Mosteiro de Ferapontov

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Mosteiro de Ferapontov é o conjunto monástico do cristianismo ortodoxo mais isolado do mundo, localizado lá na pqp da Rússia, e portanto foi incluído como patrimônio mundial pela UNESCO, por representar toda inospitalidade da Rússia ao mesmo tempo que suas tradições espirituais e culturais de construir conjuntos bonitos lá no meio do nada.

Conjunto do Mosteiro de Ferapontov[editar]

Um dos preciosos frescos de Dionisius no Mosteiro de Ferapontov. Retrato do padroeiro da Rússia São Nicolau, vulgo Papai Noel.

O Mosteiro de Ferapontov é o grande exemplo monástico cultural-arquitetônico do que um bando de russos são capazes de fazer quando estão morrendo de tédio isolados do mundo, no norte do país.

O grande destaque do conjunto são os frescos de Dionisius, que representam a maior expressão da arte russa do século XV, as detalhadas e belas pinturas distribuídas em paredes e nos tetos das abóbadas deste expoente da história da arte russa são inúmeras ilustrações de passagens do livro sagrado Divina Comédia, além de outras grandes figuras da religiosidade russa, como o Papai Noel, ou mesmo pinturas de grandes representantes da filosofia russa em ação, como Zangief.

História[editar]

Mosteiro de Ferapontov no meio do nada.

Tudo começou quando Judas Iscariotes, após trair Jesus, decidiu peregrinar até o fim do mundo como penitência antes de se suicidar. Chegou a um local onde perdeu as botas e aceitou aquilo como sinal de cometer seu ato final.

Posteriormente em 1398 foi construído um mosteiro naquele local onde Judas perdeu as botas, sem grandes pretensões, apenas para monge penitentes passarem o resto de suas vidas fazendo porra nenhuma.

Todavia, nos séculos XV ao XVII aquele mosteiro exerceu grande papel arquitetônico, cultural e espiritual na unificação da Rússia liderada por Ivan, o Terrível que praticava terrorismo contra o clero ameaçando exílio em Ferapontov.

Em 1904 foi transformado em um convento freiras e posteriormente incluído como patrimônio mundial da Rússia.