Ministério de Minas e Energia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão do Brasil.png
Ministério das Minas explosivas sem Energia
Esplanada dos Ministérios, Bloco U – Brasília
Portal do MeME
Criado em 22 de julho de 1960
Anterior Ministério da Agricultura
Orçamento R$ 98,4 bilhões (2019)
Subordinados Aneel
ANP
® Desciclopédia

HoMen estéril das Minas com Energia(MeME) antigo Ministério da Infraestrutura durante o desgoverno Collor, é um ministério parido pelo Ministério da Agricultura e atualmente responsável por fornecer suplemento energético para as minas ou mulher no vulgarês, para a prática de exercícios físicos ou em casa mesmo, apesar da prática de suplementação enérgica ser recomendada somente a bovinos. Apesar do nome, o ministério não é responsável pelas minas, sejam estas gostosas, valiosas ou explosivas). O ministério apenas cuida das empresas que as gerenciam, além de interferir diretamente na administração das empresas de eletricidade (aquilo que sobe de 2 em 2 meses) ou das autorizações para exploração de reservas naturais, como o nióbio estrangeiro disponível no Brasil.

Atribuições[editar]

Logo Brasil.png

O ministro só fica responsável pela transmissão da mensagem ruim, coisa que em outros países seriam dadas pelas companhias energéticas, ambientalistas do Greenpeace, etc. Por exemplo, é o Ministro de Minas e Energia quem avisa que a conta de luz vai subir porque o governo precisa arrecadar mais para cobrir o rombo que ele mesmo fez através das pedaladas fiscais ou que a bandeira vermelha vai valer para os próximos dez meses porque o nível dos reservatórios abaixou e o governo não quis investir em outras fontes de eletricidade que não fossem as hidroelétricas.

O MeME e o Robo Ed[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Robô Ed.
O maior porta-voz deste ministério foi o Robô Ed, um ciborgue virtualizado na web e criado enquanto o setor de T.I. do ministério andava "ocupado demais" ao invés de resolver bugs e outros problemas relacionados ao sistema lixo do ministério (e do governo como um todo). Funcionava até anteontem, quando resolveu entrar de ferias permanentemente[1], decisão tomada unilateralmente por ele, ter consultado sequer o ministro titular da pasta.

O robô fazia sucesso soltando frases que coincidiam com as perguntas feitas pelos internautas, nenhuma resposta era relacionada ao ministério, tão pouco o uso de recursos da Petrobras, apenas besteirinhas infanto-juvenis. Ainda assim, o robô é reconhecido até hoje como o funcionário que mais trabalhou no órgão, sempre disposto a atender solicitações dos internautas, se tornou o antônimo de seus colegas burocratas.

Célebres ministros[editar]

Ex-ministro Edson Lobão explicando em rede nacional o motivo de um dos milhares de apagões do dia.

Entre os mais célebres e ministrosos ministros desse desministrado ministério estão o de Costas levando do Silva, o pau-pra-toda-obra dos anos 90, Iris Rezende. Depois, já no comando de Itamar Fraco o ministro foi Delcídio do Amaral, Pedro o Parente do presidente FHC, e já na ditadura democrática petista a ex-amante do molusco, Dilma Vaca Roubaselfies que foi fud sucedida pelo Edison Lobão.

Atualmente, quem está mamando das tetas governamentícias através deste ministério é um tal de Fernando Bezerra Coelho Filho, provavelmente mais um que está ali apenas para usufruir do erário público.