Michael Palin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Michael Paulatrás
Michael Palin.jpg
Michael Palin pensando em uma suruba
Nascimento 1943
EUA
Nacionalidade Estaduniense
Palin e seu Troll.

Michael Palin é um comediante, ator de filmes que são velhos demais para alguém lembrar e também autor da "piada mais engraçada do mundo que podem ser ouvida por meros mortais". A piada? O que uma mulher de TPM e um Pitbull tem de diferente? O batom.

Cquote1.svg Vou te processar por machismo, seu cretino! Cquote2.svg
Feminista sobre minha piada inocente

Ultimamente, Machismo tem sido usado para definir vários processos como o pronunciamento dessa piada.

Infância[editar]

Nasceu em 1943, filho de uma dona de casa e de um engenheiro que trabalhava em uma fábrica de papel higiênico. A ironia da coisa é que Palin precisaria de muito papel higiênico após o "episódio Monty Python"... Como todo comediante e ator que (pelo menos) deve ter sucesso no futuro, ele mostrava pequenos lampejos de inteligência como ator mas que logo eram detonados após uma idiotice.

Aos 10 anos, dizem que escreveu a primeira ero comedy de autoria sua, onde ele fez todos os personagens e mostrou para a mãe. Ela se mostrou ofendida e deu um tapa na cara do menino para se expressar melhor. Agredir crianças era a única maneira na época de se expressar.

Seu interesse em teatro apenas aumentou e as suspeitas que seu pai tinha sobre seu filho ser boiola também aumentaram. Isso teria "prejudicado" o suficiente para fazer ele gostar mais ainda de teatro e coisas do gênero.

Carreira[editar]

Iniciou carreira quando fugiu de casa após seu pai ter jogado um sapato de mercúrio em sua cabeça, causando um retardamento mental que faz com que as pessoas fizessem escolhas idiotas. Palin começou em um programa irrelevante o suficiente para ser chamado de The Frost Report ou então A notícia fria em tradução livre e de qualidade vagabunda.

Mais tarde, fez uma porrada de coisas relacionadas com humor ou não (algumas eram tão sem graças que achavam que era um documentário) até ele fazer o filme "Como irritar pessoas" (simples, apenas chame Michael Palin!) e mais tarde o legendário Monty Python.

Atualmente[editar]

Está morto provavelmente. Se não estiver morto, está se embebedando e se arrependendo por ter fechado a palhaçada do Monty Python.