Mulheres de Areia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Êta Mundo BomBoogie OogieJoia RaraFlor do CaribeLado a LadoA Vida da GenteCordel EncantadoCama de GatoParaísoNegócio da ChinaO ProfetaAlma GêmeaCaboclaChocolate com PimentaCoração de EstudanteA PadroeiraEstrela-guiaO Cravo e a RosaMulheres de AreiaFelicidadeFera RadicalBambolêA Gata ComeuAmor com Amor se PagaParaísoMarinaCaboclaDona XepaEscrava IsauraVejo a Lua no CéuA MoreninhaHelena

TV pós-Globo.

Este artigo é sobre mais um programa de tortura televisiva. Salve-se mudando para o Canal do Boi, ou leia sobre mais essa desgraça da TV.

Nem quando Ruth faz algo com a intenção de se foder ela consegue fazê-lo.

Cquote1.png Você quis dizer: Ruth e Raquel Cquote2.png
Google sobre Mulheres de Areia
Cquote1.png Experimente também: Se Jogar Num Precipício Cquote2.png
Sugestão do Google para Mulheres de Areia
Babel fish.gifTraduzindo: Novela do Caralho
Babel Fish sobre Mulheres de Areia
Cquote1.png Empurra ela, empurra o carro dela, empurra.. ISSO! A RAQUEL MORREU!!! Cquote2.png
Sua Sogra sobre a cena que a Raquel morre
Cquote1.png OMG, in-v-ntaram mesmo eça merda? Cquote2.png
Computeiro sobre Mulheres de Areia
Cquote1.png YA RLY, parece q ñ, mas in-v-ntaram sin! Cquote2.png
Outro computeiro sobre comentário acima
Cquote1.png A Ruth ficou com o Marcos, o Alemão e o César e eu só fiquei com o Wanderley, e depois eu é que sou a safada???? Cquote2.png
Raquel sobre Ruth

Mulheres de Areia foi uma novela (ou melhor dizendo, tortura televisiva) que a rredi grobu exibiu em 1993 e que deveria substituir Felicidade, mas no lugar estreou Despedida de Solteiro, pois Glória Pires embuchou e teve de tirar licença-maternidade (indo no chutômetro, pois estou com preguiça de confirmar isso em fontes fiáveis [carece de fontes]).

Sinopse[editar]

Uma mulher, Ruth, tem uma irmã, Raquel. Um monte de bostinha acontece na novela. Aí a Raquel tá dirigindo uma Caravan velha quando chega um personagem em um Monza velho, bate na Caravan velha, e a Caravan velha cai no precipício e explode. A Raquel se fode. A Ruth continua vivendo sua vida.

Personagens[editar]

A Ruth[editar]

Uma fodida, que é gostosa. Ela se finge da santinha, de pura, mas já provou mais rola que a irmã: foi a do César, a do Marcos, a do Tonho da Lua, a do Alaor, a do cavalo branco do Alaor, o Atrevido... (até o Atrevido se atreveu)

A Raquel[editar]

Uma mulher malvada igualmente idêntica à Ruth. uma puta gostosa que ficava dando p/ praia inteira até roubar o namorado da própria irmã

O Marcos[editar]

Um corno babaca que ficava abafando as gaias que levava da Raquel.

Tonto Tonho da Lua[editar]

Um viado demente mental muito respeitado.
Bordão: "A Rutinha, a Rutinha..."
É o pior da novela. Esse autista FDP vive tentando ser inocente , mas na real esse doente vive batendo uma 5 p 1. Só um doente forever alone punheteiro, só isso.

Alzira[editar]

Uma doidinha que queria dar pro Tonto Tonho a qualquer custo, mas o Tonho não queria comer ela pra não nascer mais um doidinho.

A Malu[editar]

Uma piriguete grã-fina metida a besta.

Alaor[editar]

Um Caubóiola.

Seu Donato[editar]

O padrasto de Tonho da Lua, um bandido fodido que quer comer se casar com a enteada. Ele é um peixeiro do Rio Tietê que vai tomar banho com bastante alvejante para ver se tira a cara mal-lavada de safado que ele tem.

César[editar]

Um cara que meteu enganou a Ruth, mas levou um pé na bunda da Arlete e matou a Raquel.

Vanderley[editar]

Um tremendo 171 que meteu muito na Raquel.

Virgílio Assunção[editar]

Um cara que foi assassinado por um espantalho.

Tônia[editar]

Uma vagabunda jovem trabalhadora que deu pro Virgílio.

Clarita[editar]

Uma gaieira safada.

Juju[editar]

Uma fofoqueira velha que tem fogo na perereca.

