Monte Qingcheng e Sistema de Irrigação de Dujiangyan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Madruga1.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


O Monte Qingcheng e Sistema de Irrigação de Dujiangyan é um patrimônio mundial localizado na província de Sichuan na China, estes montes eram um importante local de prática de yoga (aka taoísmo), e sofriam constantes inundações, mas com a construção da mais antiga barragem do mundo o problema teoricamente foi resolvido.

Monte Qingcheng[editar]

O avançado Sistema de Irrigação de Dujiangyan com tecnologia importada do Império Galático.

Esse monte é nascente de diversos rios e principal causador de alagamentos, enchentes e desastres naturais no sul da China, por isso os chineses temem o Monte Qingcheng eveneram seu Deus lá, sacrificando virgens para tentar evitar inundações.

Foi aqui que viveu o Imperador Amarelo, recebeu esse nome pois foi em seu reinado que houve um surto de febre amarela no Império, pois o Monte Qingcheng era um excelente criadouro do mosquito transmissor da doença, esse ocorrido é de grande importância cultural e razão pela qual o chinês hoje em dia é imune à febre amarela, e o monte é assim considerado patrimônio mundial junto com o Sistema de Irrigação de Dujiangyan.

Sistema de Irrigação de Dujiangyan[editar]

Dujiangyan em chinês significa "Inútil", esse é o nome mais apropriado para essa barragem.

O Imperador Amarelo, notou que Pequim e mais outras 500 cidades, vilas, fazendas, aldeias, zonas de cultos taoístas eram constantemente assoladas por inundações dos rios que nasciam no Monte Qingcheng. Um dia, quando observava castores, teve a brilhante ideia de ordenar a construção de uma barragem.

Essa antiga obra da engenharia não rendeu resultados, as cidades chinesas continuam sofrendo inundações toda época de chuvas, mas o esforço de milhares de escravos para construir essa barragem ficará lembrado, e a UNESCO garantiu o Sistema de Irrigação de Dujiangyan, totalmente em bambus, como patrimônio mundial.