Mendiguês

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Mi ver um poco deç fejã furadin. Cquote2.png
Mendigo sobre Fome Zero
Cquote1.png Direito é uma coisa das rurgs puon que expões as rerks twuturais. Cquote2.png
Mendigo do Direito sobre Direito

Mendiguês
Mendiguês "nhuashflughresh"
Falado em: Planeta Terra
Total de falantes: 18 bilhões de mendigos
Classificação genética: Pan-Global
petista-flamenguista
SIL: MND


O mendiguês é uma língua panglobal que pertence ao ramo ocidental da família Línguas petistas-flamenguistas. É falada no mundo inteiro por mendigos de todos os tipos,que "mindingam" na sua Porta.


História[editar]

O mendiguês surgiu quando o primeiro homem das cavernas pediu um trocado no primeiro farol do primeiro cruzamento de mamutes da pré-história. Desde então a língua desenvolveu-se e atualmente estima-se que todos os mendigos do mundo sejam falantes nativos da língua.

Pode-se dividir a língua, historicamente, em duas:

  • Mendiguês arcaico: Antes do ano 1054 d.C. o mendiguês era composto de grunhidos ininteligíveis falados por mendigos desde a pré-história, até o cisma do oriente, quando o mendiguês, subitamente, sofreu uma transformação radical em sua gramática e passou a se achar moderno.
  • Mendiguês moderno: A língua atualmente falada pelos mendigos. É composta, como o mendiguês antigo, por uma série de grunhidos ininteligíveis, só que mais modernos.

Primeiro texto mendicaico[editar]

Encontrado no Acre, datado da época em que Dercy Golçalves era Imperatriz Romana:

 Pudia ta robanu, 
 Pudia ta estrupanu,
 Mas toaqui umildimenti
 Pedinu umreal pratoma um cafezim

Desde aquela época virou o mantra mendicaico recitado fervorosamente em esquinas, ônibus e metrôs do mundo à fora. Porém esse mantra vem sofrendo forte concorrência de peruanos tocando "Guantanamera" em suas flautas de bambu, supostamente patrocinadas por Silvio Santos, em contrato com a Televisa

Dados[editar]

Embora o mendiguês seja falado no mundo inteiro, ele possui inúmeros dialetos locais e até mesmo individuais, o que dificulta a comunicação entre os mendigos. Teóricos postulam que, talvez, seja por isso que os mendigos nunca tentaram um golpe de estado.

O alfabeto mendigo é composto de infinitos caracteres, todos se parecendo com rabiscos sem sentido. Textos em mendiguês podem ser encontrados em inúmeras paredes e portas de banheiro pelo mundo inteiro. Entre os textos mais famosos estão gasgrasjflachfuckyou de Sir Lazy Bum da Cornuália e, entre os brasileiros, gasgrasjflachvahshefudhe, de Mendigo Sujo de São Paulo.

Atualmente todos os mendigos do mundo falam o mendiguês e ninguém além deles é capaz de compreendê-lo. Boris Karloff afirma compreender perfeitamente o mendiguês, mas ele é um mentiroso e todos sabem que não se deve acreditar na palavra dele.

A Escócia é o único país do mundo onde o mendiguês é falado por 95% da população. Isso explica porque nenhum falante da língua inglesa consegue compreender o que eles falam.

Os nordestinos do Brasil falam um dialeto peculiar do mendiguês que consiste de uma mistura do mendiguês com o português e é caracterizado por uma velocidade silábica surpreendente e sons agudos e dissonantes. A quantidade de falantes desse dialeto em São Paulo e Rio de Janeiro, tende a superar a quantidade existente no nordeste do país, devido a migração e rapídez com que os nordestinos se multiplicam. Também por esse motivo, no Rio, está sendo muito difundido o dialeto pela torcida do Flamengo, que é um reduto de nordestinos e mendigos em geral. Um exemplo clássico de falante deste dialeto, é o ilustre cabra-macho Jeremias.

Gramática[editar]

O mendiguês foi considerado, depois do sânscrito, como a língua com a gramática mais difícil de todos os tempos. A língua possui trezentas e quatorze declinações, vinte e três tempos verbais e infinitas palavras. Abaixo demonstramos um exemplo fonético (devido a impossibilidade de uma tradução).

  • As conjugações mais relevanes do verbo fasheghru:


Presente: lughjetch
Pretérito perfeito: nuhgjlsjusk
Futuro do pretérito contínuo: murghlefrushnhé

Mendiguês e a mídia[editar]

O mendiguês já foi usado na mídia em diversas formas, em filmes, músicas e desenhos animados, por exemplo.

O cantor, compositor e modelo/atriz João Bosco é famoso pelo uso desta língua em suas músicas.

  • Trecho da música Papel-Machê, de João Bosco:

Nhu-nhu-nhu-á

Nã-ni-nu-nhu-nhu-ê

Nã-nhu-no-no papel-macheeeeeeê!


  • O desenho animado de Hanna-Barbera Família Buscapé, onde o personagem Zé Buscapé foi dublado por um mendigo encontrado nas imediações do estúdio, por questões de verba.

Na Uébi[editar]

Esse modo de falar dominou o principal meio de comunicação, atualmente o mais novo lançamento do século, a internet; consequentemente, a Web, ou "Uébi" para os dito cujos. As ferramentas e opções são inúmeras, que vão desde um divertido passatempo contando os segundos, digo horas, para abrir a página about:blank até o uso de ferramentas rotineiras do Internet Explorer (já está sendo traduzido para o Mendiguês).

Tambem há alguns boatos pela Uébi de que o mendinguês nasceu no msn(mêéssiene em mendinguês.) em conversas fofuxas de emos talibaneses, mas acabou se popularizando pelo orkut e logo após o mundo todo, mas ainda não existia um nome para essa lingua no minimo interessante, alguns meses depois mendingos dinamarqueses invadiram uma lan house e criaram contas de emails e com seus conhecimentos das ruas Racquearu milhares de contas do orkut(por que são 1337's) mandando um virus que enviava automaticamente scraps com mendingues de uma conta para outra, logo depois que o Capitão nascimento pegou os mendingos e viu aquela lingua estranha logo deu nome de Mendinguês. Mas ninguem sabe se essa historia e real. Flowprôceiz aghroriz vô pedi ismola no fatrol1,

O Interneti Equisplori em sua versão MDGês

Falantes Famosos[editar]

Vídeos[editar]

Ver também[editar]