Montagem de Paint

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Depois de vários retoques, um desenho tosco de Paint pode parecer uma obra de Andy Warhol

Artisticamente superiores, as montagens de Paint são recursos usados por pessoas que preferem usar o arcaico programa Microsoft Paint ao Adobe Photoshop e ao Macromedia Fireworks (que não é tão famoso, por isso não será mais mencionado), às vezes por opção, às vezes por falta de habilidade e às vezes por pura besteira mesmo. Quem usa o Paint para fazer desenhos e montagens não está muito interessado em seriedade e verossimilidade. Quem usa o Paint para fazer montagens também não tem o menor senso de ridículo, o que às vezes é útil em sites como a Desciclopédia.

Tabela de conteúdo

[editar] Métodos

Uma bela insígnia dos escoteiros, montada no Paint
Uma bela paisagem montada por um desciclope no Paint

Para fazer uma montagem de Paint, a pessoa deve ter uma habilidade fora do normal com recorte de imagens, mas, como nenhuma pessoa no mundo tem essa habilidade fora do normal para recortes, toda montagem de Paint sai tosca. Como as pessoas que usam o Paint para fazer montagens já conhecem a falta de recursos do programa, estão acostumadas com a tosqueira das imagens que acabam sendo terriveis no final.

No Paint não existe uma ferramenta semelhante à varinha mágica ou as ferramentas de laço, por isso, normalmente, os recortes são grotoscos (Mistura de grotesco com tosco). No Paint também não há a ferramenta borrar. Os borrões no Paint são produzidos através do comando centenário "copiar-colar". O fotopaintógrafo copia pequenos pedaços da imagem e cola onde precisar. Os efeitos do Paint são precários. Um efeito escondido que fotopaintógrafo pode fazer: Criar uma imagem, salvar como gif, copiar a imagem, colar no Paint, salvar como jpg, copiar a imagem, colar no Paint, salvar como gif. Fazendo isso centenas de vezes, a imagem fica com um efeito psicodélico. Outro efeito bacana que o Paint oferece é o efeito de inversão de cores. Apesar de ser um efeito amador, o fotopaintógrafo pode criar boas coisas.

King Kong 1933 na propaganda do Colgate, 99% esforço, 1% realidade

Mesmo usando todos os recursos do Paint, o fotopaintógrafo experiente nunca deixará sua criação muito diferente de um desenho de criança que estuda no pré-escolar. A não ser que o fotopaintógrafo tenha muito tempo de sobra, as montagens de Paint sempre serão mais engraçadas do que sérias. Não espere ver uma montagem de Paint na capa da Veja.

[editar] Diferencial

Quando a pessoa opta pelo uso do Paint no lugar do Photoshop, com certeza o trabalho da pessoa será maior (infinitamente maior). Isto é o que diferencia pessoas normais de fotopaintógrafos. O empenho da pessoa em uma montagem de Paint é algo digno de nota. Quando o sujeito usa o Photoshop, a montagem fica com uma cara artificial demais. A arte e o conceito empregados não são os mesmos do que os presentes em uma montagem de Paint.

King Kong atual de Peter Jackson, muita computação gráfica e pouco suor

A comparação entre o Paint e o Photoshop pode ser traduzida em 2 palavras: King Kong. Metaforicamente, uma montagem de Paint é igual ao filme King Kong, de 1933, onde os efeitos eram produzidos na raça e suor dos responsáveis em efeitos especiais. Uma montagem de Photoshop é igual ao filme King Kong, de Peter Jackson. Os efeitos não são atraentes.

[editar] O que é necessário para se fazer grandes montagens no Paint?

Um artista do Paint não é simplesmente um artista do paint, ele também é um mestre das artes artísticas e culturais do Paint. Para se ter uma ideia, se quiser fazer as montagens de Paint você precisa dos mais essenciais requisitos, ferramentas no estado da arte do desenvolvimento digital e qualificações da sua vida como:

  1. Ensino pré-escolar: Uma pessoa que faz montagens no Paint terá que passar por um rigoroso estudo no prézinho aonde desenvolverá coordenação motora e habilidades visuais para tal feito.
  2. Um Q.I de até 75: Uma pessoa habilidosa com a arte da montagem do paint deve obrigatoriamente ter um Q.I invejável de até 75 pontos. Acima disso essa pessoa não estará habituada a usar o Paint, mas sim programas como Photoshop, Photoscape, Photobrush ou qualquer outro software onde as montagens não são 100% humanas ou feitas com o suor de quem trabalha no Paint, ou mesmo ferramentas que requerem mais inteligência do que esforço.
  3. Uma vida antissocial: Para se dedicar ao programa Paint, o artista precisa se isolar em seu mundinho particular. Amigos, familiares e colegas de trabalho têm que estar ausentes da vida do artista! Ninguém pode saber que seus entes queridos dedicam-se todo seu tempo com as montagens no Paint. Seria vergonhoso impressionante demais aos olhos críticos da sociedade
  4. A arte da dominação do mouse: Para fazer grandes montagens tem que ter grandes habilidades com o mouse. Qualquer erro cometido poderia estragar montagens de grandes níveis, como por exemplo uma casinha retangular ao lado de uma macieira com muitos frutos e um fundo azul com montanhas quase suaves.
  5. Um computador super avançado, de última geração: 386, 512 kb de RAM, HD de 512 megabyte, placa de vídeo onboard (resolução máxima de 640x480) e sistema Windows 3.11 é o necessário. Também será preciso arranjar mouse e teclado em bom estado. Não necessita ter caixas de som, a não ser que o artista queira trabalhar ouvindo os beeps chatos. Essas máquinas super potentes você encontra nas melhores barganhas e velharias de sua cidade, ou mesmo em lixões e ferro-velho.

