Mineirinho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O jeito de ser e de viver[editar]

Pra não perder o trem, o mineirinho leva ele pra casa.

Desconfiados desde nascença, o mineirinho já mais fala o que pensa, apenas pensa na verdade. Para o mineirinho não existe segredo, pois segredo é algo que pelo menos três pessoas necessariamente tem que saber, daí a velha fama de "come quieto". São cheios de sabedoria, trabalham pouco e comem muito

As paixões do mineirinho[editar]

Mineirinho feliz da vida indo para a praia.

O queijinho minas, mulher, Aparecida do Norte, praia e roça, não necessariament nessa ordem.

O mineirinho e a praia[editar]

Típico mineirinho se ferrando em alguma praia do sudeste. Olha só o que dá misturar farofa com cachaça!

Todo feriado se entalam dentro de busus, vans, chevetinhos, brasilinhas e fusquinhas e queimam pra estes lugares. Levam sempre a farofa, o franguinho e a macarronada, o pão com mortadela e muita cachaça encima. Já a criançada vai tomando aquele iogurte de R$ 1,00 imitação de danone e comendo cheetos amarelo esverdeado. A farra boa é que vomitam tudo no veículo...até no teto.

O mineirinho e a roça[editar]

Essa é a verdadeira escola dele, na verdade, Minas é uma grande roça. É onde o mineirinho conhece a primeira cabritinha, o fogãozinho de lenha, nada na lagoa, come as prima, pica o fuminho, planta um miuzinho da pamonha, tudo bão dimais da conta sô!

O mineirinho e as muié[editar]

Enquanto os cariocas colecionam títulos esportivos, os paulistas trabalham e os gaúchos ficam dizendo que são machos, os mineirinhos vão só enumerando as que já pegou. Dizem que pra dormir os mineirinho ficam contando quantas já pegou, o pior é que amanhece o dia e o danado ainda está contando eh! eh! eh!

O queijinho de Minas[editar]

Fala a verdade, tomar um queijo de um mineirinho é como tirar o doce de uma criança, o matuto gosta demais da conta desse troço. Se tiver uma goiabada para acompanhar aí é que piorou, ele nem oferece.

A mulherada não pode ver um mineirinho que corre atrás.


Os mais matutos adoram uma moda de viola e sempre tem um "radim di pia pra módi" escutá-las na beira de um fogãozinho de lenha onde picam um fuminho "pra módi pitá".