Montinho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png MONTINHOOOO!!! Cquote2.png
Alguém atrás de você sobre Montinho

Cquote1.png PERA EU!!! Cquote2.png
Gordo(a) que sempre fica por ultimo sobre Montinho

Cquote1.png Eu tenho medo. Cquote2.png
Regina Duarte sobre Montinho

Cquote1.png Na União Soviética, o montinho dá em VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Montinho

Cquote1.png Eu posso suportar que o senhor não me pague o aluguel, mas um beliscão eu não agüento nem do meu pai! Cquote2.png
Seu Barriga minutos antes de dar um montinho (e quase matar) em Seu Madruga

Cquote1.png Isso já tá virando perseguição Cquote2.png
Nerd sobre Montinho

Cquote1.png Se eu pudesse eu darra mil! Cquote2.png
Jeremias sobre montinho

Cquote1.png Isso é coisa de fraco Cquote2.png
Chuck Norris sobre Montinho

Cquote1.png Insto non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo antes de levar um montinho sobre montinho

Cquote1.png Ecziste,ecziste sim!!Aiaiaiai!! Cquote2.png
Padre Quevedo logo após o montinho sobre montinho

Definição[editar]

Exemplo típico dessa tática mortal de combate.

O montinho é uma técnica militar de combate, usada freqüentemente por adolescentes e crianças em treinamento pelo Exército. Por ser uma estratégia muito complexa, ela necessita de mais ou menos 10 pessoas para ser realizada com êxito. A vítima acaba sofrendo um ataque semi-mortal que provalvelmente a deixará sem ar temporariamente, e talvez até efeitos mais sérios, como uma corcunda permanente, paralisia, tetraplegia ou impotência sexual. Tal técnica perde apenas para o Golpe dos 5 Pontos que explodem o Coração, de Pai Mei, The Fuckest Punch of Existence, Zidane Round Head Strike, do Roundhouse Kick, de Chuck Norris, do Suzumya Supreme/Divine Tedium Phoderosum), do Nascimento Bag on Head True Strike e é claro do todo-poderoso, invencivel, Broom in Ass Kill Confession (ambos do Capitão Nascimento)

História[editar]

Montinho de um Paladino nivel 47.

O montinho, originalmente, era um esporte comum entre as tribos indígenas do Bahrein, ao lado de manifestações culturais como o babau, o peteleco na zoreia, e o dedo nos ói. Os primeiros registros do esporte datam 666 a.c. Entretanto, durante as partidas de montinho(Que nunca tinham horário certo para começar), rivalidades e desentendimentos foram surgindo(Não se sabe porque, mas imagina-se que seja culpa dos acrobatas da tribo Z.I.A., que eram famosos por usar spikes e aparelhos bucais externos). Esses desentendimentos iniciaram uma guerra sem fim. O tempo passou, e as guerras continuaram sem acabar. O montinho se mostrava uma estratégia militar tão eficiente quanto linhas de infantaria ou snipers de zarabatanas. Pelo baixo custo de sua execução(Não são necessárias armas) e sua potência, ela acabou por destruir toda a ilha do Bahrein(Provavelmente após todos os habitantes da ilha executarem um unico montinho ao mesmo tempo) e gerar uma série de movimentos sismicos que arremessaram a Ilha do oceano indico para algum lugar do oriente médio. Uma parte da ilha não foi arremesada, e nesta parte estavam as estatuas em homenagem as vitimas mortas nos montinhos. Essa ilha passou a se chamar Ilha de Páscoa.

Mesmo depois de cair no oriente médio como uma ilha desértica, as guerras de montinho continuaram. Os habitantes da ilha, ao invés de serem eliminados, se reproduziam, pois durante o montinho sempre acontecia algo mais. A guerra teve uma trégua, e os habitantes do Bahrein se uniram para conquistar os demais povos em volta e brigar com os cristãos que faziam suas palavras cruzadas por ali. Eles criaram um enorme império, que rivalizava os impérios de Alexandre, o grande, do Google, e de Tiririca, mas devido a corrupção, o mesmo se auto destruiu em uma guerra civil e os habitantes originais se mudaram para o Japão. Então, em 1945, em Hiroshima e Nagasaki, o mundo moderno viu os primeiros montinhos durante uma briga de torcedores após uma partida de queimado, em que os torcedores Bahreinhos se revoltaram com um jogador estreiante chamado Obina, que conseguia queimar o oponente até no cemitério. A torcida se revoltou e deu um grande montinho em Obina, que o fez se mudar para o Brasil.Após esse incidente, o montinho ficou famoso e passou a ser praticado por todas as naçoes do mundo. O Povo Montinhês do Bahrein(Como ficaram conhecidos), então, saiu do Japão em uma diáspora e hoje sua localização é desconhecida.