[editar] Conhecendo as ferramentas disponíveis e suas funções em montagens

Mspaintferramentas.JPG
1 Selecionar forma livre (também conhecida como selecionar no Modo Hard)
Do francês selecion la liberté, é uma forma de seleção que requer todas as habilidades e cordenação com o mouse. Qualquer erro em seu contorno pode ser prejudicial ao artista, que terá que dar CTRL+Z para tentar novamente. Lembre-se que você pode errar até 3 vezes seguidas no Paint. Errando mais que isso terá que perder grande parte do seu tempo corrigindo o erro cometido manualmente. Essa ferramenta requer muita paciência e cautela. Para a criação de montagens através de recortes, ela é essencial. Veja esta montagem com a batata descíclope para conferir a função da seleção livre.
2 Selecionar em retângulo
Do latim Selemcyonni rectangulum, tem a mesma função com o de cima. Esse não requer tanto esforço com sua cordenação motora, pois ele só seleciona em formas retangulares, então seria impossível selecionar o rosto de alguém usando essa ferramenta sem selecionar ao fundo outras partes. Essa ferramenta foi usada por Oscar Niemeyer para selecionar o Congresso Nacional em 1960 e mostrar ao presidente Juscelino Kubitschek a conclusão de seu projeto. Em montagens, não é bom utilizar esta ferramenta, a não ser que a seleção seja feita em um prédio retângulo ou no Bob Esponja.
3 Borracha
Do português borracha, é a ferramenta mais usada no Paint. É ela que tem o trabalho de ocultar e corrigir as maiores imperfeições em uma imagem. Com uma suavidade totalmente fora do comum, a borracha faz com que qualquer obra de arte guarde os seus segredos rascunhados durante toda eternidade. Requer habilidades e um pouco de cérebro para usá-la. Nas mãos de um vândalo, a borracha pode estragar um trabalho em poucos segundos. Com algumas décadas de uso desse programa motherfuck, o usuário descobre como aumentar o tamanho da borracha, o que facilita muito o seu árduo trabalho, abominando o uso do recurso avançado CTRL+Z.
4 Balde de tinta
A ferramenta balde de tinta, também conhecida como puta merda, estraguei meu desenho, é uma ferramenta que só deve ser usada sobre a orientação e supervisão dos mais requisitados profissionais da área, já que qualquer erro e mistura de cor ocasionará em uma destruição artística. Um pequeno erro com o balde de tinta e a obra estará perdida pois a adrenalina do artista sobe ao usar essa incrível, porém perigosa, ferramenta. Muitos conseguiram recuperar seu trabalho usando o CTRL+Z, mas pela maneira na qual esta ferramenta empolga os seus desenhistas acaba sendo tarde demais para uma futura correção. Em fotomontagens de rostos no Paint, o uso do balde de tinta não vai pintar o rosto da pessoa, só causará uma mancha estranha.
5 Selecionar cor
Ferramenta raramente usada, já que é mais interessante localizar a cor ideal através da caixa de cores.
Veja a beleza desta imagem. Você jamais conseguiria este efeito 'tinta a óleo' no Photoshop
6 Lupa
Com um zoom espetacular e uma resolução tão impressionante quanto a de um celular motorola Microtac de 1996, esta ferramenta é capaz de aproximar até 4 vezes o tamanho de um pixel. No zoom 8x você irá se deparar com cada detalhes dos pixels quadrados de uma imagem. Ferramenta também usada pelo CSI Miami e pelo Detran de São Paulo para identificar placa de veículos. Para montagens minuciosas, o uso da lupa é mais do que obrigatório. Como não tem esfuminho no Paint, corrigir defeitos se torna mais eletrizante.
7 Lápis
A ferramenta mais importante de uma obra de arte. É nele que começa cada traço dos desenhos. Requer uma habilidade invejável com o mouse. As curvas sempre suaves e perfeitas. Existe uma grande poesia dita pelo saudoso poeta Oscar Wilde que diz Cquote1.png Quando Deus te desenhou, ele estava usando o lápis do Paint Cquote2.png.
8 Pincel
Usado para se fazer pequenas bolinhas coloridas, quadrados ou risquinhos tortos. Costuma ter a mesma função do lápis. Ao dar CTRL +, você pode fazer quadrados e bolas enormes no Paint. Super interessante!
9 Spray
Do inglês Spray, além de ser usado em conflitos policiais e na guerra ao terror do Counter Strike, no Paint os cabelos ganham forma graças a ele. 90% dos penteados desenhados no Paint se deve a essa incrível ferramenta. Até uma música feita pelo saudoso Luiz Caldas diz Cquote1.png Nega do cabelo duro, qual é o spray que te penteia? Cquote2.png
10 Texto
Os melhores e mais fascinantes efeitos de texto da Internet começam aqui. Nada mais a declarar.
11, 12, 13, 14, 15, 16 Farinha do mesmo saco
Faz tudo isso que você vê no menu de ferramentas. Bolas, quadrados, retangulos, linhas, linhas que seguem cada clique, tudo pode ser controlado com 3 (para formas geométricas) ou 5 espessuras (para linhas), ou até mais caso use o CTRL +. Ferramentas populares e usadas para criar-se um corpo humano perfeito, nádegas e seios arredondados, testículo realistas, prédios e pirâmides fascinantes e, pasmem, até bolas quadradas.

