Meena Paroom

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Todo mundo da série quer a Meena, também não é pra menos, ela é gostosa

Cquote1.png Você quis dizer: Bahaviana lunática? Cquote2.png
Google sobre Meena Paroom

Cquote1.png Você quis dizer: Mina? Cquote2.png
Google sobre Meena Paroom

Cquote1.png ...Maneiro! Cquote2.png
Newt Livingston sobre Meena Paroom

Cquote1.png Lalalalalalalalala...lalalalalalalalala Cquote2.png
meena Paroom fazendo a comemoração bahaviana

Cquote1.png Desenrola aí! Cquote2.png
Meena Paroom sobre seu lenço gigante

Cquote1.png Não quero nada com você, Cory, eu só quero com o Newt e com a Candy Cquote2.png
Meena Paroom pensando sobre Cory Baxter

Meena Paroom, é uma adolescente vinda da Bahávia, que quando completou mais de 15 anos, teve a infelicidade de viajar para os Isteites e estudar parar na Loucademia Academia DesPreparatória de Washington.
Neste país conheceu gente estranhanova, fez parte de uma banda sem sucesso e também mudou do Lado Rosa da Força para o Lado Roxo da Força.

Sua infância[editar]

Meena Paroom é uma das bahavianas que nasceu após a mãe comer Anakiska, ou seja, ela já nasceu linda, e possui uma beleza estonteantemente interior exterior, que já, mesmo criança, foi considerada a Miss Bahávia Mirim.

Meena, idolatrando os iaques com seu chapéu ridículo

Já na infância, odiava coisas bahavianas, mas para não decepcionar, sabia jogar o jogo proposto pelo seu pai, por isso, sempre ouvia Ikbob, o tocador de flauta nasal, além de comer pratos feitos de carne de iaque.

Havia somente três coisas que a Meena gostava na Bahávia:
A primeira eram os iaques, pois ela sempre os vangloria até hoje, a razão disso é que ela teve um de estimação na infância, até hoje, ele ainda está vivo, esperando sua dona .
A segunda era o Nanoosh, um cara que só queria saber de dominar a Bahávia, mas quando Meena descobriu, o jogou pra escanteio.
A terceira era sua prima, filha do seu tio, o Motorista do Ônibus, uma bahaviana safada e oferecida, a qual Meena desejava ser exatamente quando crescesse e, por ironia do destino, conseguiu.

Quando chegou nos Estados Unidos[editar]

Meena, quando ela chegou a terras americanas

Quando seu pai, o Embaixador Paroom migrou para os EUA, ela foi junto e entrou na Academia Preparatória, e lá conheceu Newt Livingston, e vendo que ele era xarope e bobo, resolveu dar em cima dele, pois ela adora caras que não estão nem aí pra ela, conselho dado pela prima Paroom.

Meena usou seu charme de cantar fazendo striptease para o Newt, pois foi uma das coisas que aprendeu com a sua prima, e quando ele viu que ela tinha tudo isso, ele disse: “...MANEIRO!”, e assim ela teve a sua primeira vez.

Mas, ujm belo dia, apareceu um certo nerd, chamado Jason Stinckler que queria por que queria transar ficar com a Meena também, e ele soube que Newt possuía essa sorte, e como ele era da CIA, começou a espionar a garota a partir de então.

Quando conheceu Cory Baxter[editar]

Ela conheceu Cory Baxter enquanto ele experimentava o Lado Rosa da Força creme dela nas mãos, logo, quando ela o viu, não queria nada com ele, mas ele sim.

E então, ele, para sua tristeza, se deparou com Jason Stinckler, e os dois começaram a competi-la, enquanto ela, só queria saber do Newt.

Mesmo assim, ela foi iniamiga do Cory, e então, tiveram uma ideia de montar uma banda juntos em companhia do Newt, a DC3.

Quando ela apresentou Cory ao Embaixador Paroom, logo ele ficou bravo, ainda mais quando viu Meena dançando e mostrando que tinha tudo isso, ele disse que não queria ver a Meena andando com o Cory, e muito menos com o Newt, a razão disso, é que eles não respeitavam a cultura bahaviana, também, quem iria, se nem a filha respeita, mas o babaca não sabe disso.

Então, após a apresentação, Cory tentou fazer de tudo pra tentar transar ficar com a Meena, mas só a fez passar vergonha, desrespeitando vários costumes bahavianos como beijar o embaixador, fazer cosquinhas no queixo dele, olhar nos olhos da esposa dele, etc... Se Cory tivesse cometido esses crimes na Bahávia, decerto seria até morto.

Mas, Cory finalmente teve a sua vez com Meena, foi quando ele e Meena estavam como líder de torcida, ele conseguiu convencê-la e como Newt não estava perto, ela decidiu então, transar ficar com o Cory, usando sua mesma técnica do Newt.

Mudança para o lado roxo da força[editar]

Foi quando Meena conheceu Candy Smiles, e descobriu que ela pertencia ao Lado Azul da Força, e que assim como o Cory e o Newt, ela também apaixonou-se por Meena.

Mas Candy soube que Cory e Meena já ficaram juntos, então, resolveu pegar o Cory e torturá-lo com seus pontos de pressãoe até ele ficar inconsciente, e foi pra cima de Meena com uma declaração e um beijo.

Meena ficou tão traumatizada com isso, que o choque acabou fazendo ela mudar de seu lado original para o Lado Roxo da Força.

Como Meena está após a falência da série?[editar]

Após a série cair do cavalo, Meena voltou para a Bahávia, onde trabalha como assistente de deportação do seu tio, o pouco famoso deportador da Bahávia, o Motorista do Ônibus, na qual sua assistência anda mal pra caramba, pois deixou até um condenado escapar.

Ver Também[editar]