Medina (Minas Gerais)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Medina (Minas Gerais) é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Se você passar na rua, todo mundo fica olhando.

Sciences de la terre.svg.png
Medina (Minas Gerais) Terra de um povo fofoqueiro
[[Imagem:|150px]]
Bandeira
Foi ucê
Hino ???
Local link={{{3}}} Minas Gerais Buraco da pobrada de MG
Idioma Caipira-analfabeto, caipira-mineiro
Geografia
Clima Inferno
Locais de Referencia Clube e Praça do Centro
Economia Protituição, assalto e tráfico de drogas
Produtos Exportados Fumo e Galinha Preta
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Quadrilha do Morro
Atual Prefeito
Nuvola apps core.png
Vavá Barriga d'água (GLS)
Vice-Prefeito
Nuvola apps core.png
Marcão Maloqueiro (PV)
Mídia
Cidadãos Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Ninguém
Esporte Símbolo Pelada
Santo Local Rita Macumbeira

Cquote1.png Você quis dizer: Onde cu não tem dono Cquote2.png
Google sobre Medina (Minas Gerais)

Medina é mais uma cidade do Vale do Jequitionha, ou "Vale da Pobrada", em Minas Gerais. O nome de Medina é uma homenagem ao espanhol Leandro de Medina, que trouxe escravos e índios para sua suruba. O resto é história.

Geografia[editar]

Entrada de Medina.

Para chegar em Medina, só saindo de Belo Horizonte você sobe a vida inteira, passa pelas estradas de poeira esburacadas, nas quais há frequente aparição de Jumentos. Quando estiver chegando onde o povo frita ovo no chão, entra pelo Inferno, vai vai vai e pede pro motorista te deixar em Medina.

Turismo[editar]

Numa cidade como essa coisas como turismo não existe, só há gente que foi embora pra visitar os parentes e uns sem dente das roças

Estrutura[editar]

Toda baseada no curral.

Lazer[editar]

Lugares:

  • Clube Aruanã - Único da cidade onde crianças, jovens e adultos têm lazer e putaria nesta cidade, lá meninas virgens perdem o cabaço e lá viados se revelam. E tem futebol também, só perna de pau e veteranos pançudos de cachaça tentam jogar bola.
  • Praça Max Machado - Lá o povo o sai pra lanchar com os amigos e também pra transar na parte de trás, no mercado, onde é escuro. De vez em sempre, tem risca faca. Onde os traficante do Morro enfrentam os da Baixada. E também quando os viados se revelam aos gritos.

Festas:

  • Cabeça da Leitoa e Dona Xepa - Nestas festas, a cidade fica parada igual a um pau quando vê uma buceta, vem gente de fora so pra comer carne de gato, que falam que é de vaca. Na Dona Xepa só canta banda ruim. Todas recomendadas das "ótimas" festas de Pedra Azul, o pólo de putas da região. Isto são festas que nada, tem que pegar os organizadores destas festas e manda-los chupar um pênis de cavalo pra ver se volta o cérebro pro lugar certo.

Locais Mais Badalados da Cidade, a maioria é Boteco[editar]

  • Lanchonete Sorvegel outra bosta. Não teve uma alma que passou por Medina que não comeu lá, até Leandro Medina já experimentou sua coxinha.
  • Roda Viva - Uma mini danceteria. É tão pequena que a mão passa por todas as bucetas de lá, tem muitos viados e preyboys que vão lá que merecem serem surrados, o Dj coloca as músicas de brega e fica batendo punheta das gostozinha dançando. nem presta.