Moadon HaKaduregel Maccabi Haifa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Moadon HaKaduregel Maccabi Haifa
Escudo do Maccabi Haifa.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Moadon Hahaha Kaduregel Maccabi Haifa
Origem Bandeira de Israel Israel- Haifa
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Kiko Elizabeth
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Israelense
Divisão ליגת העל
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Moadon HaKaduregel Maccabi Haifa é um time ruim de Israel famoso por tomar gols de todo mundo, até do vento[1], mal consegue ir bem no nada competitivo campeonato israelense, e é um clube meio mendigo que fica pedindo amistosos para times do exterior igual um mendigo pede esmola.

História[editar]

Fundação[editar]

O Maccabi Haifa foi fundado em 1913 ainda na Palestina. Como Israel ainda não existia, o time apenas sofria bullying e disputava não mais que a segunda divisão da Palestina. Como sempre se confundiu com o Hapoel Haifa e todos outros mil times que se chamam "Maccabi", o Maccabi Haifa achava interessante se disfarçar de outros times para fingir que foi campeão de alguma coisa.

Décadas de 60 e 70[editar]

Durante os primeiros anos de existência de Israel o Maccabi Haifa foi um time próximo do inexistente, pois disputava a Segunda Divisão do Campeonato de Israel, o qual ganhou só duas vezes (1965/66 e 1974/75) sendo sempre logo rebaixado de volta para aqueles torneios podres de várzea disputado na terra que se alguém isolasse a bola ela passava por cima da cerca de arame farpado e ia parar na Palestina onde não podia mais ser recuperada, e por causa disso muitos jogos do Maccabi Haifa foram interrompidos nesta época distante.

Décadas de 80 e 90[editar]

Somente a partir da década de 80 começou a ganhar alguma coisa ou outra e disputar a primeira divisão com mais regularidade, e mesmo assim só os torneios podres de Israel. Ao longo desta época assistia os rivais do Hapoel Tel Aviv e Maccabi Tel Aviv conquistar seus títulos da Liga dos Campeões da AFC, e invejoso, o Maccabi Haifa foi um dos articuladores para transferir a federação de Israel para a UEFA, onde os seus rivais jamais ganhariam qualquer outro título internacional, assim o Maccabi Haifa agora não ficava sozinho em sua rotina de derrotas.

Liga dos Campeões de 2002-03[editar]

A estreia da equipe numa Liga dos Campeões foi uma grande decepção. Pelo torneio de 2001-02, acostumado ao amadorismo do torneio israelense e da antiga Liga dos Campeões Asiática, o Maccabi Haifa escalou jogadores de qualquer jeito contra o FC Haka da Finlândia, e mesmo os vencendo de 5x0 foi fatalmente eliminado.

Voltou no ano seguinte mais preparado juridicamente. Eliminou times inúteis primeiro como o Belshyna Babruisk da Bielorrússia (de onde?) e o Estrume de Grama da Áustria.

Para poupar os times europeus de não terem que viajar pra puta que partiu e ainda por cima serem arriscados de tomarem bombas palestinas, os jogos do Maccabi Haifa foram realizados no Chipre, uma ilha secreta que ninguém sabe onde fica exatamente. Comemora até hoje ter vencido o Manchester United por 3x0 (mesmo que no outro jogo tenha apanhado de 5x2 para o mesmo time inglês).

Por ter ficado na frente do Olympiacos foi ir disputar a Liga Europa daquele mesmo ano, mas estranhamente perdeu de 8x1 do pior time da Grécia, o AEK. A humilhação foi tanta que o time ficou proibido de voltar a competir no torneio pelos próximos 5 anos.

Liga dos Campeões de 2009–10[editar]

Dando a sorte de enfrentar equipes absurdamente ruins e de partes isoladas do planeta, como o Glentoran FC da Irlanda do Norte e o Aktobe FK do Cazaquistão, depois de golear o Red Bull Salzburg que como todo time austríaco é comprometido com a derrota, o Maccabi Haifa mais uma vez atingia uma fase de grupos de Liga dos Campeões.

Tornou-se o maior recordista da história ao acumular 6 derrotas em 6 jogos com nenhum gol marcado. Perder dois jogos do Bayern München e Juventus FC tudo bem, mas perder duas vezes seguidas para o Bordeaux foi algo inédito na história do futebol.

Títulos[editar]

  • Campeonato Israelense: 12 vezes (1983/84, 1984/85, 1988/89, 1990/91, 1993/94, 2000/01, 2001/02, 2003/04, 2004/05, 2005/06, 2008/09 e 2010/11).
  • Segunda Divisão de Israel: 2 vezes (1965/66 e 1974/75).
  • Perder todos jogos no grupo da Champions League: 1 vez (2009-10)