Meninas na Linha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Fodase2.jpg Este artigo é IMORAL!

Você deve estar achando que este artigo é uma afronta, uma pouca vergonha, uma baixaria... FODA-SE!!! Vai fazer algo que preste e não foda minha paciência!!

Atenção: leia este artigo com bom humor

A Desciclopédia é um site de humor, não venha nos dizer que pegamos pesado.
Se você não é capaz de apreciar o bom humor afrodescendente, visite outro artigo.

Por quê na África não tem vidente? Porque preto não tem futuro.

Teria sido esse o livro didático que serviu de inspiração? Perguntem ao filho do Gabriel o Pensador.

Cquote1.png QUE IMORAL! Apesar disso, aprendi muito com meu pai e umas assistidas na Sala Especial... Cquote2.png
Jair Bolsonaro sobre livro didático com recomendações ao Meninas na Linha.

Meninas na Linha é um site pornô que eu tentei sinceramente achar no Google, mas só redirecionou pra um blog de roupas bem imbecis e mais um monte de merdas que eu sinceramente não entendi bulhufas até o presente momento, mas que ironicamente qualquer aluno do ensino fundamental das escolas municipais de Floripa consegue achar facilmente, basta ver num livro de português de lá que você acaba sendo surpreendido com esse site interessantíssimo. Pois é, num país onde Valeska Popozuda é chamada de "pensadora moderna" e que usam até a Wikipédia Desciclopédia pra fazerem livros de guia turístico em Goiás, um site pornô recomendado pra garotos e garotas de 11 aos 13 anos é coisa leve, ora bolas...

A história cabulosa do misterioso site[editar]

Em 2010 uma garotinha de 11 anos e estudante da antiga 6ª série (atual 7º ano) do ensino fundamental fazia no colégio um exercício de interpretação de texto (tenho até medo de pensar no teor do texto, se for uma sinopse de filmes pornôs, deve estar carregado de puro dadaísmo, como "ai ai, ui ui, meu rabo!") e então se deparou com a fonte primária do texto, que era o nome do site e mais seu website. Por puro milagre, não era mais um caso de algum escritor idiota que confundiu Wikipédia com Desciclopédia, mas foi, digamos, mais esdrúxulo, já que o referido escritor provavelmente digitou todo o seu texto com a mão esquerda (exceto se ele era canhoto), já que a direita estaria bem ocupada no momento. E por uma decisão diabólica (ou sob efeito de dorgas, vai saber) ele enfiou o website que ele fez sua "pesquisa" lá mesmo. Sabra Dios como esse texto passou por editores, revisores, educadores, secretários de educação e donos de colégio sem ninguém perceber o atentado ao pudor contido no texto (ou talvez passou por as atuações no referido site serem realmente muito boas de se admirar).

Bem, o fato é que a garotinha, como muitos garotos curiosos nessa idade, e na sua inocência (ou não) decidiu acessar o site com seu pai ao lado e... SURPRISE MOTHERFUCKER!!! Yes, nós temos breasts bem grandões!

O pai da garota, puto da sua cara, obviamente processou todo mundo pela frente não sem antes salvar o nome do site nos favoritos pra acessar em outros momentos que desse, e foi causa ganha. Até o presente momento ainda se investiga se esse livro na verdade foi encomendado por Larry Flint ou por algum dono de produtoras de pornografia pra aliciar garotinhos juvenis (em especial garotinhas) para virarem as novas Traci Lords ou o novo Marcelo Ribeiro.

Este artigo foi considerado um esboço pelo Goku!
Edite ele ou o Goku terá de usar sua Genki Dama