Monte Athos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Greece-flag copy.jpg "ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, este artigo é grego! Ele come churrasco grego, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa, além de estar endividado pra caralho.

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Monte Athos (do grego Άγιο Όρος, ou seja Não se sabe) é conhecido como Vaticano que não deu certo, se situa em algum lugar escondido e de dificílimo acesso nos famosos labirintos gregos.

História[editar]

Pedras em encostas é a única coisa que se pode achar em Monte Athos.

Durante a época antiga, Monte Athos foi um cabo grego, que assim como todos as outras centenas de regiões gregas iguais a essa era local de peregrinação dos servos de Zeus.

A região porém, em virtude de seu difícil acesso fazia com que os antigos acreditassem ferrenhamente que na região moravam deuses de menor escalão como o Deus da Cachaça, Deus do Video-Game, Deus da Coca-Cola, entre outros.

A região se tornou sagrada quando numa de suas férias Zeus junto ao seu amigo Bacanal farrearam na região e Zeus por sua vez nessas festanças teve um filho com alguma prostituta da região, chamou-o de Hércules. Desde então só entra no lugar sagrado aqueles convertidos à mitologia grega.

Durante as invasões persas e bizantinas, a Grécia virou um verdadeiro território do caos, onde turcos eram vizinhos de terroristas e filósofos barbudos davam aulas para judeus, Monte Athos foi o refúgio da cultura grega. logo por lá surgiram em suas encostas diversas construções sagradas de pedras, estátuas de pedras, pedras espalhadas e acomodações de pedras.

Depois que a Grécia após ser massacrada por tudo quanto é religião, foi invadida pelos cruzados que baniram a mitologia grega da face da Terra. Monte Athos porém se manteve acreditando em 400 deuses até os dias atuais e rivaliza com o Vaticano provocando terrorismo psicológico.

Monte Athos por ser uma região onde muita pedra antiga se empilha e as pessoas do local ainda acreditam em Zeus e Poseidon, a UNESCO tombou esse local único no universo.

Atualmente Monte Athos tem contratado especialistas em efeitos visuais e computação gráfica, além de artistas fantasiados de coisas fantásticas, para tentar convencer pessoas a se tornarem adeptos da mitologia grega.

Geografia[editar]

Monte Athos é uma península grega estreitíssima. Há apenas duas opções na região, nadar no mar ou escalar penhascos. As construções na região são conhecidas como favelas chiques, pois absolutamente tudo é feito de pedra e arquitetado pelos mais renomados filósofos caquéticos barbudos gregos.

O que se Encontra em Monte Athos[editar]

  • 1 templo para cada um dos 2.375 deuses gregos.
  • Muita pedra.
  • Muito abismo.
  • Muito deslizamento.
  • Muito pouco lugar para caminhar.
  • Cavaleiros do Zodíaco.