Monte Wuyi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


o Monte Wuyi é uma pretuberância no solo chinês de 650 metros de altitude, não é atração de alpinistas, os únicos que visitam essas montanhas são monges budistas anti-sociais eremitas doidos peregrinos fanáticos suicidas e sem noção de tédio.

Espiritualidade[editar]

Acesso do Monte Wuyi.

O Monte Wuyi é um consagrado local de prática do budismo aplicado, ou seja, é um local de paz e tranquilidade, onde não acontece porra nenhuma e você pode praticar yoga em todo seu esplendor.

O Monte ficou famoso por ser o local onde alguns budistas ficaram loucos de tanto tédio, e surgiu assim o "Pensamento Zhuzi", uma espécie de protestantismo do confucionismo.

Fauna e Flora[editar]

A área do monte tem abundância do chá Wuyi Yancha, uma espécie de ópio local, e inspiração para o nome do monte.

Podem ser encontrados até 3728 espécies de plantas e 5110 de animais silvestres, uma biodiversidade rara para os padrões desérticos e poluídos da China, por isso o monte é muito valorizado, e quem agredir essa fauna e flora é condenado a morrer 5 vezes.

A biodiversidade é tamanha, que só de bambu, as montanhas abrigam mais de 500 espécies diferentes. Há também milhares de insetos diferentes, só de borboletas uma 200, por isso esse inseto representa a morte na cultura chinesa.

O local durante a colonização européia foi descoberto por um padre francês que se perdeu querendo ir para a Guiana, mas depois dele apareceram americanos, alemães, holandeses e vários outros branquelos a procura de ópio grátis e várias outras plantas medicinais e entorpecentes exóticas comuns em Monte Wuyi.