdesede.mr
Cquote1.png Pá, cade água? CADE? Cquote2.png
Turista estúpido

Cquote1.png Tá (Cof, Cof), na (Cof, Cof), minha garrafa Cquote2.png
Habitante com água

Mauritânia é uma vasta duna de areia no norte da África habitada por infelizes muçulmanos.

História[editar]

Berberes[editar]

A história da Mauritânia é intrinsecamente vinculada a arqueologia, volta e meia encontram algo enterrado naquela região e a constatação é sempre a mesma no achado de ossos: "Esse animal ou homem teve a péssima ideia de tentar atravessar o deserto e morreu tentando".

A região no entanto foi povoada inicialmente por nômades bebedeiros, fato que não mudou muito até hoje.

Almorávidas[editar]

Uma mansão de luxo na Mauritânia.

A partir do século XVI, quando os árabes que se amarram em desertos e areia resolveram conquistar a Mauritânia em um avanço que já havia atravessado todo o deserto, a Mauritânia passa para o controle dos almorávidas, que introduzem um sistema de castas que podem ser vistos na novela O Clone. A casta dos hassanes (árabes fodelões), haratans (os motumbos), párias (escravos), castas que existem até hoje, afinal a notícia que a escravidão foi abolida ainda não chegou nesse país.

África Oriental Francesa[editar]

O primeiro contato da humanidade com essas terras foi durante o século XI, quando Marco Polo se aventurou no Grandioso Reino de Mali a procura do Santo Graal e foi parar na Mauritânia por acidente.

Mas foi só em 1903 que disputas pela Mauritânia se intensificaram, mas aos poucos os britânicos, espanhóis e até os portugueses se tocaram da roubada que era aquele território, e só sobrou a França dominando a região.

Em 1920 a Mauritânia já fazia parte da África Oriental Francesa, tornando-se o principal ponto mundial na rota do comércio da goma arábica, um raro chiclete a base de gordura de dromedário.

Independência[editar]

Em 1960 a Mauritânia adquire a sua independência e entra num ciclo de golpes militares e guerras civis.

A região da Duna do Leste declarou guerra a Duna do Oeste. A Duna Centro-Sul ficou neutra (afinal não havia população nesta duna). O combate conhecido como Guerra da Libertação e o Islamismo pela Igualdade Social durou longos 15 minutos e a Duna do Oeste venceu quando os poderosos 12 soldados da Duna do Leste morreram de sede.

Fatos recentes[editar]

A bela capital mauritana Nouakchott.

Recentemente a Mauritânia conquistou e anexou o Saara Ocidental-Austral conseguindo então um pedaço de deserto que dá no mar. Como não se bebe água do mar, essa tática de conquista serviu apenas para haver como navegar e fugir para o Brasil.

Geografia[editar]

Situada no meio do Deserto do Saara, a Mauritânia ao contrário de países também desgraçados como Chade, Mali e Argélia nem um mísero território de mata possui e amarga com a Líbia dunas de areias árabes.

Desde sua independência a Mauritânia conquista repetidamente o título de "País mais geométrico do Mundo".

Subdivisões[editar]


Política[editar]

Ficou estabelecida na região a política islâmica da não liberdade de expressão e repressão às mulheres.

Flag-map Mauritânia.png Mauritânia
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo


TOTO.jpg
África
v d e h

Países: África do Sul | Angola | Argélia | Benim | Botswana | Burkina Faso | Burundi | Cabo Verde | Camarões | Chade | Comores | Congo | Costa do Marfim | Djibouti | Egito | Eritreia | Etiópia | Gabão | Gâmbia | Gana | Guiné | Guiné-Bissau | Guiné Equatorial | Lesoto | Libéria | Líbia | Madagascar | Malawi | Mali | Marrocos | Maurício | Mauritânia | Moçambique | Namíbia | Níger | Nigéria | Quênia | República Centro-Africana | República Democrática do Congo | Ruanda | São Tomé e Príncipe | Senegal | Serra Leoa | Seychelles | Somália | Suazilândia | Sudão | Sudão do Sul | Tanzânia | Togo | Tunísia | Uganda | Zâmbia | Zimbabwe

Territórios: Canárias | Ceuta | Galmudug | Mayotte | Melilla | Reunião | Saara Ocidental | Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha | Somalilândia