Constituição do montinho[editar]

Transmissão ao vivo da Copa do Mundo de Montinho.
  • A vítima: o retardado que será derrubado (caso já não se encontre no chão), e que geralmente é o que mais se fode.
  • O Batedor(ou suicida): também não-inteligente, e que este é a peça chave de todo bom montinho, é aquele que derruba a vítima, seja com uma voadora, ou com uma rasteira, ou com uma clava com um prego na ponta e etc, é o ÚNICO que tem coragem (ou é doido) de assim que a vitima cai, pular em cima para segurá-la, ou puxar a vítima a ponto desta cair em cima dele (caracterizando um montinho inverso). Ou seja, de qualquer forma, se fode bastante.
  • Amontoadores: Esses são responsáveis pelo escorpo do montinho, são indivíduos que se jogam em cima da vítima e do batedor, causando-lhes uniforme sofrimento (principalmente por asfixia).
  • Acrobatas: Tão desprovidos de inteligência quanto a vítima (às vezes mais mongóis ainda), esses são responsáveis pelas luxações, contusões, fraturas, sangramentos, estupros e etc. Indivíduos em que seu papel se restringe a se autoprojetarem em direção do montinho utilizando-se de suas juntas (joelhos e cotovelos no geral), causando enorme sofrimento a quem quer que esteja abaixo. Como a própria nomenclatura diz sua função é tornar o Montinho um "show" aos presentes no recinto, praticamente um espetáculo pirotécnico.
  • Malandros: São aqueles que se projetam no topo do montinho. Não sofrem contusões, causam contusões e ainda decidem quando o montinho vai ser desfeito, pois para isso ele tem que ser o primeiro a se retirar. Um montinho bem executado não pode ter muitos malandros do contrário falha.
  • Cagões: São os idiotas que se cagam de rir do montinho, amaldiçoados pelas vítimas, (sim, mais que os autores do montinho, pois se a vitima dirigir a palavra para eles, leva outro montinho) são normalmente nerds que não tiveram coragem de entrar no montinho, e prováveis vitimas futuras.
  • Defensores: São, geralmente, amigos da vítima que podem decidir o futuro do pré-morto. Eles aguentam o montinho inteiro sobre suas mãos e joelhos, essa classe é muito rara porém sempre que há um, é adorado pela vítima.

Fatos sobre o Montinho[editar]

  • O Montinho também tem uma forma super, necessitando apenas de uma pessoa(geralmente um gordo) para causar o mesmo estrago de um montinho convencional, a técnica se chama Barriga's Giant Belly Overwhelming
  • Montinhos são usados desde a inútil tentativa de 400.000.000 de pessoas de, finalmente, derrotar o Chuck Norris(só o fez tossir).
  • Montinhos são usados em nerds.
  • Montinhos começam automaticamente ao som de Anarchy in the UK.
  • Montinhos podem aleijar, asfixiar, ou até pior, dependendo de sua situação, até mesmo transformar a vítima.
  • Montinhos são usados por pessoas que dizem ser suas amigas, mas, quando você cai no chão, ao invés de te ajudarem a levantar, elas pulam em você.
  • O grito ("MONTINHO") feito antes do montinho tem efeito magnético, atraindo todas as pessoas nas redondezas para o montinho.
  • Montinhos não servem pra nada, só machucam. (ps. Isso foi dito por um nerd, que sofreu três montinhos seguidos logo após, e antes também)
  • Montinhos não devem ser usados em criaturas que possuem espinhos ou quaisquer tipos de escudos.

Boatos[editar]

  • O Povo Montinhês do Bahrein hoje habita o Brasil, especificamente a cidade de Birigui. Por esse motivo a técnica do montinho é tão difundida no país.
  • Foi após um montinho que Chimbinha desenvolveu sua habilidade guitarristica. Seu topete loiro também se formou logo em seguida, o que indica que ele é descendente da Grande Fundadora do Povo Montinhês do Bahrein, Dercy Gonçalves.
  • Há uma jogada possível no Xadrez, pouco conhecida, inspirada no montinho, em que todos os peões podem ser jogados ao mesmo tempo sobre o rei inimigo caso não haja mais nenhuma rainha no campo.

Vídeo-aulas[editar]


Ver também[editar]