Nanuque

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Carroca1.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!


Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Nanuque.
Nanuque "NanasNanouNanas" "Buraco quente" "Capital do Três Infernos" "Vale da Brasa"
Bandeira nanuque mg.JPG
Bandeira
Quente todo dia, Bahia não!
Hino Sou mineiro uai, baiano é teu pai, Sou mineiro sô, capixaba é teu avô
Local link={{{3}}} Minas Gerais Interior de Minas Gerais Brasil
Idioma Caipira, caipira-mineiro
Geografia
Clima Bipolar e Insuportável
Locais de Referencia Se joga do Fritz, Ferva no Bueno, Afunde no Mucuri
Economia Lojas arranca-couro de pobre, Turismo das pedras quentes, Tráfico de Drogas, Prefeitura
Produtos Exportados Açúcar cana brava e álcool, Carne de boi e de vaca (duplo sentido) Nanuquenses imigrantes
Política
Governo
Nuvola apps core.png
PT Partido Tirano
Atual Prefeito
Nuvola apps core.png
Ramona Ferrada - PSL
Vice-Prefeito
Nuvola apps core.png
Laranja Lima - PT
Mídia
Cidadãos Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Mônica Veloso
Esporte Símbolo Ir ao calçadão
Santo Local Nossa Senhora da Boa Viagem

