Naoki Tanaka

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Tomadinha do poder.jpg Naoki Tanaka tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força
331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é muuuuito grande e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim
Naoki Tanaka
Kawaii Tanaka1.jpg
KAWAII.
Nascimento 26 de Abril de 1971
Bandeira do Japão JapãoToyonaka, Osaka.
Ocupação comediante, ator, apresentador, roteirista, escritor, vlogueirinho, sósia do mundo e o principal: ser kawaii.
Altura 1,81 (bem alto, principalmente para um japonês)
Signo Touro
Cônjuge Shie Kohinata (2003 - 2017)

Cquote1.png Você quis dizer: Japa mais alto do Gaki no Tsukai? Cquote2.png
Google sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Você quis dizer: Japa mais emo do Gaki no Tsukai? Cquote2.png
Google sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Você quis dizer: Cocorico? Cquote2.png
Google sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Você quis dizer: Woody do Toy Story? Cquote2.png
Google sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Experimente também: Ten Long Cquote2.png
Sugestão do Google para Naoki Tanaka
Cquote1.png Experimente também: John Lennon Cquote2.png
Sugestão do Google para Naoki Tanaka
Cquote1.png Deve ser um filho perdido meu com a Yoko Cquote2.png
John Lennon sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Experimente também: O primeiro e único cara bonzinho que não se fudeu. Cquote2.png
Sugestão do Google para Naoki Tanaka
Cquote1.png KAWAII Cquote2.png
otaku sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Tanaka, THAI KICK! Cquote2.png
narrador japa do No Laughing sobre Naoki Tanaka.
Cquote1.png Ô japonês medroso o Tanaka!!! Cquote2.png
Toshiro, o boiadeiro japonês sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png AAAAAAHHHHHHHHHMEEEEEEEEIIIIIIIOOOOOOOOOOOOOOHHHHHHH!!!!! Cquote2.png
Naoki Tanaka depois de consumir dorgas
Cquote1.png PEIDEI! PEIDEI! Cquote2.png
Naoki Tanaka depois de consumir dorgas e repolho requentado no vapor
Cquote1.png Isso é uma bichona! Cquote2.png
Seu Severino sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Eu não sou gay Cquote2.png
Naoki Tanaka sobre ele mesmo
Cquote1.png Já comi! Mas enjoei. Cquote2.png
Shie Kohinata sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Já beijei! Cquote2.png
Tia japa do Gaki no Tsukai sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Ele me beijou! Duas vezes. Cquote2.png
Tomonori Jinnai sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Ele me beijou várias vezes, mas mal encostava na minha boca Cquote2.png
Amante gostosa fake do Tanaka sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Dei beijo grego nele. Foi horrível. Ele não tomou banho! Cquote2.png
Hitoshi Matsumoto sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Tem gente que me shippa com ele Cquote2.png
Endo sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Eu me joguei pra cima dele Cquote2.png
Shoko Aida sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Odeio ele! Cquote2.png
Masatoshi Hamada sobre Naoki Tanaka
Cquote1.png Ele não ri não? Cquote2.png
Fã de Gaki no Tsukai sobre Naoki Tanaka no No Laughing
Cquote1.png Não. Não quero apanhar. Cquote2.png
Naoki Tanaka sobre comentário acima.
Cquote1.png Não gosto do Tanaka, ele é sem graça. Ele não ri. Cquote2.png
Fã do Naoki Tanaka conhecendo ele pelo No Laughing
Cquote1.png Eu adoro o Tanaka. Sou mó fã dele. É o meu membro favorito do Gaki no Tsukai. Ele é muito talentoso. Cquote2.png
Fã do Naoki Tanaka hoje em dia
Cquote1.png Já que é pra tombar. TOMBEI! Cquote2.png
Karol Conka sobre Naoki Tanaka tomando susto
Cquote1.png Tô passado! Cquote2.png
Qualquer fã do Gaki no Tsukai sobre Naoki Tanaka atuando em doramas
Cquote1.png MAI GARR MISTEIK STOP SHAWAA... BAD FUROA. PRISE DO YOU NEED ANYSSING Cquote2.png
Naoki Tanaka tentando falar em inglês
Cquote1.png Depois eu é que sou burro por não saber falar em inglês Cquote2.png
Jimmy Onishi sobre frase acima
Cquote1.png Pelo menos eu falo mandarim fluentemente. Cquote2.png
Naoki Tanaka sobre comentário do Jimmy acima
Cquote1.png Shie, eu te amo! Cquote2.png
Naoki Tanaka sobre Shie Kohinata