[editar] Modelagem

As grandes obras de Tarsila do Amaral tiveram origem graças ao Paint usado por ela na época do Windows Bossa Nova 3.1
Obra cubista conseguida através da modelagem

Além das 16 ferramentas básicas e das teclas de atalho, o artista tem o auxílio de uma ferramenta incrível, que na verdade é um problema. Ao criar a obra de arte, o artista deve salvar em bitmap, para conservar as cores e linhas de sua maravilha artística. Quando o artista se engana e salva em .JPG ou .GIF, causa um embaraço terrível na obra. Poderia ser um embaraço se na verdade não fosse tudo esquematizado pelo artista. Ao salvar em outro formato que não seja o bitmap, em vez de a obra ficar com cara de jogos de Atari, ela passa a ganhar contornos de realidade. As linhas retilíneas se tornam tortilíneas, como a vida real sugere. Dizem que Deus criou o mundo em 6 dias e salvou ele em .JPG no sétimo, por isso ele escreve certo por linhas tortas.

Se no Photoshop o artista digital pode criar vários efeitinhos homossexuais com cara de novela de mutantes da Record, no Paint ele faz efeitos soberbos sem precisar mexer no desenho, bastando apenas salvar a imagem milhares de vezes. Um desenho tendo apenas as 3 cores primárias se torna um desenho altamente colorido com este truque.

[editar] Exemplo de modelagem

Para o exemplo, usaremos um desenho de uma esfera azul, circulada por uma linha vermelha, em um fundo branco. Na primeira versão, a arte foi salva em .JPG. Na segunda versão, ela passou por um tratamento. Foi salva primeiramente em .GIF e, logo em seguida, salva novamente em .JPG, adquirindo um aspecto borrado. Na versão 3, a imagem começa a ganhar contornos de obra-prima. Foram realizados vários processos de "salvamento" de imagem. A esfera adquire um efeito quadriculado especial e a linha vermelha se torna uma linha grená esfumaçada. A névoa ao redor da esfera já começa a ganhar cores vivas e o trabalho artístico começa a ganhar um ar dadaísta. Na versão 4, foi usado um truque novo. Na hora de salvar, existe uma opção de arquivo chamada Bitmap de 16 cores. Ao salvar como Bitmap de 16 cores, a obra de arte ganhou um efeito brilhante. O azul, que antes era escuro, se torna cristalino como uma safira. A névoa ao redor da esfera se torna mais espessa. O quadriculado do interior da esfera se torna um pontilhado de rara beleza. E isto foi conseguido sem o uso de Photoshop. Após a versão 4, o artista pode transcender sua visão artística com mais algumas técnicas de salvamento, para então concluir a obra, feita em poucos minutos, usando apenas o Paint.

Usando um mix de arquivos, tais como GIF, JPG, Bitmap de 16 e o novíssimo Bitmap de 256 cores, o artista conseguiu a seguinte obra, chamada de Bola, versão final.

Bola versao final.JPG

Esta obra lembra muito artes árabes e persas. O detalhe interno parece ter sido trançado por uma mulher rendeira, a linha vermelha ao redor se transforma em uma fumaça densa, que ganha potência com a mistura ao fundo branco. De longe, a obra conseguida lembra muito um Gastly. Tudo isto o artista conseguiu apenas desenhando uma esfera azul com uma linha vermelha rodeando a esfera, e salvando a imagem em vários formatos milhares de vezes. Ou seja, a obra de arte é mais do Paint do que do artista. E, se com uma esfera o artista conseguiu esta beleza, imagine o que ele pode fazer usando a técnica em um desenho mais complexo, como um cachorro desenhado com o pincel e pintado com o balde de tinta na cor marrom-cocô.

[editar] Combinação Paint-Photoshop

Muitas vezes o Paint se mostra um programa formidável de edição, mas às vezes sua pobreza se torna um pouco aparente. Muitas vezes, quando o Paint não pode atender as exigências técnicas, o artista se vê obrigado a trair o Paint com um programa melhor. Mas ainda sim o Paint nunca é totalmente excluído. Alguns artistas gráficos optam por usar o Paint para fazer algum desenho e depois, mesmo não conhecendo bostas de Photoshop, usa o tal programa para fazer uns efeitos psicodélicos que não podem ser conseguidos no Paint. A combinação do Paint com o Photoshop é chamada de Paintshop, e é uma combinação fatal.

O Photoshop é um programa razoável de edição, e tecnicamente melhor do que o Paint, mas a criatividade necessária para se usar o Paint é muito maior. No Photoshop, a pessoa pode fazer o que quiser. No Paint não tem isso. Por isso, os desenhos do Paint sempre saem com cores vibrantes. Muito se deve à precariedade do programa, mas é lógico que a criatividade do artista tem contribuição. Veja o seguinte desenho.


Paisagem paint.JPG


Não foi fácil conseguir esta beleza. Tudo bem que para fazer a imagem o artista demorou exatamente 47 segundos e deu 17 cliques no mouse. A parte difícil foi arranjar inspiração para conseguir esta paisagem, que não existe em nenhum lugar do mundo, a não ser naqueles velhos jogos para MSX. Veja o brilho da relva, a formosura do lago, a imponência das montanhas e a limpidez do céu. Mas ainda sim pode ser melhorada, porém, com os recursos do Paint, nada mais pode ser feito. Aí entra a tecnologia photoshopiana. Eis a combinação do Paint com o Photoshop.


Paisagem photoshop.JPG


Através do uso de ferramentas aleatórias do Photoshop (deve-se levar em conta que o cara que fez o desenho não sabe usar o Photoshop), a imagem ganhou um aspecto Tarsila do Amaral, chegando até mesmo a parecer real. A paisagem só ficou bonita porque o artista criador não sabia mexer muito bem no Photoshop e usou com moderação. Assim, a paisagem conseguida com sangue e suor no Paint foi respeitada. Se tivesse abusado do Photoshop, a paisagem ficaria muito manipulada. Este é o resultado do uso exagerado do Photoshop na imagem.


Paisagem real.jpg


Definitivamente, a obra de arte perderia todo o seu brilho. Aquele encanto conseguido através do Paint se perderia. O efeito tropicalista seria enxotado da imagem. A imagem foi tão alterada que apareceu até umas árvores na paisagem, e nem existia árvores na paisagem inicial. Tem que haver um limite no uso do Photoshop para a combinação com o Paint. Nesta joint venture, o Paint precisa ser o protagonista, senão o artigo deveria mudar o nome.

[editar] Photoshop X Paint

Agora vamos comparar alguns efeitos bastante conhecidos do Photoshop com similares no Paint. Você irá se impressionar com o que essa leve e simples ferramenta de edição de imagens pode fazer. São montagens muito bem feitas e trabalhadas onde somente um programa ágil como o Paint poderia proporcionar resultados rápidos e satisfatórios.

Vamos às analises:

Photopaintacne.jpg



Remoção de espinhas
No Photoshop você perderá um tempo precioso para remover todas essas espinhas usando as suas ferramentas. No Paint basta usar o incrível conta gotas, popularmente chamado selecionador de cor, copiar as cores próximas às espinhas e tapá-las com a ferramenta pincel. O resultado é instantâneo. Na montagem de Photoshop, você pode analisar que fica um efeito muito boneca, um rosto de manequim. Já o Paint torna a remoção de espinhas algo mais humano e realista, deixando a pessoa com seus traços e características intactas.



Cabelopaintphoto.jpg



Equipe de atendentes da Desciclopédia
Alteração de cor no cabelo
O resultado do Paint é praticamente natural! Foi difícil, querido leitor, diferenciar o cabelo real do cabelo pintado através do incrível Paint, e até agora estou na dúvida se o do Paint não é Photoshop e o do Photoshop não é o do Paint. Se você tiver dúvidas referente a origem da montagem, ou souber a resposta, entre em contato com nossa equipe de atendentes da Desciclopédia. Sua opinião é muito importante para nós ou não



Olhosverm photoshopaint.jpg



Remoção de olhos vermelhos
Veja que incrível! No Paint, em apenas 2 segundos, você é capaz de remover quaisquer manchas vermelhas em uma foto tirada por câmera podre com flash e ainda sobra tempo até para fazer uma fumacinha no cigarro, tornado a imagem ainda mais real. No Photoshop, para obter o mesmo resultado, como você deve ter percebido, leva-se em torno de 30 segundos, tempo suficiente para você ir ao banheiro e refletir sobre a vida, e isto se o sujeito já tiver experiência no Photoshop, senão é pra mais de 3 minutos. Paint mais uma vez deu uma surra no efeito do Photoshop, aiai...



