Número negativo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bigpi.png
Viabha.png

Este artigo é relacionado à matemática.

f(x)=f(a)(x-a)^0+\frac{f'(a)(x-a)^1}{1!}+\frac{f''(a)(x-a)^2}{2!}+...+\frac{f^{(n)}(a)(x-a)^n}{n!}={\color{red}\mathsf{AAAAAAA!!!}}

O "^" da calculadora significa "potência".

Cquote1.png Meu saldo bancário. Cquote2.png
Você sobre Número negativo

Cquote1.png Deu menas sete, fessora. Cquote2.png
Joãozinho sobre Número negativo
Cquote1.png O quê? Cquote2.png
Carla Perez sobre Número negativo
Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Número negativo

Tabela de conteúdo

[editar] História

Tudo começou em Roma. Eles, acostumados a usar I, XII, DCLXVII, MDCCCLXVIII e outros, estavam preocupados com o trabalho que era para fazer todos esses números no papel. E mais importante ainda, tinha gente que emprestava mais grana do que tinha, e não pagava depois. Simplesmente porque os romanos não sabiam usar o maldito do - para representar que estavam devendo algo. Para eles, tudo terminava no zero e já era.

Schrödinger pode estar certo, mas você não aprende sobre Schrödinger na quarta série, não é?

Como os judeus estavam se ferrando demais com isso, resolveram mudar o jeito de se fazer os números, e assim criaram o sistema indo-ariano indo-arábico de contagem, no qual consistia de usar números como 1, 2, 3.... E mais importante ainda, criaram um risquinho, que vai antes dos números, para representar que aquilo não representa necessariamente dinheiro no bolso, mas sim, o quanto terá que pagar para evitar de ir ao SPC.

A invenção dos judeus revolucionou o mundo. Facilitou os cálculos, fazendo com que as filas nos bancos diminuíssem de dois dias de espera para apenas um, e que um monte de gente ficasse com o saldo negativo na mercearia, no banco, na loja, no armazém, entre outros.

[editar] Utilizações

Atualmente, os números negativos são utilizados em cálculos nos vestibulares, ferrando com a cabeça do pessoal (acha que se não colocar o sinal de negativo vão considerar sua questão?), dos engenheiros, para construir prédios que caem e equipamentos que não funcionam, e das donas-de-casa, para ver o quanto elas devem nas próximas 77 prestações da cafeteira.

São também utilizados como teste de detecção de gurias retardadas. Faça uma pergunta simples, como 5-(-5). Caso ela não saiba resolver este tipo de coisa, pode descer o chumbo.

O número também é comumente utilizado na sua conta de banco, vide o fato de que você nunca guarda nada, fica entupindo tudo em contas inúteis e ainda reclama do governo.

[editar] Exercícios de Fixação

Q. Mariazinha possui R$ 150 no banco, e deseja comprar uma camiseta no valor de R$ 200, à vista. Como ela conseguirá comprar a camiseta? A. Depende. Se ela pegar R$ 50 emprestado do banco, ficaria no primeiro dia com R$ 50 de saldo negativo. Depois, no outro mês a dívida seria de R$ 120. Já que ela não tem dinheiro para uma camiseta, deduz-se que não tenha a capacidade de pagar os juros, entrando no SPC rapidamente.

Cquote1.png Eol sei como diminuir esse número bem facim rsrs, só coloka o risquinho antes, daí a fessora nem vai perceber rsrs Cquote2.png
Guria retardada sobre questão aleatória de Matemática

Q. Qual a raiz quadrada de -9?
A1 (criança inteligente). Non sei XD.png
A2 (guria retardada). 81
A3 (n00b). ±3
A4 (engenheiro retardado). 3i
A5 (engenheiro elétrico). 3j
A6 (matemático aplicado). ±3i
A7 (matemático puro). Existem duas soluções distintas

[editar] O mistério do traço

Geralmente o traço do negativo (–) é vítima de confusão com o travessão (—). Tal confusão faz com que garotinhos pagando de espertos tenham problemas para:

  • Programação, quando vão copiar o código de algum lugar na internet;
  • Cálculo, quando vão pegar da internet o resultado da questão para se dar bem no trabalho;
  • Quando vão passar o email para aquela gordinha gatinha;
  • Outras nerdices afins.
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas