Monte Alegre de Goiás

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Monte Alegre de Goiás é mais uma cidade qualquer de Goiás, localizada no nordeste do estado, mais precisamente na sombra de Campos Belos.

História[editar]

O Morro do Chapéu.

O lugar surgiu da mesma forma que 99% das outras cidades goianas, um bando de garimpeiro corno de São Paulo, não tendo onde cair morto, foram tentar a vida no fim do mundo (aka, Monte Alegre de Goiás) procurando ouro. O garimpo se prolongou por todo século XVIII e século XIX até não sobrar nada além de uma população raquítica que teve que virar caipira para sobreviver.

Fundado oficialmente em 1769 com o nome Santo Antônio do Morro do Chapéu (do goianês: "San Tonio d'mor d'chaper" [sic]) em louvor à Antônio o primeiro homem a cagar na latinha no Morro do Chapéu.

A população inicial era formada por 1800 negros escravos infelizes que trabalhavam sob chicotes dos paulistas malvados. O outro acabou, a escravidão acabou, os paulistas foram embora, mas aquele bando de gente sem perspectiva de vida ficou por lá, deram continuidade, o resultado da tragédia hoje é conhecido como "Morro Alegre de Goiás".

Em 1947 é elevado a município... mas ninguém se importa... ...Ronaldo!

Atualmente é só mais uma cidade goiana miserável que deve ser evitada a todo custo.

Geografia[editar]

Monte Alegre de Goiás é considerada a penúltima cidade de Goiás, só está antes deCampos Belos. Depois disso é o Inferno (nome pelo qual é conhecido a região de Tocantins e sertão da Bahia). É reconhecida pelo relevo destruído e erodido, o Morro do Chapéu se destaca na paisagem devido a seu formato de coelho.

Economia[editar]

A economia de Monte Alegre de Goiás é baseada exclusivamente em.. advinha? Agricultura e pecuária (nossa! Que novidade!). Economia de cidade pobre, já viu. Também não se pode esquecer que a principal renda da cidade é o bolsa família que sustenta os calunga que representam 90% da população local...

População[editar]

População formada por uns gatos pingados. Dizem que são mais de 50 habitantes, mas há controvérsias.

Turismo[editar]

Cidade que se destaca no ecoturismo com belas cachoeiras, grutas e "praias". Na verdade não passa de um beco onde vão parar turistas que se perderam do caminho do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.