Monumento Nacional do Grande Zimbabwe

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Monumento Nacional do Grande Zimbabwe são muralhas de pedras localizadas na fronteira entre o Zimbabwe e Moçambique e são o símbolo da pobre diabo nação sofrida miserável do Zimbabwe.

Quem mandou construir essas muralhas foi Mugabe.

[editar] A História do Grande Zimbabwe

Área do Grande Zimbabwe que foi atingida pelo canhão da mandinga dos moçambicanos.

Localizadas na região de Mapungubwe ao longo do Rio Limpopo, essas muralhas se localizam em um local estratégico aonde ficam a fronteira entre Moçambique, África do Sul, Botswana, Zâmbia e Lesoto. Tanto país pobre assim junto só pode dar merda.

O lado zimbabwano saiu na frente, liderados pelo Povo Mwenemutapa (que significa Povo Dê um tapa), ergueram uma paliçada de rocha para se defenderem de Moçambique e as táticas mesquinha de seu líder imortal Oogudougudoo. Como o exército de Moçambique estava acostumado a arrasar vilas de palha, não conseguiram transpassar o Grande Zimbabwe de Rocha. Dessa maneira surgiu o Zimbongodungobwe, ou ainda O Primeiro Estado do Zimbabwe que foi o embrião do atual Zimbabwe.

Com o tempo, como havia guerras diárias, todo mundo morreu na região, menos Mugabe e Oogudougudoo, grandes rivais. Depois de assinarem a trégua eles abandonaram o Grande Zimbabwe e procuraram algo melhor para fazer como oprimir o povo.

Décadas depois, as ruínas foram descobertas pelo Povo Shona que chamaram aquilo de madzimbabawe (do inglês Zimbabwe Ruim) e instauraram ali um quartel general de levante contra a ditadura no país. Mugabe, como conhecia a construção como a palma de sua mão, invadiu o local pelo esgoto vestido de ninja e matou um a um os insurgentes.

O Grande Zimbabwe foi inscrito como patrimônio mundial por ser a única edificação em toda a África que possui cimento em seus alicerces.

Hoje, Mugabe reina nos palácios do Grande Zimbabwe.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas