Max Payne (jogo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Max Payne (jogo) é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, um Gigante de gelo mata um ulfsark.


Max Pênis
MaxPayneTTsmall.JPG

Michelle, nãããããããããããããããão!

Informações
Desenvolvedor Remédio Estúdios
Publicador PedraEstrela e outras
Ano 2001
Gênero Tiro, muito tiro
Plataformas Micosoft Ruindows, Lixo OS, YudiStation 2, Xcaixa, Gay Boy Avançado, iPhorcaria e Travoid
Avaliação "Looks like Matrix" - IGN 10/10
Idade para jogar +18


Max Payne é um jogo de tiro em terceira pessoa copiado descaradamente de Matrix, feito pela Remedy Studios, uma desenvolvedora viking, e produzido por uma porrada de outras empresas, incluindo a Rockstar. O protagonista é Max Payne, um detetive do departamento de puliça de New York e especialista em frases de efeito, que depois de uma tragédia com sua família, sai por aí matando todos que entram no seu caminho em busca de sua vingança (nada clichê.).

O jogo ganhou muitos prêmios, como o prêmio BAFO de melhor jogo de PC de 2078. Em 2011, Max Payne 1 já tinha vendido 127 cópias, 12 nos EUA e 115 na Finlândia, o que é um recorde impressionante. Em algum ano aí, foi feito um filme da série, que não é lá aquelas coisas.

O jogo tem uma porrada de referência á mitologia nórdica, uma vez que a desenvolvedora é a única da Finlândia á fazer um jogo decente (ou não), aí quiseram orgulhar o país deles de alguma forma. Max Payne recebeu críticas muito positivas e foi elogiado por seus tiroteios emocionantes e o personagem carismático e fodão pra caralho.

Jogabilidade[editar]

Porra Max, tu tá segurando a arma meio errado...

Max Payne é um jogo de tiro em terceira pessoa, que quase toda a jogabilidade é em volta do "bullet time" pra parar o tempo e mandar os capangas pro inferno. As fases do jogo e cenários são lineares e simples, porque os computadores da época eram podres demais pra aguentar um cenário grande e bonito. Porém, alguns níveis tem uns elementos de plataforma e quebra-cabeças, pro jogo não ficar tão monótono, e também copiar Tomb Raider. Mesmo assim, a ênfase principal do jogo é o tiro, porrada e bomba.

Os tiros deixam cartuchos de bala e as paredes ficam com buracos de balas quando são atingidas, algo que muito jogo atual AAA não tem (quando atira na água do Watch Dogs, a água não mexe nem nada, que merda). Você pode interagir com alguns itens do cenário também, como ligar a TV pra assistir TV Globinho, ah pera, não existe mais... Maldita Fátima Bernardes. O jogo é meio filho da puta, porque tem alguns bandidos escondidos em lugares e portas com armadilha, tipo Dark Souls.

A primeira arma que o jogador pega é a pistolinha 9mm, que é uma merda, todos sabemos. Depois que o jogador avança mais no jogo, ele pega outras armas, pistolas como uma Bereta 92 e a foderosa Desert Eagle, espingardas de bomba de ação, de cano serrado e a Pancor Jackhammer automática, submetralhadoras como Ingram e Colt Commando, um lançador de granadas M72, uma sniper, armas melee, e as armas jogáveis (você também pode pagar de Rambo e usar algumas dessas armas uma em cada mão). Max recupera a saúde tomando viagra que o jogador coleta pelo game, antes de vir um inimigo te metralhando.

A inteligência artificial do jogo parece inteligente, mas é porque ela é dependente de comandos pré-escritos, ou seja, eles repetem sempre os mesmos movimentos aos que fizeram da primeira vez, sendo assim uma ilusão pra enganar o jogador, achando que a inteligência artificial é foda.

A dublagem[editar]

Quando o jogo veio pras terras do titio Temer por uma tal de Greenleaf, o jogo recebeu uma dublagem pra português brasileiro, deixando os portugueses babando de inveja (ou não). O jogo estava previsto pra ter uma dublagem para portunhol e miguxês, mas foram canceladas. Um tal de Mauro Castro foi responsável por dublar o Max e foi competente no trabalho, conseguindo manter a voz transuda do personagem.

Porém, os outros dubladores que fizeram os capangas e os viciados cagaram fedido na dublagem, deixando ela um verdadeiro filme de sessão da tarde. Muito deles falam frases como "É O MAX!!111!", "Eiii!!", "Lá!!", "PARE!!" e etc, parecendo mais um filme de comédia pastelão do que um jogo de suspense. Bom, melhor que do nada. Max Payne não é recomendado para menores de 18 anos pelo Departamento de Injustiça, Desclassificação, Títulos e Desqualificação, mas como ninguém liga pra opinião deles, todas as idades jogam esse maravilhoso jogo.

Recepção[editar]

O Max, com vontade de cagar.

Os críticos chatos deram boas notas pro jogo. AllGayme elogiou as armas, as armas, armas, armas e o pênis do Max Payne, porém falou: "Eu tenho frescura no rabo, porque eu achei que a história é, ás vezes, previsível e cheia de clichês" e que "diferente de Half-Life, que a ação é junta com a simples mas boa história, Max Payne frequentemente enche o seu saco e te força á olhar uma "graphic movel" desenhada com a bunda e ouvir á diálogos medíocres."

Uma crítica comum é o pouco valor de repetição de Max Payne, já que não tem multiplayer, e a história linear por causa dos lugares minúsculos e os movimentos pré-escritos, que dão 10-15 horas de jogo, mas se você for um speedrunner bom, é só dar uma de Rambo que dá pra terminar em uns 20 segundos (ou não).

Enquanto os gráficos são elogiados pelas texturas de alta resolução, a expressão facial do pobre Max dentro do jogo é meio zoada (como você pode ver na imagem). Ele fica sempre com a mesma expressão e com uma cara de bolacha, e parece que pegaram uma foto e colaram no boneco do personagem, que merda.


v d e h
Max Payne logo.jpg