Naoki Tanaka (田中直樹 Tanaka Naoki o nome dele em kanji, seu burro!) é um comediante, ator, escritor, apresentador, roteirista, amante dos animais, kawaii, pai de família e uma porrada de coisas, nascido no Japão.

É conhecido por ser líder de uma das incontáveis duplas humorísticas japonesas, Cocorico, que é tipo Drake e Josh, só que japa e sem o Wesley Safadão a Miranda Cosgrove, e ao mesmo tempo tipo Kenan e Kel só que sem o refrigerante de laranja. É também por ser integrante do programa de comédia mais famoso do Japão, o Gaki no Tsukai.

Biografia[editar]

Fase da pobreza e amizade com o Endo[editar]

Tanaka nos tempos em que cagava nas fraldas (hoje ele caga na cueca dependendo do tamanho do medo).

O pequeno Naoki nasceu em uma favela de Toyonaka, em Osaka. E não, ele não é um filho japa perdido do John Lennon com a Yoko Ono... pelo menos temos certeza de que Naoki não tem nenhum parentesco com esta última. O garoto era de família humilde, filho de um japonês do pinto pequeno e de uma japinha descendente de chineses mais alta que o marido, por isso Naoki é alto pra caralho! Os dois vendiam pastel de flango e takoyaki em um bar de Toyonaka e Naoki nasceu na cozinha do bar, a mãe entrou em trabalho de parto no meio do trabalho, e como uma boa moça que cresceu com os valores chineses que os seus pais aprenderam trabalhando na fábrica de um tênis de marca, pariu Naoki e depois voltou a trabalhar com ele no colo mesmo. Os clientes foram todos embora pois o moleque não parava de berrar (porque o Tanaka não chora, os olhos dele não tem lágrimas).

Tanaka era tão pobre, que o pai dele raspava o cabelo dele na gilete pra não dar piolho. Já existiam remédios contra piolhos naquela época, mas eram caros demais!

Naoki cresceu e chegou a idade de ir a escola. Como a mãe de Naoki era uma mulher que, apesar de pobre, queria o melhor para o seu filho, botou ele em uma escola pública que só tinha ricos, não se espante, no Japão, a escola pública é boa e a particular é caríssima! Naoki se sentiu o Chris na Corleone, pois era o único garoto descendente de chineses numa escola que só tinha "japa puro". Sofria bullying por sua cor (mesmo eles sendo todos iguais, literalmente), geral chamava ele de Xing Ling e perguntavam se ele sabia fazer pastel de furango (japonês não consegue falar "flango"). Pra piorar, Naoki era zuado por ser pobre.

Endo (à esquerda) e Tanaka (à direita). Os Chris e Greg japoneses Dá pra ver que o primeiro era a cara da riqueza e o segundo a cara da pobreza.

Cansado de ser zuado e comer arroz puro no recreio enquanto os seus coleguinhas comiam tudo do bom e do melhor, Naoki resolveu se juntar a um colega de classe riquinho que também jogava beisebol no mesmo time que ele. Esse garoto era Shozo Endo, seu atual parceiro de trabalho. Naoki viu que Shozo era meio burro e que precisava de nota em ciências, a prova era sobre animais, e de animais, Naoki entendia, então ele resolveu passar cola pro colega na prova. Graças a ele, Shozo tirou 10 e grato, chamou Naoki para a sua turma do barulho, um bando de moleques travessos, que tocavam o terror nas garotas. Naoki conseguiu um pouco mais de respeito e fez uma amizade para a vida inteira.

