Níquel

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Massacration.jpg Este artigo é metálico!

Ele é revestido ou banhado a algum metal ou liga que se encontra na tabela periódica. Se você corroer este artigo, Mordekaiser vai exterminá-lo!

Cquote1.png Ni, Niii! Cquote2.png
Cavaleiros que dizem Ni sobre Níquel

Níquel é um famoso elemento químico e metal de transição. Como é um dos principais componentes de espadas e venenos, é um elemento velho conhecido da humanidade.
Níquel clique aqui também pode ser um membro do Cronus Emulator, um emulador de ragnarok.

História[editar]

Uma moeda de níquel. É infalsificável.

O níquel já era conhecido a muito tempo atrás, quando os povos do século IV a.C. chamavam-no de cobre branco e usavam o mineral para fumar pilha. Metal difícil de ser trabalhado, era componente das mais raras espadas, escudos, armaduras, dildos e outros itens medievais. Frequentemente era falsificado como "prata", pois até na antiguidade existia os mercadores afim de passar otários pra trás.

O nome níquel é uma homenagem ao criador do metal, o diabo kupfernickel. Na verdade foi um apelido carinhoso que os ferreiros deram ao metal que era impossível de ser fudido.

O níquel desde sempre foi muito explorado, porque sempre na história haviam buchos a serem furados por espada.

Características[editar]

O níquel é um metal branco, condutor de eletricidade e calor, magnético, duro, heterogêneo, heterossexual, resistente a corrosão e sabor azedo.

Aplicações[editar]

Como qualquer metal do quarto período da tabela periódica, só serve para compor ligas metálicas de aço inoxidável e ter inveja da popularidade do ferro.

Também faz parte das composições de baterias recarregáveis, ímãs, cortadores de unhas e alfinetes da Lituânia.

Uma das grandes atribuições do níquel é seu uso na cunhagem de moedas, por ser um metal difícil de dobrar e falsificar.

Papel biológico[editar]

Biologicamente o níquel é tóxico ao ser humano, se ingerido ou analado pelo ânus, causa apatia, diarréia, dengue, dores no pênis ou vagina, febre, insônia, náuseas e morte súbita, por isso nada de comer moedas.

Apesar de tóxico para humanos, o níquel é essencial para alguns organismos, como por exemplo aos mafagafos que necessitam de níquel para fazerem as trocas enzimáticas de seus fígados, para serem capazes de digerir até ácido sulfúrico.