Merejias

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Alien.gif
T O P | S E C R E T |!
Alien.gif

Atenção! Este artigo é sobre uma teoria conspiratória, então tome cuidado com o conteúdo que estiver lendo.

Lembre-se de que o 11 de setembro foi uma farsa armada pelo governo.

Cquote1.png Odeio bebidas... nunca coloquei uma sequer na boca. Cquote2.png
Merejias sobre ele mesmo


Merejias Sojé, mais conhecido como Dom Merejias é um grande nobre, policial e político brisaleiro do Mundo do Contra.

Bem Estudado[editar]

Filho de dois nobres cervejeiros, Merejias Sojé sempre foi criado a leite com pera, ovomaltine e pão com mortadela. Aos sete anos, Merejias foi mandado para a Humilde República da Argentina, onde estudou em Horribles Ares. Lá, Merejias (agora pronuncia-se Mererrias-em Espanhol) encontrou o futuro presidente brisaleiro Ruis Linácio Mula da Silva, que lhe deu grandes ideias antibebedeiras.

Dom Merejias Sojé, um cabra batuta.

Sargento[editar]

Voltando ao Brisal com 20 anos, Merejias entrou para a polícia. Depois de prender dezenas de criminosos procurados mundialmente, Merejias se tornou sargento, sendo respeitado em todo o país depois de filmar a prisão de um meliante bêbado.

Governador[editar]

Com sua alta popularidade, Merejias foi eleito governador do estado do Bará. A primeira ação de Merejias foi aderir ao governo Mula, banindo o álcool e contradizendo sua família, sendo excomungado da mesma. A Lei Seca do Bará foi a mais terrível do país, com torturas e assassinatos.

Deposto[editar]

Ao saber que Merejias mantinha uma fábrica de motos movidas à álcool (o combustível mais poluente do mundo), o povo voltou-se contra Merejias, agora de integridade duvidosa. Atualmente, Merejias tenta se eleger à deputado federal. Ao ser deposto, Merejias gritou a frase que lhe consagraria: "- Eu posso,e eu salvarei mil".

Freeza está atacando este artigo.
Solte um Kame Hame Ha para defender este artigo!



Espelhonomdc.jpg
v d e h
Mundo do Contra