Monalisa Perrone

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Kajuru-pergunta.jpg Atenção! Este artigo informa sobre um jornalista!

Monalisa Perrone é mais um(a) mala sem alça que quando não fica fazendo apologia política, só dá notícia ruim.

Confira outros oportunistas pseudo-intelectuais clicando aqui.

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Monalisa Perrone.

Cquote1.png Você quis dizer: Monalisa Ferrone? Cquote2.png
Google sobre Monalisa Perrone
Cquote1.png Porra, ela roubou a minha vaga! Cquote2.png
Flávia Freire sobre Monalisa Perrone no Hora Um da Notícia
Cquote1.png Você quis dizer: Olivia Palito da Paulicéia Cquote2.png
Google sobre Monalisa Perrone

Foto tirada pouco antes do ataque, quando era repórter de que sempre sofria de buyling. Hoje Monalisa compoe uma das melhores âncoras do telejornalismo manipulado da Globo.

Monalisa Perrone (Santo Do pau OCO, 12 de Novembro de 1969) é uma jornalista Brassilerinha que cansou de ficar levando pedrada e passou a ser uma boa apresentadora magrela gostosa da Rede Globo de Manipulação, embora anteriomente fosse mandada para escanteio na Globosta Paulista. aonde virou âncora temporária e mesmo sendo uma piriguete que César Tralli e Rodrigo Bocardi quiseram pegar, mas sempre não conseguindo. na época como repórter foi ATROPELADA por terroristas drogados do grupo MerdaTV.

Atualmente[editar]

Em 1º de Dezembro de 2014 Monalisa não masturba alegra mais as manhãs, tardes e noites dos paulistas sobre a Ponte Espraiada da Marginal Tietê, como quebra-galho e nem reportando mais. pois agora apresenta o Hora Um Virus da Gripe da Notícia, sempre antes do sol agradecer seus atributos.

Carnaval[editar]

24 Horas ou melhor Hora Um da Notícia.

Monalisa e asidua frequentadora da boate Sambódromo do Anhembi, tendo participdo de divesas festas rave carnavalescas, onde e exclusivamente falada de Monalinda, após dar vários abraços e fazer caso amoroso com Chico Mineiro e repetindo a dose em 2015.

Ver também[editar]