Sampaio[editar]

Um velho metido a galã que queria comer mulher mais nova na vida real ele era gay mas já morreu

Carola[editar]

Uma vadiazinha que bancava a boazinha mas que sempre encobria as safadezas de Malu, ela provocava Malu fazendo boquete dando em cima do Alaor, mas no fundo ela adorava chupar o pau dele.

Andreia[editar]

Uma puteira de 5ª desqualificada que queria casar com Marcos, mas que se casou com um velho da pica caída só pra comer o dinheiro dele e se fodeu porque o velho é avarento e botou ela no cabresto.

Arlete[editar]

Uma coitada que adora coroas como César e Sampaio. ela terminou a novela com o Sampaio, mas sempre ia ao apartamento do César.

Alemão[editar]

Um homem nojento da barba cheia de catota que meteu tem um romance com a mulher de Virgílio.

Dr. Munhoz[editar]

Um cara que batalhou pra comer se casar com a Tônia mas não conseguiu nem chupar a boceta dela, mas isso não o abateu porque ele é gay na vida real.

Seu Floriano[editar]

Um pescador velho e homossexual enrustido que acha que é corno, mas todos sabem que Isaura nuca o trairia porque ela é muito mais velha que ele feia mas bem que ela poderia traí-lo porque transa gostosinho.

Isaura[editar]

Uma prostituta velha que é ruim como o cão porque não arranja macho e que tenha seduzir os telespectadores com os faróis acesos roupas com tecidos equivalentes a o tamanho de uma luva.

Chico Belo[editar]

Que não tem nada de belo.

Zé Pedro[editar]

Um velho gigolô nojento que prostitui a própria filha.

Reginho[editar]

O Zé Pedro é o cafetão da Tônia e ele é o cafetinho, morrreu apos dar o rabo no rio e pegar mais de 100 DSTs dos peixes.

Manuela[editar]

Uma fofoqueira velha.

Celina[editar]

Suposta Irmã do Alaor, o caubóiola, mas ela está mais pra avó dele,.

Marujo[editar]

Um cara maneta que queria matar um tubarão que comeu o cu dele e não pagou o braço dele.

Servilho[editar]

O corno manso da prainha, ele aceitou a mulher de volta depois dela ter passado o rodo na prainha inteira e abençoado pelo Jesus negão.

Garnizé[editar]

Um velho tarado que queria comer se casar com a Manoela.

Atrevido[editar]

O cavalo branco do Alaor que já comeu a Rutinha.

ETC...[editar]

Trilha Sonora[editar]

  • Lançada nos formatos CD, LP e K7 pela Som Livre, dividida em nacional e internacional. A trilha internacional, a princípio, não deveria ter saído, por decisão da própria Ivani, que no final contudo acabou cedendo.

Nacional[editar]

Capa: Ruth na frente e Raquel no verso, e o fundo tem a cor cinza.

  1. Ai Ai Ai Ai Ai - Ivan Lins
  2. Pensando em Minha Amada - Chitãozinho & Xororó
  3. Sexy Iemanjá - Pepeu Gomes (abertura)
  4. Encontro das Águas - Maurício Mattar
  5. Caminhos Cruzados - Gal Costa
  6. Ovelha Negra - Os Fantasmas
  7. Paraíso - Mariana Leporace
  8. Down - T Set Squad
  9. Toque de Emoção - Joanna
  10. A Vida é Festa - Banda Beijo
  11. Desafios - Simone
  12. Figura - Orlando Morais
  13. Fantasia Real - Biafra
  14. Gîtã - Raul Seixas
  15. Dirty Game - Easy Rider
  16. Voyager - Franco Perini

Internacional[editar]

Capa: Marcos, e o fundo tem cor de argila.

  1. Easy - Faith No More
  2. Sweat (A La La La La Long) - Inner Circle
  3. Bed of Roses - Bon Jovi
  4. (Do You) See the Light - Snap!
  5. Let it Be Me - Ouriel
  6. Close Encounters - Clouseau
  7. Forever in Love - Kenny G.
  8. Bad Bad Boys - Midi, Maxi & Efti
  9. Wild Thing - Tone Löc
  10. Simple Life - Elton John
  11. Looking at my Girl - Double You
  12. No Ordinary Love - Sade
  13. Latin Motion - Frank Shadow
  14. Groovin' in the Midnight - Maxi Priest
  15. The Colour of the Risk - Franco Perini

Tema de abertura[editar]

À noite vai ter lua cheia
Tudo pode acontecer
À noite vai ter lua cheia
Quem eu amo vem me ver

Venha ver com o mar
O luar, o solar
É o amor que me incendeia
Vou sair de mim
Leve como o ar
E agradar minha sereia

Se ela me chamar
E quiser me amar
Eu vou, vou, vou
Sexy Iemanjá
Tudo a ver com o mar
À noite vai ter lua cheia