Monstro de Flatwoods

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Provavelmente o governo dirá que este artigo não passa de um balão meteorológico. Se vandalizar, o Alien Hominid enfiará uma sonda em você!

Alienwantyou.jpg
Bibliotecária baranga descrevendo alegremente o monstro.

Cquote1.png Você quis dizer: Demônio de Flatwoods? Cquote2.png
Google sobre Monstro de Flatwoods
Cquote1.png Quem sabe, pode até ser... Cquote2.png
Papaco sobre citação do google.
Cquote1.png Experimente também: Paranoia Cquote2.png
Sugestão do Google para Monstro de Flatwoods
Cquote1.png É Paranoid, google burro! Cquote2.png
Fã burro de Black Sabbath sobre sugestão do google.
Cquote1.png Mamãe, acho que vou morrer! Cquote2.png
Guri retardado que acha que vai morrer sobre monstro de Flatwoods.
Cquote1.png É verdade memo, cê vai morrrê! Cquote2.png
Faustão sobre citação acima.

O Monstro de Flatwoods, também conhecido por Monstro do condado de Braxton, Fantasma de Braxton e fantasma do condado de Flatwoods é uma aberração encontrada no Condado em Flatwoods e em Braxton, lugares notoriamente não notáveis dos Estados Unidos, no ano tão notável quanto de 1952, quando tua avó se perdeu da excursão, o que explica a qualidade de algumas imagens deste artigo.

O caso[editar]

Eis o monstro. Eu disse que as imagens eram velhas.

Tudo começou há um tempo atrás quando os dois irmãos Edward e Alphonse Fred May, junto com seu amigo Tommy Oliver Hyer estavam indo para escola quando avistaram um objeto brilhante no céu, que parecia pousar na Terra. Por puro cagaço, eles chamaram meganhas para verem o que era aquela maldita luz, enquanto voltavam para suas casas. Chegando cada um no seu cafofo, seus pais lhes falaram ter visto um ovni descendo as escadas colinas, e também borrando as calças, chamaram um guardinha para ajudá-los a caçar o "ovni".

Quando os matadores de negros chegaram no local, um fazendeiro disse que a coisa tinha caído nas suas terras e agora pertencia a ele chamou o pessoal para ver do que se tratava esse objeto tinha caído. Um cachorro surfista que estava com eles saiu correndo na frente e foi para o local do objeto derrubado, ninguém viu o cachorro, mas era possível ouvir os latidos altos e assustados, indicando que com certeza o totó tinha encontrado sua avó algo assustador. De repente, o cachorro parou de latir, todos ficaram em silêncio, até mesmo os grilos dos shows de stand-up do Léo Lins... Tá, não é pra tanto, talvez um dos gambé tivesse peidado, e dava pra ouvir passos agitados: era um casal gay transando era o cachorro (filho da mãe) com o rabo entre as patas.

Depois desse chilique do cachorro, o grupo continuou andando por mais 400 metros, até a Hill Top o topo da colina, onde havia lava, gangorras, árvores de Natal, um chão azul xadrez uma nevoa densa, que fazia seus olhos lacrimejarem e suas narinas queimarem. Lá mesmo, um dos tiras percebeu duas luzes pequenas, perto de um objeto grande debaixo de uma árvore. Ele pegou sua lanterna, enfiou no cu e moveu a luz na direção do objeto debaixo da árvore, foi aí que foi-se revelado o monstro de Flatwoods: era uma criatura de 2 metros de altura, com um corpo todo preto que parecia brilhar dentro de si, seus olhos não eram normais, não pareciam humanos, tinha uma cabeça com um formato de um naipe de espada, seus braços eram longos e projetados para frente do corpo, seus dedos e a Chiquinha? também eram longos e tinham formato de um naipe de espada garra sua rola tinha 10 quilômetros de largura, abaixo dele havia uma bola de luz grande e vermelha e o monstro parecia flutuar em cima dela. Quando o tira apontou a lanterna na cara do monstro, ele deu um grito bicha estridente e partiu pra cima deles, que acharam que iriam morrer (com razão!), mas a criatura correu em direção à luz vermelha (que luz vermelha?) e aí a turminha do barulho de sirene saiu correndo de volta para a cidade.