Gordapaintphoto.jpg
Remoção de banhas
Demorou cerca de 20 minutos no Photoshop para conseguir o resultado final e cerca de 30 segundos no Paint para fazer o mesmo, e o mais impressionante, nossos editores do site ficaram na dúvida novamente para saber qual é a montagem do Paint e qual é a do Photoshop. Foi preciso entrar em contato com o criador da montagem para esclarecer a dúvida dos editores ao colocar a descrição na foto. O resultado é impressionante! Está esperando o que para consertar o corpinho da sua mãe? Arrume e mostre o resultado pra velha ela e faça com que a sua mãe volte ao tempo (E que tempo!) em que era jovem e esbelta... eu acho.

[editar] Vantagens das montagens de Paint sobre outros programas

Pintura Ataque dos veadinhos. Os homens das cavernas já usavam o Paint
  • São mais rápidas que as montagens com outros programas, devido à facilidade de mexer no programa.
  • São mais naturais do que as montagens com outros programas. Montagens de Photoshop, por exemplo, parecem que fizeram plástica e colocaram botox.
  • São mais primitivas do que as montagens com outros programas, e hoje a arte primitiva está na moda.
  • São, com toda certeza, mais engraçadas do que as montagens com outros programas, mesmo que a intenção do artista fosse fazer algo sério.
  • São provas-vivas de que, mesmo contrariando o bom-senso, a criatividade prevalece sobre a técnica.
  • A aparência rupestre das imagens feitas em Paint deixa um ar neanderthal no desenho, e isto é chique.
  • Não precisa ser muito inteligente para fazer uma.
  • Ao contrário de montagens fotográficas de Photoshop que circulam pela Internet, o artista de Paint não corre o risco de ver sua arte gráfica sendo kibada em sites obscuros.
  • Ganham a personalidade do artista; Montagens de Paint nunca são homogêneas, ao contrário de montagens de Photoshop e outros programas, que sempre possuem a mesma cara.
  • Desafiam a moda; Todos os artistas digitais usam o Photoshop ou GIMP, enquanto o Paint só é usado por rebeldes. Se tivesse sido usado na Era Hippie, o Paint seria um exemplo vivo hoje da contracultura.
  • É possível pichar algo, usando a ferramenta spray, sem ser preso.

[editar] Galeria de criações artísticas do Paint

A belíssima montagem "Passando Mao". Acredite ou não, essa montagem foi feita utilizando unicamente o paint.
Mafagafo montanhês. Se você reparar bem verá que a placa de aviso é uma montagem, e realizada apenas usando linhas e texto
Brasão da Mongólia Interior, desenhado apenas com o pincel. O uso da lupa foi importante devido à minuciosidade do desenho
Aqui a criatividade se torna presente. Quem imaginou ver o Pac-Man em foto de rosto? E era tão simples desenhar
Logotipo do Projeto Emuxo, que um usuário descíclope fez usando apenas o pincel, o spray e uns recortes
Às vezes temos montagens de boa qualidade, só é necessário uma GRANDE aproximação e preechimento
Um trabalho complexo utilizando quase todas as ferramentas
Um pseudo-mangaká desenhando no paint.
Um paga-lanche fazendo uma boquinha no Paint usando recortes, teto e preenchimento

[editar] Monalisa versão Paint

Monalisa feita por um grande artista Desciclopediano no Paint!


Monalisa feita por um artista não tão talentoso


[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas