Número negativo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Relógio nerd.JPG
Nerd 385x261.jpg

Este artigo é relacionado à matemática.

Newton aprova este artigo, mas seu cálculo reprova.

Não confunda combinação com arranjo!

Cquote1.png Meu saldo bancário. Cquote2.png
Você sobre Número negativo

Cquote1.png Deu menas sete, fessora. Cquote2.png
Joãozinho sobre Número negativo
Cquote1.png O quê? Cquote2.png
Carla Perez sobre Número negativo
Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Número negativo

Tabela de conteúdo

[editar] História

Tudo começou em Roma. Eles, acostumados a usar I, XII, DCLXVII, MDCCCLXVIII e outros, estavam preocupados com o trabalho que era para fazer todos esses números no papel. E mais importante ainda, tinha gente que emprestava mais grana do que tinha, e não pagava depois. Simplesmente porque os romanos não sabiam usar o maldito do - para representar que estavam devendo algo. Para eles, tudo terminava no zero e já era.

Schrödinger pode estar certo, mas você não aprende sobre Schrödinger na quarta série, não é?

Como os judeus estavam se ferrando demais com isso, resolveram mudar o jeito de se fazer os números, e assim criaram o sistema indo-ariano indo-arábico de contagem, no qual consistia de usar números como 1, 2, 3.... E mais importante ainda, criaram um risquinho, que vai antes dos números, para representar que aquilo não representa necessariamente dinheiro no bolso, mas sim, o quanto terá que pagar para evitar de ir ao SPC.

A invenção dos judeus revolucionou o mundo. Facilitou os cálculos, fazendo com que as filas nos bancos diminuíssem de dois dias de espera para apenas um, e que um monte de gente ficasse com o saldo negativo na mercearia, no banco, na loja, no armazém, entre outros.

[editar] Utilizações

Atualmente, os números negativos são utilizados em cálculos nos vestibulares, ferrando com a cabeça do pessoal (acha que se não colocar o sinal de negativo vão considerar sua questão?), dos engenheiros, para construir prédios que caem e equipamentos que não funcionam, e das donas-de-casa, para ver o quanto elas devem nas próximas 77 prestações da cafeteira.

São também utilizados como teste de detecção de gurias retardadas. Faça uma pergunta simples, como 5-(-5). Caso ela não saiba resolver este tipo de coisa, pode descer o chumbo.

O número também é comumente utilizado na sua conta de banco, vide o fato de que você nunca guarda nada, fica entupindo tudo em contas inúteis e ainda reclama do governo.

[editar] Exercícios de Fixação

Q. Mariazinha possui R$ 150 no banco, e deseja comprar uma camiseta no valor de R$ 200, à vista. Como ela conseguirá comprar a camiseta? A. Depende. Se ela pegar R$ 50 emprestado do banco, ficaria no primeiro dia com R$ 50 de saldo negativo. Depois, no outro mês a dívida seria de R$ 120. Já que ela não tem dinheiro para uma camiseta, deduz-se que não tenha a capacidade de pagar os juros, entrando no SPC rapidamente.

Cquote1.png Eol sei como diminuir esse número bem facim rsrs, só coloka o risquinho antes, daí a fessora nem vai perceber rsrs Cquote2.png
Guria retardada sobre questão aleatória de Matemática

Q. Qual a raiz quadrada de -9?
A1 (criança inteligente). Non sei XD.png
A2 (guria retardada). 81
A3 (n00b). ±3
A4 (engenheiro retardado). 3i
A5 (engenheiro elétrico). 3j
A6 (matemático aplicado). ±3i
A7 (matemático puro). Existem duas soluções distintas

[editar] O mistério do traço

Geralmente o traço do negativo (–) é vítima de confusão com o travessão (—). Tal confusão faz com que garotinhos pagando de espertos tenham problemas para:

  • Programação, quando vão copiar o código de algum lugar na internet;
  • Cálculo, quando vão pegar da internet o resultado da questão para se dar bem no trabalho;
  • Quando vão passar o email para aquela gordinha gatinha;
  • Outras nerdices afins.
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas