Mula-sem-cabeça

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Mula-sem-Cabeça)
Ir para: navegação, pesquisa
Caboco.jpg Bem-vindo à selva!

Este artigo é sobre algo ou alguém localizado no meio do mato e vai te levar para o Lado Verde Escuro da Força. Se vandalizares, Rambo vai descarregar a metralhadora no meio da tua fuça!

Cquote1.png Você quis dizer: Anitta Cquote2.png
Google sobre Mula-sem-cabeça

Cquote1.png Você quis dizer: Mulher que casa com padre? Cquote2.png
Google sobre Mula-sem-cabeça
Cquote1.png Você quis dizer: Puta sem carteira Cquote2.png
Google sobre Mula-sem-cabeça
Cquote1.png Experimente também: Decapitação Cquote2.png
Sugestão do Google para Mula-sem-cabeça

Caminhões mantenham-se à direita, Mula-sem-cabeça na pista!

Cquote1.png Eu tenho medo. Cquote2.png
Regina Duarte sobre Mula sem Cabeça
Cquote1.png Eu querdito, sô. Cquote2.png
Chico Bento sobre Mula sem Cabeça
Cquote1.png Hm, num fei pur quê, maif effe nome me foa tão prófimo... Cquote2.png
Lula sobre a Mula
Cquote1.png Isso non ecziste, é lenda popular. Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Mula sem Cabeça
Cquote1.png Bem diz o Fisiólogo que isso ecziste sim. Cquote2.png
Fisiólogo sobre Mula sem Cabeça
Cquote1.png Eu sei o que é isso! Cquote2.png
Hilda Furacão sobre Mula-sem-cabeça
Cquote1.png Meu pior castigo! MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Deus sobre Mula-sem-cabeça
Cquote1.png Ainda bem que isso é lenda de fora do Norte! Cquote2.png
Nortista sobre Mula-sem-cabeça

Apresentação[editar]

A própria!

Em toda noite de Lua Cheia (não sei o que essa lua tem de especial que as outras não tem, tudo de bom ou ruim que acontece é sempre com ela no céu) a mulher (ou mulheres) que são apaixonadas por padres (e algumas que chegam até fazê-los largar a batina) ou as filhas deles com uma mulher, transformam-se em uma criatura cavalar, com ferraduras de prata e uma bola de fogo no lugar da cabeça. Para tal criatura, pelo óbvio, foi dado o nome de Mula-sem-cabeça (sendo ela somente um jegue, burro ou cavalo, mas o nome que pegou mesmo foi mula), a mais assustadora das criaturas em que uma mulher pode se metamorfosear em nossas lendas verde-amarela. Acredita-se que tal punição é dada exatamente por Deus, como modo de castigar a mulher (e a cria de tal) que resolveu conquistar um homem que seria um servo devoto do Senhor 24 horas por dia, sete dias por semana (essa lenda é apoiada pela Inquisição Espanhola).algumas pessoas dizem que a mula-sem-cabeça é na verdade um noob de cs que levou um headshot do grande silvio santos,outros dizem que foi chuck norris e alguns acham que foi o capitão nascimento

Existem várias histórias populares acerca desta fantástica criatura, incluindo a sua origem. Dizem que uma mula sem cabeça surge quando o padre de alguma cidade minúscula resolve dar uns pega nas mulheres que vão se confessar aos domingos, ou pior, o padre pode ser pedófilo também. Seja como for, as vítimas dos padres tarados correm grandes riscos de se tornarem mulas sem cabeça.

A Mula sem Cabeça.

De acordo com o grande doutor em teologia aplicada às bestas Chico Bento, isso acontece por causa da Maldição do Padre, presente nos sacerdotes maus, aqueles que fingem ser pessoas boas, mas na verdade estão de olho em tudo que você tem, desde o seu dinheiro até a sua mulher, se você deixar. As cargas de energia negativa e olho gordo nesses padres são tão grandes que seus alvos acabam sendo amaldiçoados também.

Hoje, os pesquisadores tentam compreender por que a maldição da mula só é passada pelos padres católicos, sendo que o clero cristão é algo bem maior. Todos sabem que o clero da Igreja Universal também possui uma imensa quantidade de sacerdotes que só metem olho gordo no dinheiro dos fiéis, e alguns também são pedófilos, mas seus ataques não amaldiçoam as pessoas com o estigma da Mula sem Cabeça. Ainda bem, senão teríamos milhões de mulas sem cabeça perambulando pelas periferias das cidades brasileiras, porque a quantidade de vítimas de pastores não é pouca coisa.

A Lenda[editar]

Uma mulher que irá virar Mula-sem-cabeça

Mula-sem-cabeça e Lobisomem sempre foram os piores medos das pessoas mais folclóricas, pelo simples motivo que ela não polpava ninguém independente do sexo. E na lenda da mula-sem-cabeça as duas até se misturam um pouco como sendo o destino final dos filhos advindos de um relacionamento entre um padre (observação, o padre tem que ser católico, pastores da Igreja Universal do Reino de Deus não contam) e uma mulher. Caso o filho que nasce seja um menino, ele se transforma em um Lobisomem, isso pouco importa o fato dele vir depois de sete mulheres, sete homens, se foi mordido por um outro lobisomem ou coisa do tipo; agora, se for uma menina que nasça, o destino dela é virar Mula-sem-cabeça, assim como a sua mãe também (a dela, não a tua, se bem que a tua já é uma mula mesmo e nem precisa de um padre pra isso), por ter se compromissado com tal cara sabendo do seu sacerdócio.