Cquote1.png Você quis dizer: Na nuquera Cquote2.png
Google sobre guia turístico de Nanuque
Cquote1.png Você quis dizer: Fofoca Cquote2.png
Google sobre Nanuque
Cquote1.png Você quis dizer: Nariz em pé Cquote2.png
Google sobre Nanuque
Cquote1.png Experimente também: Panela do capeta Cquote2.png
Sugestão do Google para Nanuque
Cquote1.png Chuá! Cquote2.png
São Pedro sobre Nanuque
Cquote1.png Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedraaa á Cquote2.png
Pitty sobre a fofoca em Nanuque
Cquote1.png Cidade de Flagelados Cquote2.png
Fátima Bernardes sobre Enchente em Nanuque
Cquote1.png Se Nanuquéquente, imagina na testa! Cquote2.png
Médico sobre Nanuque
Cquote1.png A cidade FERVE! O povo FERVE! É MARA! É MARA! Cquote2.png
Seu Ladir, prefeito emérito sobre Nanuque
Cquote1.png Tem uma pedra no meio da cidade, que o sol vai...CAUSTICANDO! Cquote2.png
Seu Ladir sobre Nanuque
Cquote1.png This is hot! Cquote2.png
Paris Hilton sobre Nanuque
Cquote1.png Me manda de volta pro inferno! Cquote2.png
Saddam Hussein sobre Nanuque
Cquote1.png Poeeeiraaaa, Poeeeeiraaaa Cquote2.png
Ivete Sangalo sobre o bairro UDR
Cquote1.png Pertence ao estado do Espírito Santo! Cquote2.png
Capixaba sobre Nanuque
Cquote1.png Sonha idiota! Cquote2.png
nanuquense sobre a insinuação do capixaba
Cquote1.png É Bahiaaa Cquote2.png
Restart sobre Nanuque
Cquote1.png Isso que dá não ensinar geografia e ensinar artes com purpurina Cquote2.png
nanuquense sobre os gays encubados acima
Cquote1.png É só isso, acabou, boa soortee! Cquote2.png
Vanessa da Mata sobre fim de Minas Gerais em Nanuque
Cquote1.png Opa Hot Style OP OP OP Cquote2.png
PSY sobre o lajedo quente de Nanuque
Cquote1.png O meu cartão foi bloqueado, e o meu limite tá estourado Cquote2.png
João Neto e Frederico sobre o bolso do nanuquense depois da Expoagro
Cquote1.png Vire a direita e siga em frente, Nanuque fica logo após a cidade de Tchotchózagem Cquote2.png
GPS indicando entrada pela BR-116
Cquote1.png Agora, vamos falar sobre pão-de-queijo! Cquote2.png
Ana Maria Braga sobre a culinária local
Cquote1.png Sou das Minas de Ouro, dos calores Gerais Cquote2.png
Paula Fernandes sobre o calor de Nanuque e de Sete Lagoas
Cquote1.png Helloooooo, adooooooooro esse povo ryyycoooo!!! Cquote2.png
Val Marchiori sobre Nanuque
Cquote1.png Minha cidade tem shopping! Cquote2.png
Cidadão de Teixeira de Freitas BA sobre auto-exibição
Cquote1.png Grande merda aquela galeria de quinta Cquote2.png
Nanuquense sobre a auto-exibição sul baiana
Cquote1.png Vou trabalhar aqui e ganhar bem quando crescer! Cquote2.png
Garoto de 10 anos sem Minoção sobre seu futuro na cidade.
Cquote1.png Deixa eu ir ali dar uma seringada Cquote2.png
Lívia Marini traficando as nanuquenses para Turquia
Cquote1.png Eu vejo muita pedra Cquote2.png
Turista olhando a cidade
Cquote1.png Se forma ai que você vai se fuder Cquote2.png
MEC sobre FANAN
Cquote1.png Esse povo é tão mesquinho e esnobe Cquote2.png
Capixaba desmerecendo a cidade
Cquote1.png O mesquinho e esnobe aqui é você capixaba invejosa, some daqui! Cquote2.png
Cidadão nanuquense revoltado sobre a frase do capixaba
Cquote1.png Oxi, dexa de sê indiota Cquote2.png
Baiano respondendo o capixaba sobre a frase
Cquote1.png A cidade é dentru dum buracão sô Cquote2.png
Mineiro não-nanuquense que fica abobalhado com a paisagem
Cquote1.png Buraco tem a tua mãe Cquote2.png
Nanuquense respondendo ao abobalhado
Cquote1.png A Pedra do Fritz é nossa! Cquote2.png
Baianos de Lajedão sonhando com algo impossível
Cquote1.png Cara, gostei dessa pedra maravilhosa fraga? Cquote2.png
Belo-horizontino encantado com o Bueno
Cquote1.png Cidade horrorosa, parece uma roça Cquote2.png
Teófilo-otonense sobre Nanuque
Cquote1.png Teoflotoni só tem morro favelado e fica falando bosta Cquote2.png
Nanuquense sobre a frase acima
Cquote1.png Põe esse saleiro ai naquela mochila.. Cquote2.png
Jorge Miranda ao seu acessor sobre levar tudo que podia antes de ser cassado
Cquote1.png O último que sair apague a luz!! Cquote2.png
Dr. Armando sobre o indecoroso processo de cassação
Cquote1.png O que é indecoroso?? Cquote2.png
Gordinho - o prefeito indio sobre comentario do prefeito cassado
Cquote1.png É tudo culpa minha!!! Cquote2.png
Dona Alfreda, professora que deu o diploma da quarta série ao prefeito-índio sobre o nível de aprendizado do seu aluno
Cquote1.png Muda seu voto, muda sua vida, Délio Rocha 14 ,Nanuque queridaa Cquote2.png
Carro de som sobre Campanha de Délio
Cquote1.png Que gesto lindo!! Cquote2.png
Inocêncio, sobre a candidatura filantrópica acima...
Cquote1.png Cadê o giz que estava aqui o índio pegou! Cquote2.png
professora escolar, sobre a corrupção indígena



Nanuque é uma cidadezinha de ricos metidos, mas também de muuuuuitos pobres e miseráveis esnobes do estado de Minas Gerais, pertencente ao Vale da Sucuri, próximo ao triângulo dos infernos MG-BA-ES, o pior encontro de raça humana e calor existente. Nanuquera também faz parte do Circuito Turístico das Pedras Quentes, cercada por lajedos de relepar os joelhos ao simples toque.

Nanuque é considerada a cidade mais metida de Minas e onde há mais fofoca entre os habitantes. O Ìndice de fofoca e de interesse em vidas alheias é tão alto entre os moradores que o município entrou no livro dos Recordes como a cidade mais esnobe e fofoqueira do mundo, não é à toa que faz divisa com o Espírito Santo!

Suas "línguas padrão" são a caipira-mineira, a baianeira, ou capixaneira, cada uma das linguagens são adquiridas através de seus familiares, se você nasceu em Nanuque e seu pai e mãe são mineiros, lá em Nanuque você fala caipira-mineiro, se for baiano então você fala baianeiro e assim sucessivamente, então não estranhe com o UAI MOÇO em cada frase, pra eles isso é extremamente normal, sem contar na linguagem dos imigrantes baianos que trouxeram o oxi e os capixaba que implantaram o POCANDO, por isso que por lá o calor poca viu moço,


Clima[editar]

Nanuquera tem o clima mais agradável bipolar do país. No verão, o Centro atinge temperaturas acima dos 100ºC, fritando os neurônios de quem por ali passa. Talvez por isso, a população só escolhe prefeitos que ferram com a vida dos mesmos. Muito diferente do Centro, a Vila Nova e o Israel Pinheiro, no verão marcam 6ºC abaixo de zero à noite, devido a altitude de 5000 metros, acima da região central. Esse povo que repousa nas cordilheiras residenciais são a nata da sociedade local. No inverno, o frio levemente leve, leva os nanuquenses a usarem jaquetas e mais 4 blusas com 20ºC de temperatura. Quando se chega aos 14ºC no mês de julho, metade da população morre, e se abaixar mais do que isso, era uma vez Nanuque, porque NanasNanou.

Nanuque no verão


Turismo[editar]

A cidade se diz turística, o que não é muita coisa, se você visitá-la no máximo subirá umas montanhas de pedra e vai tomar banho num rio cheio de valas. A maior atração do local é o calor, quem deseja fritar os neurônios é só dar uma passadinha por ali. Se você é mais radical e aventureiro, conheça as {{strike|ótimas} atrações do local.

  • Pedra do Fervendo Bueno: Local onde a população vai fritar os neurônios no fim da tarde.
  • Serra dos Aimorés: O que as antas moradoras da cidade acham que é a cidade vizinha, mas na verdade é a Pedra do Fritz.
  • Rio Sucuri Mucuri: Se diz o 5º rio mais rápido do mundo, talvez por isso a fofoca corre como foguete em Nanuque.
  • Ribeirão das Merdas Pedras: É longe, é feio, é ruim, é uma merda.
  • Rio PampãPampãmmm: Com nome de som de comercial de TV, o rio fica muito longe de Nanas, já na divisa com Carchaga, um fim de mundo.
  • Pedreira "Santa" Helena: Não existem santas em Nanuque, foi um equívoco o nome desse local.
  • Represa de "Santa" Clara: Pelo visto, tem tantas piriguetes na cidade, que tudo nela se chama santa. A represa é uma represa (óbvio), que faz divisa com a OxenteLândia, ou seja, Bahêeeea. Excelente para matar uma pessoa afogada, já que a profundidade chega 2000 metros huehue.
  • Ponte Magalhães Pinto: Com uma vista privilegiada para a Pedra do Fervendo Bueno, a ponte recebeu esse nome por conta dos bêbados que costumavam urinar em suas pilastras, tanto que a escada que levava os meliantes para debaixo dela foi demolida.
  • Calçadão da Caxambú: Lugar de esporte símbolo da sociedade nanuquense, é onde o povão que usa Lojão do 10 se une a alta classe que veste Prada para fofocar sobre a vida dos outros.
  • Lagoa dos Chifrudos Namorados. Lindo lugar, mas só tem chifrudo lá.
Lagoa dos Namorados vista do alto da Pedra do Fervendo


História

A Cidade de Nanuque foi fundada por sua vez no fim do século 19, com o sonho do então incompetente Tiófilu Bendito Otonnny, que sonhava com que Minas tivesse mar, assim foi erguendo-se por essas terras de ínidios aimorés e nanuques a Ferrovia Bahia e Minas, que ligava o fim do mundo a lugar nenhum, passando pelas então Cidade de "Tioflotoni", a de "CarChaga" e sucessivamente "Nanuquera" e Serra dos Ái môres que naquela época chamava NANUQUE! Mas Tiófilo não foi macho o suficiente e deixou a Bahia tomar as terras e chamá-las de SUL DA BAHIA, mas esse sul num conta a região de Porto Inseguro não, aquilo lá é Baiano mermo. O ruim é que agora não tem como Minas Geruais tomar, o povo feio da Bahia já tomou conta.

