Mulher do João Amorim

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Georgia Massa.gif

O que o Santana fez é UMA PUTA FALTA DE SACANAGEM!
No Wikipedia.png QUEBRARAM A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre Mulher do João Amorim.

Doriapinga.jpg Este artigo é sobre uma subcelebridade

Artista(s) classe B pode(m) ser citado(s) neste artigo.

Cuidado: Mulher do João Amorim pode cobrar cachê por ler este artigo.


Nuvola apps core.svg Mulher do João Amorim
Hv.jpg
"Ai"
Origem Brasil
Sexo Feminino
Ocupação Atriz
Profissional
Profissão anterior Desempregada
Maior aparição Obrigado a Matar
Conchavo João Amorim
Maior escândalo Chorar pelo ferimento do seu marido
Perfil
Nível de inteligência So gênios podem gritar ao levar um tiro na testa
Plásticas Nenhuma
Vícios Levar um Tiro na Testa
Emissora atual RBS
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.svg Biografia do João Amorim
Música Emblem-sound.svg Ai-Drop It remix
Prato Churrasco com Chimarrão
Filme Obrigado a Matar

Cquote1.png Experimente também: João Amorim Cquote2.png
Sugestão do Google para Mulher do João Amorim
Cquote1.svg Santana, acabe com ela! Cquote2.svg
Gaúcho sobre mulher do João Amorim
Cquote1.svg AI! Cquote2.svg
Mulher do João Amorim sobre morrer com um headshot
Cquote1.svg Meu amor, um chimarrão Cquote2.svg
Mulher do João Amorim sobre maconha
Cquote1.svg Mãe, acorda mãe! Cquote2.svg
Filha dela sobre mulher caída com um tiro na testa
Cquote1.svg Você matou a minha mulher e namora a minha filha! Cquote2.svg
João Amorim sobre como ser trouxa
Cquote1.svg Não, meu amor! Cquote2.svg
Mulher do João Amorim sobre qualquer coisa

Lucimara, Mulher do João Amorim ou simplesmente Fulana do "...Ai!" é uma atriz (anteriormente e atualmente desempregada) que atuou no filme catarinense Obrigado a Matar, onde o protagonista (que é seu marido) tem a casa invadida por atores do Brazzers que queriam filmar um Porno com ela, só que como ela recusou, tiveram que matar a tal.

Biografia[editar]

A Mulher do João Amorim, cujo nome verdadeiro suspeita-se que "seje" Carla Perez devido à inteligência transmitida por suas falas, viveu uma infância conturbada, em que ela brincava de "Policial e Ladrão" com o uso de estilingues, e como ela gosta de ser a vítima, sempre levava Bilada pedrada na cara, o que criou um vício incontrolável em que consistia em levar sempre um pedrada (ou bilada na adolescência) na testa e gritar "Ai". O caso se agravou depois de ela ter visitado o Rio de Janeiro e ter levado um tiro na testa; agora em vez de ela levar bilada pedrada, agora ela leva gozada tiro.

Em 2004, depois de ter bebido muito Dolly com o seu marido João Amorim, ela foi convidada para participar de um filme Porno. Ela e o tal do Amorim reuniram a família e convidaram todos para participar da obra de arte, um filme que custou apenas 54 reais.

O filme[editar]

O momento em que a terra parou: um grito que nem a Bichona Gritona conseguiria fazer

O filme começava assim: A filha do casal voltava de um passeio no Beto Carreiro World. Como estava tudo dando certo, a Mulher do João Amorim oferece uma maconha disfarçada de chimarrão. Aí o tal do João ficou falando como ele amava aquela família. Ele e sua maldita boca... do nada uma gangue de Gaúchos invadiu a casa dele, procurando por cassetinhos para sentar em cima. Como o João Amorim era um exemplar Pai de Família ele lutou contra os bandidos, matando na hora um usando o Punho Supremo de Asura.

Infelizmente, ele levou um tiro (sendo que é possível escutar dois) no peito. Cquote1.svg Acaba com ele meu!Acaba, acaba com ele! Cquote2.svg
Gaúcho sobre Matar João Amorim.

Ele cai no sofá (rasgado de tanto peidarem nele), com um ferimento que mais parecia uma amora esmagada. O tal do adorador de cassetinhos agarrou a Mulher de João Amorim e mandou ela tirar leite. Mas ela recusou, e o machão mandou Santana acabar com ela.

Aí o famoso bordão se repete

Cquote1.svg Ai! Cquote2.svg
Mulher do João Amorim sobre como gritar mais que o Cellbit

E morreu...

O chefe de Santana
O próprio santana
SURPRESA!

Depois do filme[editar]

Depois do término da produção do filme e ele ter sido lançado em todo o território brasileiro (exceto.. você já sabe) todos tiveram conhecimento da habilidade fantástica dela de poder gritar depois da morte, mesmo estando já nos braços da mãe. Com o lançamento do filme pra VHS e DVD, ele foi parar no YouTube depois que alguém achou no baú do vovô uma G Magazine e uma fita com uma frase em negro escrita Obrigado a Matar.

Depois de ver o filme e bater uma punheta pra filha crescida do João Amorim, o beltrano colocou por magia o VHS no PC, retirou com as mãos o conteúdo da fita e postou no YouTube, tudo isso as Oito e Sete galera!

Instantaneamente e irrefutavelmente o vídeo se tornou sucesso nacional, sendo a base de muitos YTPBRs por aí (veja abaixo).

Vídeos relacionados e spin-offs[editar]

Loser 2.JPG

Mulher do João Amorim já morreu!

Mulher do João Amorim wa mou shindeiru

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno