N.O.

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Tomadinha do poder.jpg N.O. tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força
Cquote1.png Oh, N.O.!! Cquote2.png
Naota Nandaba, na dublagem americana de FLCL sobre N.O.
Haruko se preparando para ativar o N.O. em algum coitado.

O N.O. é uma força maligna do mal, aplicada quando algum instrumento musical atinge sua cabeça, sua barriga ou qualquer outra parte do seu corpo.

Ele costuma ser aplicado nos chamados canais de transporte, ou para ser menos óbvio, nos canais de N.O., onde é possível você transportar qualquer coisa que quiser, contanto que pague o frete.

O N.O. foi mais usado em FLCL, mas também aparece em outros animes como Naruto, com o nome de Kawarimi no Jutsu, ou Jutsu de transferência se você assistiu no SBT.

Como utilizar o canal de N.O.[editar]

Para usar o N.O., é preciso antes ativar o Ki, chakra, poder ou o escambau que seja na pessoa-alvo, aqui carinhosamente apelidada de cobaia.

Para tal experimento, precisamos passar por um curso ministrado pelos Mythbusters, pelo ministério da Cultura, peo FBI e pela OTAN, mas não precisa se preocupar, nós só fomos reprovados em dois: no da OTAN e no resto.

No primeiro experimento, utilizando um cavaquinho, atingimos a cabeça da cobaia. Apesar da hemorragia parecer grave, esperamos um pouco, já que demora para que o canal seja totalmente aberto. Depois de 45 minutos, obtemos uma balinha(ou bombom, bala, dependendo de onde você mora).

Apesar do resultado positivo, acabamos perdendo a droga da cobaia, mas isso não é problema, pois dispomos de um estoque cheio. E todos lembraremos da valente cobaia, que deu sua vida para melhorar nosso hálito.

Gente assim não funciona no N.O.

Assim, resolvemos mudar de arma para melhorar a eficácia, passando a utilizar um violão. Novamente atingimos a cabeça da cobaia, mas parece que essa cobaia é pior que a anterior, já que morreu na hora, impedindo a utilização do canal.

Amaldiçoando a droga da produção, que não deu nenhuma cobaia decente pra gente, passamos para a próxima tentativa. Aí, acabamos nos lembrando que é preciso que a cobaia deve ter um cérebro ativo para que o N.O. funcione completamente. Sendo assim, ninguém melhor que alguém macho e inteligente como você para isso.

Agora, a arma é uma guitarra elétrica, de tijolo forrado com concreto armado e espinhas nas bordas, só pra aquecer. Atingindo-o, nada de mal acontece, só um pouquinho de sangue, o que é normal. Uns segundos depois, saem um caminhão, o Faustão, uma TV de Plasma, todo o estoque da Polishop e mais uma porrada de coisa.

Você fica tão feliz com o que sai da cabeça que nem percebe o sangue que sangra. Na verdade, a gente acaba pegando as coisas que saíram e sai fora, enquanto você fica lá no chão.

Utilidades do N.O.[editar]

As utilizações do N.O. são mais conhecidas do que a posição de cagar. Mesmo assim, nós estávamos preparados para o caso de gente ignorante feito você.