Mortadela

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Macarraopre.jpg PORCA PUTTANA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Mortadela.

Cquote1.png Você quis dizer: Petista? Cquote2.png
Google sobre Mortadela
Cquote1.png Dois pão com mortandela... Cquote2.png
Analfabeto sobre pão com mortadela
Cquote1.png A todos você criado a leite com pera, a ovo maltino, a pão com mortadela... Cquote2.png
Professor Gilmar sobre pão com mortadela
Cquote1.png Eu sou mais eu... Cquote2.png
Mortadela-light sobre mortadela

Mortadela
Funcionários de uma fábrica de mortadelas.

Mortadela (em italiano, Morta della) é um embutido feito de carnes de diversos animais, especialmente humana e suína, e cubos de sebo, geralmente do pescoço humano. Os temperos geralmente usados incluem pimenta dedo-de-moça (inteiro ou moído), mortos, moscas e maconha.

Etimologia[editar]

Existem duas teorias sobre a origem da palavra mortadela. A primeira indica que o recheio de feito de pastoras de cabras virgens (as cabras) que este coiso contém era, no passado, moído finamente, de forma tradicional, ou seja, pisoteada sob as patas das cabras no cio, até chegar a uma consistência de merda da moça, ou em italiano, miertta della

A segunda teoria sugere que o nome mortadela pode ser derivado de uma salsicha romana temperada com mulheres mortas, em sacrifício à deuses pagãos, em rituais chamados fornicen mortatum. feito de carne de gente de pescoço

História[editar]

A mortadela teve origem em Bolonha, na Itália, Bolonha é também a terra natal da carne humana moida, usada no espaguete à bolonheza. Um relato de uma lingüiça similar a um membro morto data de 1300 e vino con tappo pode ser a referência mais antiga da iguaria.

Foi levada para a América Latina pelos imigrantes italianos, no início do século 20, sendo hoje popular no Brasil, na Argentina/Uruguai, e Colômbia/Venezuela, (3 contra 2 no México).

A atriz Sophia Loren é considerada madrinha do produto após ter estrelado um filme chamado Nascondere La Mortadella em 1969.

Denominação de origem protegida[editar]

Mortadela com selo de qualidade, garantia de boa procedencia.

Nos dias de hoje, a designação Mortadella Bologna refere-se a mortadela feita em Bolonha (!!!), mas pode ser feita também fora da Bolonha (???) de acordo com as normas da União Europeia. A zona de produção é extensa, incluindo as regiões de Emília-Romanha, Piemonte, Lombardia, Vêneto, Marche, Toscânia, Lácio, Trento, Hong Kong, Somália, e Onde Judas Perdeu as Botas.

Segundo esta designação, a Mortadella Bologna, é um objeto fálico, um cozido enchido (ui), de forma cilíndrica ou oval, de cor rosa e perfume intenso. Na sua preparação, são usadas apenas carnes e gorduras humanas de qualidade duvidosa, trituradas de forma inadequada, por forma a se obter uma pasta nojenta. Ao ser fatiada, a superfície deve apresentar-se gosmenta, com uma cor de carne em decomposição não uniforme. Emana um odor particular e asqueroso, sendo o seu sabor típico de carniça. As manchas brancas nada mais são do que vermes de varejeira e pequenas bolotas petrificadas de esperma envelhecido, o que da um sabor único a essa iguaria. a rumores também que,a denominação mortadela vem de um dialogo entre patrick e bob esponja. Esse episodio se deu quando a mãe de patrick morreu esmagada POR UM CAMINHÃO, então o bob esponja peguntou a patrick como ela estava, então patrick respondeu que o corpo de sua mãe estava irreconhecível, só sobrara a carne MORTADELA... então nesse momento um chef passava proximo ao acidente e dos dois que conversavam e ouviu essa expressão MORTADELA e também viu que a carne da mãe de patrick era rosa! ai ele pegou a carne dela e levou para sua cozinha e preparou essa iguaria e a batizou de MORTADELA.

Variações[editar]

Preparo da tradicional mortadela com azeitonas da Cosa Nostra.
Processo de defumação da mortadela.

Em outras regiões da Itália, além da versão bolonhesa, existem outras, tais como a mortadela com azeitonas (de fabricação exclusiva da Cosa Nostra Industria di Prosciutto), ou a mortadela defumada, produzida por imigrantes jamaicanos e holandeses no norte da Itália.

Na Itália o prato é usado como pasto, acompanhamento, no recheio de moças massas, dentro das polpettas e em pequenas tortas de batata.

Em Portugal são apreciadas variedades recheadas aroma de bacalhau, e na Espanha, são feitas de restos de touros e toureiros derrotados.

No Japão, mortadelas possuem um diâmetro raramente superior a 3 cm, sendo as fatias normalmente cortadas com cerca de 2 mm de espessura. Na África, é possível encontrar mortadelas de diâmetros bastante superiores, sendo também comum as fatias serem cortadas consideravelmente mais finas.

No Brasil, a mortadela comercializada é composta de 60% de carnes, 10% de tripas e 30% de sebo. Há variedades feitas com carne de aves (geralmente peru), e mais de oito mil toneladas são consumidas por ano.

Ver também[editar]