Como os baiano já tinham invadido do resto onde hoje se chamam Peixeira de Freitas e Joça na Mata, o jeito é fazer Nanuquera crescer, foi então que a fdp da Bralanda (Brasil-Holanda) destruiu toda a mata atlântica nativa, enriquecendo os bolsos de vários branquelos europeus. Foi assim que a cidade começou a crescer, as custas da madeira.

Se você quiser deixar um nanuquera nervoso, chame-o de capixaba, ele no mínimo te afogará no Rio Mucuri, mas se você o chamar de baiano, ai o trem vai feder de vez, pois ele irá raspar sua cabeça por entre as pedras que por lá são muito comuns. Nada de inventar um minexaba ou baianeiro, sempre o chame de mineiro, montanhês ou geralista, a não ser que queira morrer da pior forma possível!

Economia[editar]

Nanuque é a segunda cidade mais rica do Nordeste de Minas, o que não é muita coisa, já que o resto dos Vales da Sucuri e do Pobresonha só tem miséria. Nanuque tem tanto banco, que foi criado o programa "Meu banco, minha vida". O programa deu tão certo, que os prefeitos de Nanas e vizinhos dos arredores sempre mamam do benefício; compram fazendas, casas de praia, mansões na zona sul, e viagens pro exterior.

Prefeito de Nanuque levando sua pequena quantia diária para sua residência

Política[editar]

O sol parece queimar as células nervosas responsáveis pelo raciocinio humano no cérebro dos nanuquenses que insistem em colocar no mais alto pulpito da sua política (também chamada de merdocracia, devida a qualidade dos resultados das eleiçoes), pessoas com um alto preparo (leia-se quarta série ou ensino primário), o que ocasiona um crescimento economico inversamente proporcional a temperatura do local.

Comícios com discurssos ilusórios e muitas vezes sem nem mesmo o povo entender(loucos para mandar o candidato calar a boca e tocar logo o trio elétrico), a cidade parece ter entrado num ciclo eterno de caos, pois como os índices de "crescimento" populacional indicam, logo a cidade será composta de apenas 10 habitantes num futuro não muito distante. A rodoviária da cidade está sendo chamada de "a rodoviária do Adeus".

Devido aos altíssimos índices de industrialização, recentemente, o tetra-neto do Inglês Sean Miller, responsável pelo início da Revolução Industrial na Inglaterra no Século XVIII esteve presente na cidade dando sugestões para que seja implantada uma indústria têxtil primitivo-rudimentar no subúrbio, nos arredores da Esperançaville.


Outro detalhe marcante são as noites quase que desertas da cidade causadas pelo exodo estudantil ocasionado pelo alto nivel de qualidade do ensino superior na cidade.Uma curiosidade é o alto índice de mulheres vagabundas que tem casos com homens casados,se você ta sem transar é só ir a Nanuque, lá as mulheres são faceis. Quem pode estuda fora, quem nao pode tem que se contentar com um título de graduçao superior com nivel ginasial. O professor finge que estuda e o aluno finge que aprende, espécimes não tão raras como os veados sem falar nas topeiras... E como os que estudam fora não voltam para esse fim de mundo, os nativos formados por este sistema acreditam que evoluiram educacionalmente quando, na verdade se tornaram verdadeiros aborigenes apos a graduaçao.

Em 2007 num golpe de estado digno de um conto de fadas no qual foi enviada uma carta bomba ao prefeito que todos os votos de cabresto do indio esperavam que o moribundo prefeito-dotô respondesse, mesmo estando num estado decrepito de saude. A negativa de resposta do prefeito resultou na cassaçao do mesmo pelos comparsas compradas pelo agora prefeito-indio. dizem que o dinheiro usado foi furtado da funai... Uma pena mesmo a cada eleição os Nanuquences cairem na labia dos tais politicos e se venderem por uma cesta basica de R$ 35,00 e/ou um ou dois sacos de cimento, votam todos os anos nos mesmos caras de pau só porque o tal é lider de bairro este por sua vez só ampliando sua propria casa e sendo o mais ou mesnos de vida do lugar, ja que quem tem casa com chão de cerâmica é rico. A grande maioria se sente indignado, mas não fazem nem se quer tentam absolutamente nada para mudar de verdade esta cidade que não se tem nem noticia de um desenvovimento aceitavel há anos.Em Nanuque o único lugar que dá para todos irem mesmo é na igreja onde a maioria vai mesmo é reparar na roupa que esta vestindo ou quantas vezes você fora no local.Agora os outros tais pontos turisticos,ou melhor, os tres pontos de encontro da cidade é para minoria, que diga-se de passagem é minoria MESMO,a meia dúzia de riquinhos que se acham donos do mundo e que continuam em um lugar totalmente sem perspectivas muito boas pois não teem muitas opções de formação profissional...

Regiões[editar]

  • Região Central: Lugar onde tem de tudo um pouco, uma região de todos e onde tudo acontece, como a mistura de famílias tradicionais e de pobres que pagam um aluguel absurdo para dizer que ali moram. São seus bairros: Centro, Feirinha, Vila Operária, Centro(Praça Francelino Francisco), Jardim Pedra Negra.
  • Sul: Lugar da alta sociedade nanuquense e da alta sociedade beberrona, sem contar os difuntos, talvez por isso faz tão frio de noite. São seus bairros: Vila Nova, Jardim Amendoeiras, Céu Aberto, Nações Unidas, Jardim Alvorada, Nak Nuk, Conjunto Tiradentes, Jardim das Acácias.
As modestas casas da Região Sul
  • Norte: Isolados do mundo, essa região concentra os mais miseráveis da cidade, agora com um bairro novo e cheio de aspirantes a bairro nobre, seus bairros são Sete de Setembro, Vista Linda, Santa Helena.
  • Noroeste: Se sentem tão importantes por terem um lago e uma faculdade que o MEC tem dúvidas em legalizar, essa região compreende metade de todos os narizes em pé de Nanuque, apesar de serem pobres. Um dos lugares mais gelados está aqui. São seus bairros: Israel Pinheiro, U.D.R., U.D.R (II), Izadélfia Ferraz de Brito, Jardim Novo Horizonte.
  • Oeste: Seja atrás do bueno ou na reta do Mucuri, a região oeste concentra o que chamamos de ribeirinhos, é normal vê-los lavando roupa em qualquer fio de água, além de muitos suicídios no ribeirão das merdas. Seus bairros são: Vila Esperança, Nossa Senhora de Fátima (Reta), Romilda Ruas,Stella Matutina.
  • Região Sudoeste: Conhecida como o subúrbio nanuquense, a região concentra todos os catarrentos e patricinhas de favela da cidade. São seus bairros: Espírito Santo (Caic), Alziro Zarur, Getúlio Vargas.
  • Região Leste: Bem-vindos a zona favelada e a boca de fumo, onde possui todos os traficantes e garotas de programa da cidade, são seus bairros: Laticínios, Cruzeiro, São Geraldo (Campinho).

Geografia[editar]

Dados fornecidos pelo IBGE

  • Relevo: Plano, sobe e desce, ninguém sobe
  • Área: 1.542,97 Km2 onde 98,67% da área (extremamente privada) pertence a meia dúzia de ricos esnobes.
  • População: 42.000 habitantes esperançosos que um dia apareça alguém pra salvar a cidade do caos econômico e social.
  • Temperatura: Média de 100ºC no verão e -6ºC no inverno(Somente na Vila Nova e Israel Pinheiro) para os demais, a temperatura é 20ºC, com direito a 4 blusas de frio.
  • Localização: Triângulo dos infernos MG-BA-ES. Pão-de-queijo, acarajé e moqueca unida.
  • Pelo formato do local é também conhecida como buraco quente, Vale da Brasa ou panela do capeta!!!
  • Distancia da Capital: 605 km de sobe e desce serra, um puto sofrimento
  • Condições: Praças demais, entretenimento de menos, poeira, Pavimentação Asfáltica de 0,0025 cm³ de areia
Entrada da cidade