Nada Dura para Sempre

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Escravidão Cquote2.png
Google sobre Trabalhar no Embarbacadero

Notihng Lasts Forever ou na tradução tosca brasileira, Nada Dura Para Sempre é um livro muito louco de um escritor mais louco ainda, o Sidney Sheldon. Conta a história de 3 Gostosas médicas que vão tentar a vida em São Francisco, no hospital Baba de Carneiro.

Começo dessa História[editar]

Tudo começa num julgamento, onde a Page Taylor (lembrem o nome dessa guria, ela é importante), onde está sendo julgada por matar um mlionário por Eutanásia pra receber uns milhões de dólares que ele deixou pra ela em Testamento, onde nesse julgamento rola o maior Barraco entre os advogados. No final do prólogo tudo parece perdido para Page..mas como dizia Josef Klimber, A vida é uma caixinha de surpresas..

No Lindo Hospital..[editar]

O capítulo começa descrevendo o maravilhoso hospital Embarbacadero, que na verdade na descrição do autor não passa de um prédio todo fodido, digno de um hospital público brasileiro, onde por fora está caindo aos pedaços, mas por dentro é uma verdadeira mini-cidade, com mais de 5 mil médicos e enfermeiros e com pessoas arrebentadas nas enfermarias todo dia, e nesse caos infernal assumem junto com um grupo de estagiários novos médicos residentes, e nesse grupo, estão as três mulheres que vão encher o saco da gente nessa história:Paige Taylor, Betty Lou Taft ( carinhosamente tratada como Honey) e Kate Hunter (ou seja, Gata Kat)..

A História de cada uma[editar]

Essas histórias são nada muito importantes para entender o porque elas queriam estudar medicina.

Kat: Kate é uma uma linda menininha negra que perdeu o papai aos 8 anos, e sua mãe o substitui por um padrasto pedófilo. Sim, e quando sua mãe a deixava sozinha, seu "papai substituto" ia no seu quarto e dizia:Você tem uma boceta pequena e eu quero come-la e a abusava e falava:Se contar ao sua mãe, mato seu irmão, e então aos 13 anos ela tentou contar a mamãe, mas o que levou foi uma bofetada na cara e um aviso:Fale como uma puta de novo e eu te arrebendo!..mais um ano se passou e ela engravidou do padrasto..ela fugiu de casa, e foi morar com a tia onde arranjaram um aborto pra menina, e sua vida continuou feliz, até que decidiu ser médica aos 17 anos..contando assim é até muito simples, e parece díficil entender como ela não virou uma pscopata de dupla personalidade devido ao trauma de infância com o papai postiço.

Page: Page Taylor era uma menininha que vivia andando pelo mundo com seu pai na Cruz Vermelha. Um dia conheceu um cara chamado Alfred, onde começaram a namorar e falavam que iam se casar e aquelas mentirinhas de adolescentes. Page decidiu ser médica, igual a Alfred, onde ele ia trabalhar na Terra do Apartaheid e Page fazia faculdade em Chicago. Ela esá esperando até agora esse maluco voltar para se casaram..ela é a única que teve uma vida Normal nessa história.

Honey: Essa aí é uma bela putinha que vive à base de sexo. Ela não é Ninfomaníaca, mas como ela é burra e vive na asinha do papai tentando agradar ele, e nunca gostou de medicina. Quase tudo na vida ela ganhou transando com professores e qualquer um que estivesse no meio das suas intenções. Mas ela teve que Picar a mula de onde morava por transar com um pastor que se matou por trair sua esposa. Uma hora ela ia acabar Ferrando toda aquela porra.


O Começo do Trabalho no Hospital[editar]

Elas eram as únicas mulheres no grupo. Ou seja, as tornava alvo de Bulinadas preconceito e de Cantadas infalíveis. Todos os residentes eram obrigados a serem escravos trabalharem com rondas e ainda fazer plantão depois depois dissso, o que dá mais de 36 horas de trabalho!. Além disso sempre tem pacientes chatos, e médicos idiotas mais chatos ainda. Pge e Kat sempre trablhavam muito bem apesar da servidão eterna, mas Honey era uma negação, era burra e não acertava um diagnóstico. Apesar de tudo, alugaram um apartamento minúsculo, onde se comunicavam a base de bilhetinhos pregados em algum lugar que o autor não diz.

Os "Causos" que aconteciam com as meninas[editar]

  • No meio das Rondas exaustivas sempre acontecia umas merdas, como o caso das Testemunhas de Jeová que não queriam doar sangue para um parente deles, e Kat disse que daria sangue de Porco ao maluco, e então aceitaram doar..ou seja um Troll Master pra esses otários. Assim ela conseguiu que a enfermeira chefe racista demontrasse respeito por ela. Modo complicado de mostrar respeito hein...
  • Kat estava em mais um plantão infernal, quando Lou Dinetto chegou com um capanga seu ferido. Quem é Lou Dinetto? é só um mafioso que tinha acabado de ser "inocentado" de um processo, e tinha batido o carro e seu capanga havia se machucado, e qual o hospital mais perto que havia ali? o Embarabacadero!..logo Kat teve que atender ele e parece que fez bem que Dinetto lhe deu 100 pila pra ela, mas recusou. Dinetto gostou dela e achou que ela poderia ser útil em serviços dele.. (pra mais informações, continue lendo essa história)
  • Honey é muito burra. Ela errava tudo que é diagnóstico. Ela estava pronta para ser chutada do hospital. Quando foi testada em uma ronda, ela acertou todos os diagnósticos. Ela se manteve no emprego. Mas teve que Agradecer ao ajudante do doutor que lhe deu as respostas dos diagnósticos. Outro Troll Master.
  • Page odiava o doutor 00-7..porque esse nome? bom..ele foi apelidado de 00-7:Licença para matar..ele o médico que mais tinha operações no hospital, e também o que mais matava. Era uma espécie de açogueiro com faculdade. Num belo dia, Page foi assistente em uma de suas operações. Além de porco, ele passava cantada horrorosas em todas as meninas novatas. Inclusive ela. A operação era pra retirar um rim..a operação ocorreu bem..mas quando ela terminou, Page foi olhar a radiografia e Puta que pariu!..a radiografia estava ao contrário! o idiota removeu o rim errado!..Pge foi abrir o bico com o diretor do hospital e disse que não podia fazer nada..alguams hora depois o 00-7 disse a ela:Você tem que aprender a ficar de bico fechdo..quando ela foi embora, os pneus de seu carro estavam furados..que sinistro hein...

Continuando essa história[editar]

Junto com esses dias exaustivos e essas sacanagens que aconteciam acima, tinha muito mais problemas que aconteciam com elas. Kat tinha o irmão Mike, que vivia metido em Atividades suspeitas, num dia, Mike ligou para Kat pedindo dois mil. Kat não tinha dinheiro, mas dois dias depois Mike ligou pra ela dizendo que o senhor Dinneto (falei que ele ia voltar) pagou o que ele devia. Logo kat foi atrás dele, e Dinetto disse que uma mão lava outra..se é que me entendem..Kat virou uma espécie de médica dos capangas feridos do Dinetto..toda vez que se fodiam se machucavam, ela tinha que atendê-lo. Como já disse,Page tinha um namoradinho que estava na África do Sul, e ela espera sua volta a anos..e quando finalmente chegou o dia, ela fez festinha e tudo... e quando ele voltou no dia..ele chegou..com uma mulher!