Mas nem tudo eram flores na vida do Cocorico. A mãe de Shozo, como uma boa moça da família tradicional japonesa da alta sociedade, não gostava de que um pobretão que nem o Naoki entrasse na sua casa, comesse da sua comida, gastasse da sua água e brincasse com os caríssimos brinquedos de seu filho. Mas odiava ainda mais quando seu menininho ia para a casa dos Tanaka na favela, cheia de gente pobre, suja, mal educada e violenta. Então ela resolveu guardar dinheiro para colocar seu filho em uma escola particular super chique quando ele entrasse para o ensino médio, e bem longe de Osaka! Assim ele não andaria mais com o povão. Ela começou a fazer isso quando Endo tinha seus 10 anos, porque no Japão não existe escola de graça e escola particular é muita o$tentação. Foi o que ocorreu, Endo foi pra uma escola tipo a Elite High School e Tanaka pra uma outra escola pública.

Indo para o lado cor de sakura da força[editar]

Tanaka em sua fase mais kawaii.

Tanaka entrou em uma escola, digamos, fora do perfil macho. Era uma escola cor de rosa, com árvores de flores de cerejeiras, muros com o tema de flor de cerejeira, tinha flor de cerejeira até no nome, Sakurazuka.

Sim, a escola era muito aboiolada e Tanaka odiou, implorou para os seus pais que trocassem ele de colégio até descobrir uma coisa que o animou: 90% dos alunos daquela escola eram meninas! Daí ele pensou "é agora!", crente que sua vida seria um anime harém. Mas não foi bem assim. Tanaka vivia de fato rodeado de garotas como esperava, mas elas queriam ser suas abiguinhas, como se Tanaka fosse uma das menininhas da turma, levavam ele pra fazer coisas de menina. Assistiam animes shoujo como Sailor Moon, doramas, compravam revistas de moda. Achavam Pizzicato Five (uma banda antigona japonesa que queria ser gringa) SUPER TREND e idols super out. As coleguinhas do Tanaka idolatravam os atores de Hollywood dos filmes românticos que vemos muito na Sessão da Tarde e Tanaka passou a admirá-los também ... pela profissão de ator, burro, o que iria influenciar em sua carreira no futuro.

Além das que queriam ser só abiguinhas do Tanaka muitas das meninas da Sakurazuka eram lésbicas, já que basicamente não tinha menino naquela escola, os que tinham eram em sua maioria, comprometidos ou gays.

A escola onde Tanaka estudou. Tão kawaii quanto ele. Serviu de inspiração para vários animes shoujos

Os únicos contatos "masculinos" na vida do Tanaka eram os garotos do time de handebol (um esporte bem másculo) do qual ele fazia parte. O time levava o nome "Florzinhas" e usavam uniforme rosa para representar a escola cujo símbolo é a flor de cerejeira. Nos campeonatos entre as escolas, todos riam dos Florzinhas, principalmente depois de cantar o seu grito de guerra.

Cquote1.png Nós damos sim! Nós damos muito! Somos Florzinhas e damos tudo de nós! Cquote2.png
Grito de guerra másculo e (pra piorar) sem ritmo do time de Tanaka.

Mas quando eles jogavam, os outros paravam de rir, e começavam a se lamentar de tão ruins que eles eram. Mais difícil que os Florzinhas ganharem um título, só o Palmeiras ter mundial.

Apesar de tudo isso, Tanaka estava curtindo essa vida. Embora ele tenha dito no Gaki no Tsukai no quadro 500 Questions (lê-se: interrogatório cruel sobre a vida dele), que o melhor momento na seus tempos de escola foi a segunda série, tempo em que ele conheceu o Endo, foi tudo mentira pra agradar o amigo e pra pagar de macho. Pois o Tanaka na verdade curtiu bem mais os tempos de ensino na escola cor de sakura só perde pros dias de hoje em que ele está rico.