Poucos têm coragem de encarar a Mula sem Cabeça.

É claro que se isso existisse de verdade, o que não faltaria era mulheres dando coice por aí afora e queimando tudo com suas cabeças flamejantes, principalmente para aquelas bem beatas e que curtem padres galãs como o Padre Fábio de Melo e o Padre Reginaldo Marcelo Rossi. Porém, acredita-se que tal lenda foi inventada surgiu com o intuito de precavir os padres que fossem para cidades interioranas e que, geralmente, engravidavam alguma menininha por lá, afim de evitar tal tentação, pensando no destino que a menina teria caso a lenda fosse verdadeira ou não (sendo que na maioria das vezes era não mesmo e haja padre trazer criança ao mundo).

A Mula-sem-cabeça em um dia difícil, repare que seu fogo foi apagado

Em noites de Lua Cheia (sempre nela ¬¬) tais Mulheres Apaixonadas por Sacerdotes fugiam de seus leitos conjugais e, indo para a rua, transformavam-se no ser cavalar, dando (ui) coices e relinchando (sim, mesmo não tendo cabeça ela relinchava), queimando tudo com sua cabeça de fogo. As mulas (afinal, são bem mais de uma que existem) geralmente são descritas como animais negros afro-descendentes (apesar de na maioria dos desenhos eles terem cor de burro quanto foge), de crinas brancas, olhos (sim, mesmo sem cabeça ela possui olhos) cor de fogo, ferraduras de prata e afiadas para coices fortes e saldáveis e um relincho apavorante, mistura de relinho de mula com o grito de uma mulher em TPM (isso sim deve ser medonho).

Grandes e assustadoras, fazem barulhos para onde quer que trotem. Jamais se deve olhar diretamente para uma Mula-sem-cabeça, ou espioná-la em seu cavalgar, pois isso pode acarretar na fúria da criatura, que mata a sua vítima sem dor nem piedade com vários coices. Além disso, quando ela aparece, esconder as unhas e os dentes ajudam a afugentá-la, pois o brilho do luar que é refletido pelos dentes e pelas unhas a deixam com um ódio tremendo, sabe-se lá por que, mas acretido que porque, depois dela se transformar em mula, perde tanto os dentes (já que não tem cabeça) e as unhas (já que ganha cascos de cavalo), e tudo não passaria de pura inveja da mulinha.

Características[editar]

A Mula sem Cabeça é uma mula sem cabeça, por ser um nome já autoexplicativo, ora. Além disso, outra característica sua é a fogueira no lugar da cabeça, cuja utilidade é fazer a mula aparecer melhor no escuro e assustar melhor os caipiras do interior. Se houver algum clarão à noite no meio do mato, todos pensam que é a Mula sem Cabeça e se borram de medo.

Além do mais, ninguém pode afirmar com certeza que se trata de uma mula, porque poderia perfeitamente ser um jumento, um cavalinho ou a Égua Pocotó. O que é aquele clarão logo ali? Aqui no meio dos sertões não devia ter essa claridade toda a essa hora... Vou dar uma olhada... AAAAAAAAAAAAAAA


Acabando com a festa[editar]

Da mesma forma que Lobisomem morre com Bala de Prata, ou se for batizado pelo irmão mais velho, a Mula-sem-cabeça tem o seu "Calcanhar de Aquiles", ou melhor, "Um Aquiles Inteiro", pois é bem mais fácil matar uma mula do que um Lobisomem (ou não). Vejamos alguns métodos e boa sorte em sua caçada:

A Mula batendo um descontraído papo com seu amigo Boto
  1. Antes que o padre coma durma com a mulher, ou mesmo se ele já tiver consumido o ato, tem que amaldiçoar a criaturinha de quatro patas antes de rezar qualquer uma das suas missa (sim, tem padres que ainda voltam a celebrar missas, mesmo depois de ir pra cama com uma mulher), sendo que isso tem que ser feito antes que ele pegue na Hóstia, na hora da Consagração. Porém, isso tem que ser feito sempre, se não ela se transforma, é um preço a pagar pela sacanagem;
  2. Para os mais corajosos, a solução é desferir um golpe que faça o sangue da mula escorrer (que nem naqueles filmes em que jorra mais sangue do que um humano possui no corpo), a dificuldade nessa tarefa é exatamente conseguir chegar perto da mula, que jamais para quieta em um canto. Ainda assim, mesmo que isso aconteça, a mulher deixa de ser mula e também não vive mais para contar a história, pois o ferimento lhe é fatal mas pelo menos a população se livra dela;
  3. A mais leve e aceita de todas para se "destransformar" uma Mula-sem-cabeça é que alguém (mais corajoso ainda) consiga montar à mula e lhe retirar o freio que ela possui na boca (sim, ela tem boca, mesmo não tendo cabeça). O desafio aí é pouco pela parte de montar o animal, qualquer cowboy viado faz isso, pois o maior desafio é meter a mão (ui!) dentro da bola de fogo e puxar o freio dela. Enfim, ao doido que perdeu a mão ao fazer isso se retirar o objeto, surge uma mulher, automaticamente, no lugar da Mula-sem-cabeça, que pede perdão pelos seus crimes e promete nunca mais se apaixonar por um padre (ou não).

Ver também[editar]


v d e h
O Fisiólogo diz que Mula-sem-cabeça ecziste, e também: