Montanhas Wudang

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


As Montanhas Wudang (do mandarim Montanhas Gang Bang), localizada na província de Hubei na China, é um importante centro espiritual do país e também lar de libertinagem sexual de aplicados guerreiros em artes marciais de sexualidade duvidosa.

Conjunto de Edificações Antigas nas Montanhas Wudang[editar]

UM praticante do Wudang, refugiado nas montanhas por praticar tamanha boiolice ao ar livre.

Esses edifícios são sagrados para o taoísmo por algum motivo oculto que nem o diabo conhece. Talvez porque seja um lugar muito difícil de chegar.

Entre as Dinástia Zing e Dinástia Pum, esse local sagrado foi destruído por uma orla de lutadores de Kung Fu, porque já se sabe, o governo chinês não tem o mínimo interesse em respeitar qualquer cultura alheia.

E assim o tempo passou, e certa vez, o imperador Zhun Di (Zumbi) mandou seus 300.000 escravos, eunucos e capachos construírem 39 pontes e apresentarem 12 shows de pagode. Essa loucura se estendeu por 70 quilômetros e está lá até hoje, para quem quiser ver o que o absolutismo imperial é capaz de fazer. Os edifícios representam o quanto o capitalismo ou democracia são prejudiciais ao mundo, uma vez que arquiteturas maravilhosas nunca mais foram vista após o fim do império.

Com o passar do tempo, é claro que muitos dos edifícios desmoronaram nas encostas devido as chuvas, como em qualquer favela brasileira, mas ainda é possível encontrar alguma coisa inteira por lá.

Foi nessas montanhas que surgiu a arte marcial Wudang, uma variante emo do Tai Chi Chuan, sempre foi perseguida pelo governo por possuir mensagens subversivas de apologia ao homossexualismo. Os praticantes dessa arte secreta, refugiados do governo opressor, encontraram no clima inóspito e isolado das Montanhas Wudang o lugar perfeito para praticarem a sua arte homossexual de agarra-agarra e combates com leques rosas.