Monte Emei

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


O Monte Emei é um local sagrado de peregrinação, a Meca do mundo budista, localizado na Província de Salsichão perdido em algum lugar na China.

Paisagem do Monte Emei[editar]

O famoso Grande Buda Cagando de Leshan.

Quando o budismo surgiu, foi no Monte Emei que foi construído o primeiro templo budista do mundo, propício para as práticas da religião que consiste em fazer nada, andar em círculos em florestas fazendo nada, praticar Yoga 16 horas por dia, e inventar cada vez mais inovações de Kama Sutra.

O Monte Emei detem ainda raras árvores ambulantes de 1000 anos de idade que protegem a região de qualquer invasor.

Paisagem do Grande Buda de Leshan[editar]

Certa vez, um fanático fundamentalista budista ficou maluco de tanto tédio vivendo no Monte Emei, e assim decidiu andar por toda China pedindo esmolas para construir alguma coisa fantástica naquele monte para matar o tédio. Após arrecadar os fundos, ele imaginou algo como a esfinge ou o Monte Rushmore, e vendo as anotações secretas sagradas do Templo da Luz Sagrada, ele descobriu pinturas raras de Buda na intimidade.

E assim surgiu a maior estátua de Buda cagando do mundo.

O escultor morreu confeccionando a estátua que levou 90 anos para ser construída e foi encerrada por seu tataraneto.