Namor

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Montfortpoulpe.jpeg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.

Namor e seu novo terno de um porrilhão de dólares

Cquote1.png Você quis dizer: Namorado Cquote2.png
Google sobre Namor
Cquote1.png Primo!!! Cquote2.png
Aquaman sobre Namor
Cquote1.png Exterminávamos muitos nazistas juntos...bons tempos. Cquote2.png
Capitão America sobre Namor
Cquote1.png Vamos acabar com ele! Cquote2.png
Quarteto Fantástico sobre Namor

Namor.gif

Namor, também conhecido como Príncipe Submarino e Senhor dos Mares é um dos super-heróis mais antigos da Marvel Comics, criado em 1939 por Bill Everett. Aliás, quando surgiu ele era vilão e uma baita porcaria. Então, Stan Lee modificou sua história e como tudo que ele inventa dá dinheiro, deu certo (mas que continuou uma porcaria, continuou).

Origem[editar]

Um pouco antes da Segunda Guerra Mundial, um navio cargueiro em viagem pela Antártida detonou alguns explosivos no mar para facilitar sua passagem.

Sem querer querendo, os explosivos acabaram atingindo a antiga civilização de Atlântida, que acabou sendo parcialmente destruída. O imperador atlante, Thakorr, como era muito medroso e vagabundo para subir à superfície e verificar por conta própria o que estava acontecendo, manda sua bela filha Fen fazer isso por ele. A princesa obedece e acaba se apaixonando pelo marinheiro Leonard McKenzie, que não é besta de recusar uma gostosa daquelas e casa com ela só para transarem. Logo depois, Fen leva o marido para conhecer Atlântida, mas um homem ganancioso segue o casal e explode o reino em busca de uma relíquia lendária.

Fen e McKenzie conseguem escapar, mas bem no momento em que se abraçam surge Thakorr e mata o genro, pensando que ele foi o responsável pela explosão, deixando assim a filha viúva e grávida de uma criança que ela batiza de Namor, que significa porra nenhuma filho vingador.

Vilão[editar]

Namor como capa da G Magazine

Namor cresceu com muito ódio dos humanos por ter ouvido sempre com grande exagero sobre tudo o que eles fizeram para os atlantes e por presenciá-los sempre poluindo o oceano. Então, quando começou a Segunda Guerra Mundial, Thakorr enviou o neto para que lutasse contra os humanos antes que eles causassem novos estragos em Atlântida com seus navios de guerra. Namor faz o que o velho mandou e compra briga com o Tocha Humana, mas acaba sendo convencido por uma mulher militar (depois de comê-la, claro) que nem todo ser humano é malvado.

Então, Namor acaba sendo convencido de que os vilões são os nazistas e os japoneses e une-se ao Tocha Humana para derrotar Adolf Hitler e outros meliantes. Mas passado isso, Namor voltou a ser um filho da puta e passou a azucrinar a vida do Quarteto Fantástico inteiro.

Poderes[editar]

Fisiologia anfíbia, força, velocidade e resistência sobrehumanas, voo, durabilidade e longetividade (copiei da Wikipédia). As habilidades de Namor são parecidas com as de uma sereia (hum, boiola!), já que ele é um ser aquático que parece uma pessoa, mas ao invés de ser meio peixe ele é meio anfíbio. Como raios ele voa? Ora, ele tem asas nos pés! Sim, Namor é uma aberração.

Herói[editar]

Namor virou herói do jeito mais idiota possível: salvando outro herói. Ele simplesmente jogou água e derreteu um bloco de gelo onde o Capitão América estava preso.

Namor então foi promovido a membro honorário dos Vingadores junto com o Hulk.

Antes que ficasse broxa, Namor decidiu casar, e apesar de ter um monte de primas bonitas querendo ser suas esposas, ele escolhe logo a Mulher Invisível, que já é comprometida com o Senhor Fantástico. Desde então, toda mulher que se envolve com ele morre, assim como acontece com o Demolidor.

Galeria[editar]

Ver também[editar]