Depois do incidente[editar]

Reunião familiar. Espera, MAIS DE UM?!

Quando a turminha acima voltou à civilização, disseram para as autoridades o que tinha ocorrido, mas como ELES PRÓPRIOS eram as autoridades, fica a dúvida se eles falaram para outros meganhas ou pra um espelho. Reflexões inúteis a respeito de narcisismo e inteligência policial a parte, a gangue voltou com mais policiais e o espelho para mostrar a criatura, lá eles relataram que tinha um cheiro repugnante de metal queimado, mas era de noite e estava escuro, então os frangolinos não puderam relatar mais nada, mas sugeriram voltar à noite para fazer uma inspeção mais segura. A polícia de Flatwoods não para me deixar perplexo, é um paradoxo e uma burrada atrás da outra.

No dia seguinte, eles notaram duas faixas pretas e pegajosas na lama, o que é surpreendente vindo de pessoas que atiram em gente preta e marrom sem distinção, como se algo tivesse saído da lama e derramado óleo, mas como a área não tinha tráfico tráfego de veículos, eles pensaram em culpar os iluminati ou os comunistas. Explorando mais afundo, os tiras descobriram vários infelizes que também tiveram uma experiencia como a do ocorrido: a mãe de um dos tiras disse que o Quico disse que a mãe dele disse que sua casa tinha chacoalhado todinha e perdeu o sinal de rádio por quase 1 hora, algumas pessoas perderam os lances da copa informaram relatar um objeto voador no céu (não vou por link pra pleonasmo) em formato de disco, na mesma noite do ocorrido, todos que foram ao local tiveram problemas de saúde e morreram, como irritação no nariz, inchaço na garganta, vômitos, dificuldade pra cagar etc. Os médicos disseram que isso foi ocasionado pela exposição à nevoa, que por feder pior que açougue clandestino, deveria ter algum micro-organismo mutante alienígena potencialmente radioativo.

Repercussão[editar]

Monstro flagrado cagando numa moita.

O caso do monstro ficou mundialmente famoso, mesmo assim ele nunca ganhou uma resposta. Tentavam dizer que o ocorrido foi causado por causa de um meteoro ou uma bufa, e o animal era na verdade uma coruja, mesmo com 2 metros de altura e olhos vermelhos. A criatura ganhou status e conseguiu aparecer em diversos jogos, sendo o chefão final de Amagon e o segundo chefe de Space Harrier II, depois de fazer uma plástica no Japão e ganhar um escudo numa rifa.

Todo ano em Flatwoods é feita uma festa para invocar o Satanás comemorar o dia do "monstro verde" durante 3 dias. Como acharam que o monstro era verde não convém discutir. O local também ganhou um museu para explicar o ocorrido da noite de 11 12 de setembro e servir de depósito de coisas velhas até algum casal gay abrir um antiquário lá.

Explicações (ou apenas tentativas)[editar]

Um velho obcecado pelo acontecimento passou sua vida inteira desperdiçada tentando resolver o mistério: disse que a luz no céu que os guris viram na noite de 4 de 12 de setembro era de um meteoro, a luz vermelha pulsante era um sinalizador de navegação para aeronaves (WTF?!) e que o monstro era sua avó era parecido com uma coruja. No dia do incidente, fora avistado um meteoro nos estados americanos de Transilvânia Pensilvânia, Maryland e Virgínia Ocidental. Também foram relatadas a queda de um aeronave em chamas ao lado da colina em Chemical Plant Elk River, a 18 quilômetros do cafundó do Judas de Flatwoods, e três luzes vermelhas de sinalizadores de aeronaves que se assemelhavam com os olhos vermelhos da criatura.

Outra hipótese facilmente ignorável é de que um meteoro (outro?!) teria caído no local do incidente e teria se transformado em uma nuvem com formato humano e que aquilo que os pais das crianças tinham visto era um avião do Governo. Essa ideia absurda tem um bom número de defensores.

Galeria de fotos[editar]

Ver também[editar]