Mulher belga

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Belgasecxistem.jpg

Ceci n'est pas Desciclopédia!!!

Este artigo é belga e contém altas doses de lavagem cerebral e teorias da conspiração que farão com que você acredite que Mulher belga existe!

Cuidado: a qualquer momento um agente da NWO pode sequestrá-lo!

Belgiumcoatofarms.jpg


Belga numa das suas atividades favoritas: fazendo waffles.

Mulher belga é aquele exemplar de ser humano do sexo feminino oriundo da Bélgica, país famoso por seu chocolate, pelas waffles, e por sua capital, Bruxelas, ser a sede-oficial de merdas neoliberais e capitalistas como a União Europeia e a NATO.

Aparência[editar]

Espécimes de mulheres belgas da parte francesa.

O povo belga é uma porra de confusão, porque aquela amonstra de terra, apesar de ser tão pequeno, consegue mesmo assim, botar 3 comunidades federais diferentes e com políticas diferentes no mesmo país: no Norte estão os flamengos (que falam neerlandês), no Sul está a comunidade francesa (que (O RLY?) falam francês) e lá no Leste está a "germanófona" (quer isso dizer que falam alemão). Em resumo, a Bélgica não passa de uma colónia dentro da Europa para os próprios europeus colonizarem. Dito isso, as belgas vão se assemelhar mais com a mulherada da França, da Alemanha e dos Países Baixos, dependendo da região onde vivem, ainda que a "belga de raiz" tem mais tendência para ser loira e para ter cabelos claros.

As belgas de Bruxelas (isso fica na parte francesa, para você que é burro), são metidas e snobs como as próprias francesas, ainda que não tenham ultrapassado o trauma de que Bruxelas não é Paris e nem é uma "capital da moda" ou porra alguma de relevante, além de que calhou a sede da União Europeia se ter instalado lá. No fundo, elas queriam mesmo era serem francesas, até porque vivem na zona mais cara do país. A nível de vestuário, as belgas são vaidosas mas não gostam de extravagâncias nem modernices, e usam e abusam de gabardines e botas de borracha, já que lá chove quase o ano inteiro.

Comportamento[editar]

Mulheres belgas e sua paixão por tomar porre cerveja.

O francês falado na Bélgica não é bem "francês", é mais uma bizarria francófona com um sotaque esquisito. Os próprios franceses se quiseram distanciar disso e dizem que aquela porra não passa de uma "versão mais pobre e menos sofisticada" do idioma, enquanto os dos Países Baixos e da Alemanha dizem o mesmo: as belgas (e os belgas) são discriminados por esses 3 países, pelo que os caras nativos deles não vão querer pegar mulher da Bélgica.

Comum a toda a mulher belga é o prazer de comer e beber cerveja (e parece não existir outra opção de bebida por lá). Essa mulherada adora comer, até porque a Bélgica tem uma gastonomia muito diversificada: batata frita com chocolate, chocolate com batata frita, waffle com chocolate, waffle com batata frita, cerveja com chocolate, cerveja com batata frita, cerveja com waffle... As belgas são fúteis e metidas a riquinhas, é um país repleto de pattys que apreciam uma vida de luxos materiais, como ir jantar fora num restaurante caro, ter uma boa casa no bairro mais caro da cidade e ter um bom carro (elas desconfiam de qualquer outro meio de transporte senão seu próprio carro). Especialmente as flamengas, nunca casariam com um cara pobre que nem você, já que elas são conhecidas por serem "ambiciosas" (diga-se alpinistas sociais).

Mulheres belgas com seus trajes característicos.

São cheias de frescura, daquele gênero de mulherada que não aguenta nem um pequeno arrotinho ou um peidinho: para as belgas os "bons modos civilizados" são tudo e ficam olhando de lado para os demais enquanto os julgam em silêncio por sua "falta de etiqueta", e até mesmo bêbadas gostam de manter sua pose "elegantérrima". Metidas a feministas, elas se acham muito empoderadas porque vivem num país da Europa, ainda que tenham dos impostos mais altos. Sua única qualidade é que não se importam de pagar a conta do jantar, mas irão dar um pontapé na bunda se o cara for cachaceiro e arruaceiro (escoceses não chegam perto) ou chegar atrasado (lá se vai a oportunidade dos tugas). Se você for fresco otaku, vai adorar as belgas, elas só lêem banda desenhada, mas cuidado, porque elas só conhecem o Tintin.

Vida Sexual[editar]

As belgas são muito conservadoras apegadas à tradição e costumam casar cedo: aos 20 anos já estão casadas com algum chocolateiro e não acreditam nessa modernice do divórcio, pelo que é melhor riscar essa europeia da sua lista de "quero pegar". Apesar de aparentemente modestas e recatadas, as belgas têm fetiches sexuais que envolvem comida, especialmente doces, não tivessem sido elas as inventoras da utilização do chocolate para fins de recriação sexual.

Para conquistar uma mulher belga, ofereça flores e não chocolates, diga que é rico e que quer abrir um negócio em conjunto, e ofereça-lhe um anel de diamantes da Antuérpia.

Belgas Famosas[editar]

Outra Mulherada do Benelux[editar]