Metapédia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nazifascist.jpg Este artigo foi tomado por fascistas!

Na Itália e na Alemanha, os Camisas Negras e Pardas amam o fascismo e exterminam você, seu comunista!


60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Metapédia.

Cquote1.png Você quis dizer: Wikimedia Meta-Wiki Cquote2.png
Google sobre Metapédia
Cquote1.png Experimente também: Nazipédia Cquote2.png
Sugestão do Google para Metapédia

Logotipo da Merdapédia — uma cabeça, no lugar do quebra-cabeças

Metapédia (popularmente Merdapédia) é a segunda coisa que a Wikipédia sempre quis ser, mas não tem coragem. A primeira coisa que a Wikipédia sempre quis ser é a Desciclopédia.

Metapédia é uma versão beta da Wikipédia, uma enciclopédia wiki criada por Jimbo Wales para ser, conforme o slogan, a enciclopédia alternativa. Como tudo o que é alternativo (rock alternativo, cinema alternativo, pena alternativa, transporte alternativo, visual alternativo, alimentação alternativa, opção sexual alternativa, caminhos alternativos) não passa de algo comum piorado com cara de cult. As únicas duas coisas alternativas que prestavam eram a prova de múltipla alternativa e a Sociedade Alternativa. Se bem que mesmo essas já não são como antigamente.

Seus colaboradores creem fazerem parte de uma realidade alternativa, onde Adolfinho, assim como Elvis, não morreu, apenas foi fazer festinha no andar de cima (ou de baixo).

Evidências emo[editar]

Prussian Blue: músicas emo, engajamento nazi-facista e artigo na Metapédia.

Sendo direto, a Metapédia é nazista. Portanto, em vez de colocar um globo de luz dividido em formas que lembram peças de quebra-cabeça, a Metapédia usa uma cabeça de fato... uma cabeça de um homem "lindo e sarado". Clichês a parte, realmente a Metapédia é nazi e emo. Prova disso é o artigo[1] da dupla de nazi-emocore Prussian Blue.

Apologia e colaborações[editar]

O conteúdo da Metapédia limita-se a fazer apologia às macaquices de grupos neofacistas. Na versão lusófona as referências são especialmente portuguesas, com excessão e Olavo de Carvalho[2], que não podia deixar de marcar presença "representando" a República das Bananas. O site ainda serve de "blog sai-do-armário". Seus usuários são insentivados a publicar confissões homossexuais.[3]

Sendo um site nazi-emuxo, é, obviamente, um clube fechado, para convidados íntimos. Edições anônimas não são toleradas, e causam ataque de pelanca nos seus administradores.

Administradores[editar]

Por falar em administradores, a Metapédia tem mais administradores do que artigos.[4] Note que a maioria é também burocrata, nem página de usuário tem, e mal edita o site.[4] O grau de noobice é tanto, que um administrador chegou a branquear a página principal[4][5] há pouco tempo.

Expansão e batalha contra a Malucopédia[editar]

Até 30 de junho de 2011, a Metapédia lusófona continha a incrível marca de 767 artigos,[6] sendo, até então, a maior Metapédia. A luta agora é para ultrapassar a Malucopédia que, com um único usuário,[7] e com a metade do tempo de existência, ownava a Metapédia com seus 776 até essa data.[8] Sim! Uma ínfima diferença de nove artigos!

Já quando comparado com a Desciclopédia, a Metapédia só leva vantagem em um aspecto (sim, há um!). O artigo sobre a Desciclopédia na Metapédia é mais antigo do que o artigo sobre a Metapédia na Desciclopédia.[9]

Proibição de criação de novas contas[editar]

Recentemente ocorreu um ataque em massa contra a Metapedia. Vandalismos, vandalismos e mais vandalismos; a Metapedia já podia ser chamada de Vandalismopedia. Confira este link para você ver que eu não estou mentindo;

Adolf Hitler, que já havia perdido a guerra antes para os russos, agora perdeu a guerra para os vândalos da internet. Ele levantou a bandeira branca, mas para evitar novas batalhas, ele decidiu proibir criação de novas contas. Agora, só com permissão do Führer.

Queridinhos da Metapédia[editar]

Canequinho do Bar do Alemão. Inscrito no fundo: "ESTE CANECO FOI ROUBADO HONESTAMENTE".


Referências

  1. Prussian Blue (em português) ("Depressão Prussiana"), Metapédia
  2. Olavo de Carvalho (em português) , Metapédia
  3. Exemplo de usuário que saiu do armário (em português)
  4. 4,0 4,1 4,2 Lista de administradores (em português) , Metapédia
  5. Diferença entre edições na Página principal (em português) , Metapédia
  6. Especial:Estatísticas (em português) , Metapédia
  7. Lista de burocratas da Malucopédia (em português) , desses, só um é ativo, tanto entre burocratas, quanto entre usuários
  8. Especial:Estatísticas (em português) , Malucopédia
  9. Histórico de "Uncyclopedia" na Metapédia (em português) vs. Histórico de "Metapédia" na Desciclopédia (em português) . Ainda assim, note os plágios: Predefinição:Esboço, única página categorizada nas Categorias Esboço e Categoria:Wikis. Provavelmente as únicas páginas que usam categorias. Obra evidente de um descíclope querendo dar o golpe para se tornar administrador.
  10. Bar do Alemão (em português) , roube aqui seu canequinhinho, honestamente