Nação Zumbi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Nação Zumbi é a banda de Rock/Hip Hop/Bolero mais antiga da República das Bananas.

Origem[editar]

O surgimento da banda se deu no império, pelo então ministro dos quilombos Zumbi dos Pau-Moles.

Histórico[editar]

Uma foto recente da banda em turne da América do Nordeste

Zumbi dos Pau-moles era mais um amarelo desempregado da colônia portuguesa chamada Brasil. Zumbi nasceu na Argentina, num quilombo perto das Ilhas Maradonas, um arquipélago chefiado pelo PPCA - Partido dos Pinguins Cornos da Argentina. Embora tenha nascido nas Ilhas Maradonas, Zumbi fugiu para o Brasil na época da "Guerra das Maradonas" (Argentina, Ilhas Maradonas, Paraguai, Uruguai, Brasil e Surinami X Inglaterra, Paraguai e Goro do Mortal Kombat) por ter se recusado a vestir uma roupa de pinguim para lutar na guerra.

Zumbi e a Música[editar]

Arquivo:Michael-thriller-500.jpg
Fotografia exclusiva de Zumbi dos Pau-moles

Zumbi não gostava de música (Nação Zumbi é música?). Seus primeiros contatos com esta arte foram por meio do músico uruguaio Ludwin Amadeus de Villa-Lobos. Zumbi conheceu Villa-Lobos no meio da selva amazônica, quando este saíra para mais um de seus passeio acompanhado dos seus amigos Belchior e aquele padre maluco do balão. Com Villa-Lobos Zumbi aprendeu a fumar charuto e a ouvir "Man gay Bitch", tendência musical muito famosa entre os índios da tribo de Juanâ.

O surgimento do Nação Zumbi[editar]

Depois de passar um bom tempo tomando chimarrão e ouvindo os estalos da metralhadora do Rambo na floresta uruguaia, Zumbi dos Pau-moles convidou Belchior para criar uma banda que falasse do cotidiano dos caranguejos celestes. Depois de um curto período de tempo, a banda fez tanto sucesso que Villa-Lobos pediu para também tocar na banda, mas, como Belchior não autorizou sua entrada, Villa-Lobos resolveu tocar violão numa banda de brasília chamada Legião Urbana.

Roberto Carlos e Nação Zumbi[editar]

A recente história uruguaia descobriu que o Rei de alguma coisa Roberto Carlos e Zumbi dos Pau-moles não se davam muito bem. Segundo os documentos históricos, Robertinho queria levar a banda para tocar para uns amigos seus - Robin Wood, Clodovil e Rambo, que viviam na floresta de uruguaia, contudo não obteve êxito porque não conseguiu um empréstimo na C&A, já que, por força dos seus miraculosos gastos com meretrizes uruguaias, seu nome estava negativado no SPC (Só Pra Contrariar), e assim não pôde arcar com as despesas do evento.

Disco de Estréia[editar]

Da Cama ao Laos

  • Caranguejo Maldito
  • Caranguejo e a maré
  • Tios, Galhas e Overguejos
  • Caranguejo e as crianças
  • Another Brink in the Caranguejo
  • In Caranguejo
  • Eu só queria que o caranguejo estivesse aqui
  • A orgia do Caranguejo
  • Come you and caranguejos

Demais Discos[editar]

Afroorgia


  • O Cagalhão do Mundo
  • Et-nia
  • Que lombo Grande
  • Macô-nha
  • Um Passeio no Mundo Biba
  • Samba atrás
  • Maracatu Atômico
  • O Encontro gay de Issac Asimov com Santos Dumont no réu
  • Corpo de Porra
  • Sobremesa, Sobmesa e ao lado da mesa
  • Manguepau
  • Um Satélite na Cabeça do meu Pau
  • Cuzão Ambiental
  • Sangue de Barro
  • Enquanto o fundo Explode
  • Intergrude Zumbi
  • Criança de Domingo (Pedobear remix)
  • Amor de Pouco
  • Samidarlisho
  • Maracatu Atômico (Atomic Version)
  • Maracatu Atômico (Ragga Mix)
  • Maracatu Atômico (Trip Hop)
  • Mracatu Atômico (Emo Version)
  • Maracatu Atômico ([[Sertanejo Version)