Com o passar do tempo Tanaka começou a ficar mocinha moço. Começou a ficar menos menininho pobre largado e mais rapazinho kawaiizinho (no diminutivinho pra ficar fofinho), graças às dicas das revistas de beleza de suas amigas. Começou a se vestir de uma maneira única, como as meninas japonesas iludidas sempre amaram, e o que elas achavam mais interessante é que Tanaka não ligava se estava usando uma peça "masculina", como a camiseta florida de seu pai, ou feminina, como o cardigan velho da sua vó (não tinha grana, por isso não ligava), para as estilosas aquilo era SUPER TREND, para as lésbicas (e pros garotos da Sakurazuka), aquilo somado à personalidade exótica de Tanaka faziam com que elas se sentissem ao lado de uma menina, para as feministas, Tanaka era transgressor, lutava contra o sexismo chato de cada dia.

Com tudo isso não teve jeito, Tanaka virou senpai, um tipo diferente, mas virou, ficou popular entre as meninas e meninos também, e como bom senpai, Tanaka não queria ninguém. Na real ele até queria, não só as meninas que liam revistas de moda com ele, mas os Florzinhas também, mas tinha que estudar pra passar no vestibular, seus pais sempre foram bravos e tratavam o garoto na base da cinta (pros menininhos que nasceram depois de 2005 e não sabem nem o que é castigo, nos anos 70 e 80, moleque apanhava muito com cinto até ficar vermelho e inchado).

Com o incentivo de suas abiguinhas, Tanaka decidiu fazer curso de design. Seu pai odiou perceber que Tanaka, com essa decisão, estava se convertendo. Faltou só ele aparecer em casa com um negão americano pros pais e dizer "este é o meu namorado". Mas segurou a vontade de arrebentar com o filho, até porque o velho não era um Jair (se acostumando) #Bolsomito2018 da vida. O jeito era pagar a faculdade de design que Tanaka levou até o fim. Nisso, Tanaka voltou a ter contato com o Endo que ajudou o amigo no TCC.

Cocorico e lado roxo da força[editar]

Tanaka ao lado do Endo fazendo "v" com as mãos, efeito colateral da Sakurazuka.

Endo queria ser artista. Queria ser famoso, mas ficar em Toyonaka não dava. O lugar que dava chances para os jovens artistas era Tóquio. Como no Japão, dupla humorística é como dupla sertaneja no Brasil, financeiramente falando, Endo resolveu criar uma dupla de comédia, q quem melhor do que o Tanaka pra isso? Ele jamais recusaria uma oportunidade pra ganhar dinheiro fácil, fama e mulher gostosa. Foi combinado que Endo seria o tsukkomi, o malandro das duplas de comédia japonesas, aquele que só se dá bem e Tanaka seria o boke, o burro, o que sempre se fode. A dupla se chamaria "The Bombers", não, eles tão estavam fazendo homenagem ou apologia ao terrorismo, apenas dizendo que eles iriam bombar no mundo da comédia. Tanaka topou, era ingênuo demais para perceber que Endo pegou o melhor papel.

Endo e Tanaka arrumaram seu panos de bunda e foram para Tóquio, alugaram um barraco na periferia do lugar e foram contratados pela Yoshimoto Kogyo, a empresa de comédia mais poderosa do Japão, se você tá nela tá com Deus.

Só que tinha um problema, Endo e Tanaka eram comediantes novatos que não se apresentavam ainda, por não terem ninguém querendo contratá-los e ganhavam menos que você. Então eles precisavam de grana, e começaram a trabalhar em um boteco chamado Coq au Rico (lê-se "cocoricó", seu burro). Endo era o garçom e o queridinho das clientes femininas que achavam lindo um cara de Osaka com aquele sotaque puxado. Tanaka tinha braços peludos demais para ser garçom, isso porque eles nunca viram o Tony Ramos então ele foi pra cozinha lavar os pratos junto com umas tias gordas sob os gritos do patrão.

Não era bem isso que Tanaka queria para a vida dele. Mas aquela fase foi importante, pois Tanaka descobriu que podia fazer o que ele quisesse. Isso porque o cozinheiro do bar foi pego pela sua esposa com a sua prima, o pobre coitado foi punido com paneladas! Sem cozinheiro, o dono do bar resolveu fechar o estabelecimento até que Tanaka disse que cresceu em um bar e sabia cozinhar um pouco. O homem permitiu que Tanaka cozinhasse, comida de boteco não precisa ser prato de Masterchef mesmo e Tanaka nem exigiu nenhum adicional. Tanaka cozinhou tão bem que se saiu melhor do que o cozinheiro, que naquele momento foi demitido. Tanaka foi promovido e os preços dos pratos do bar subiram, pois a comida agora era de qualidade. Essa experiência o ajudaria no Gaki no Tsukai mais tarde.

Mais tarde, Tanaka se demitiu do bar e passou a trabalhar em uma cantina italiana em Tóquio, apesar do salário ser o mesmo do bar anterior, serviam aos funcionários café almoço e janta de qualidade e de graça e Tanaka mal tinha dinheiro pra comprar comida.

Cocorico: uma dupla tratada com muito carinho e respeito pelos seus veteranos desde o início da carreira.

Sua vida de comediante também iria melhorar, quando Tanaka resolveu botar ordem nas coisas. Endo se elegeu o líder da dupla, mas fazia roteiros tão mal feitos quanto roteiro de novela das 7, isso quando fazia, pois Endo preferia sair com as novinhas que ele conhecia no bar. Resultado: apresentações bostas! Tanaka, puto com o seu amigo que o fez desistir do design gastando dinheiro da faculdade a toa e que também o arrastou pra Tóquio e o encheu de dívidas, deu uma de Capitão Nascimento e gritou "QUEM MANDA NESSA PORRA AQUI SOU EU!" Tanaka passou a ser o roteirista e líder da dupla e ainda alterou o nome de The Bombers para "Cocorico Bombers", pois o Coc au Rico acendeu a macheza que ele não sabia que existia dentro dele. Tanto que ele escreveu o nome de uma maneira menos aboiolada. Porém, na Yoshimoto, sugeriram tirar o "Bombers" do nome e deixar só "Cocorico" pois o "Bombers" dava a ideia de que eles estariam fazendo apologia ao terrorismo. Sugeriram ainda que Endo e Tanaka levassem o nome da dupla sempre junto dos próprios, Endo passaria a ser "Cocorico Endo" e Tanaka "Cocorico Tanaka", não pra divulgar o nome da dupla, mas por causa do nome "Naoki Tanaka" que no Japão era tão comum quanto "João da Silva" no Brasil. Outro motivo é que na Yoshimoto já havia um comediante chamado Naoki Nakata. "Nakata" (中田) era o nome "Tanaka" com os kanjis de trás pra frente. Por uma baita ironia do destino, Nakata (não Tanaka) também havia estudado na escola Sakurazuka e foi colega de sala da irmã do Tanaka. Nakata era senpai do Tanaka. E é melhor parar por aqui, pois juntar Tanaka e Nakata na mesma frase dá um nó na cabeça...

Assim surgiu o Cocorico que os japoneses conhecem muito bem.

Quanto a vida sexual de Tanaka... meio parada, diferente do Endo, que pegava todas.

Casamento e filhos[editar]

Tanaka tem um bom gosto da porra!
Tanaka em seu casamento: feliz e sem nenhum arrependimento do seu pedido desesperado.

O casamento do Tanaka tem uma história meio curiosa. Ele começou a trabalhar num programa dele e do Endo, o Cocorico Miracle Type, com vários atores e atrizes gostosas. Os dois gostavam de trabalhar no Gaki no Tsukai e tal, mas queriam um programa de comédia que tivesse MULHER, e haviam outros motivos além desse que serão explicados mais adiante. Dentre as garotas do Cocorico Miracle Type estava uma modelo magra, cabeça aberta, que gostava de saborear a vida, moderna, que defendia a liberdade sexual e acima de tudo: gata. As outras não gostavam muito dela, por ser diferentona. O nome dessa moça era Shoko Iwasaki, mas todos a conhecem pelo nome artístico de Shie Kohinata.

Tanaka, que tinha gostos bem exóticos, se apaixonou por essa moça e ela por ele pelo mesmo motivo, mas Tanaka, como um bom medroso, não tinha coragem de confessar e Shie também, não por timidez, mas porque ela achava que Tanaka fosse viado e tinha medo de pagar mico. Até que Tanaka tomou coragem e disse que a amava e queria ver ela nua na sua casa própria de um bairro chique. Shie não acreditou. Achou que ele só queria um romance de fachada. Tanaka resolveu fazer loucuras de amor pra ela, mas nada, Shie sabia que aquilo não era nada para um cara que esfregava o furico na cara de seus colegas, colocava um elástico na cara pra pegar marshmallow, se vestia de mulher, de emo, e até mesmo ficava nu em rede nacional entre outras maluquices.

Shie e Tanaka, este não apareceu na foto, estava debaixo do vestido da Shie comendo seu abacate.

Tanaka, sob reprovação de todos os seus amigos, resolveu fazer a maior de todas as loucuras: pedir a Shie em casamento. E bota loucura nisso, os dois nem mesmo se beijaram ou pegaram na mão, isso se aproximava mais do desespero, afinal, todos os seus amigos se casaram, até o tarado do Endo, menos ele. Shie respondeu com um "cara você é muito louco", mas aceitou, pois estava apaixonada por ele.

No começo foi uma maravilha, sexo todo dia de todos os tipos, fazendo com que Tanaka recuperasse o tempo perdido. Muitos beijos, tapas na bunda, striptease, idas ao motel e tudo mais. E como a mina também era do lado roxo da força, tinha menage a trois, o problema que as abiguinhas da Shie que tocavam fazer isso eram todas lésbicas e Tanaka ficava muitas vezes no voyeur. Não faltava diversão, mesmo Tanaka não sendo muito bom de cama. Mas depois Shie engravidou e com isso vieram as responsabilidades. Tanaka não sabia o que fazer, e pediu ajuda pras pessoas em quem ele mais confiava: seus pais. Os velhos disseram prontamente: "na hora de fazer foi gostoso, né?! Agora cuidem vocês dois do prejuízo!". Tanaka então resolveu fazer isso e aconselhar sua esposa a não se desesperar.

Tanaka, diferente dos seus amigos e da maioria dos pais desse mundo, foi um pai bem presente, entrando para o clube do Julius, do Seu Madruga e do Seu Barriga (este último por ser um pai rico). Aprendeu a trocar fralda de bebê, fazer criança dormir, fazer mamadeira e tudo mais. O que deixou a Shie surpresa e admirada e disposta a segurar aquele homem. Tá vendo a vantagem de ser um cara que faz tudo?

Tanaka fazendo o jantar da família depois de um dia agitado de trabalho: KAWAII!

Hoje em dia Tanaka virou modinha das donas de casa e das novinhas que querem um marido perfeito graças a Shie, que como uma boa blogueira, falou de seu relacionamento com o marido e como ele fazia as coisas em casa. Era belo, pois tinha um rosto kawaii, recatado, pois nunca em seus, então 12, anos de casado chifrou a esposa, mesmo tendo grana, fama e incentivo de seus amigos ricos, e do lar, pois sabia fazer quase tudo naquela casa, menos as tarefas de macho como montar uma cama, isso a Shie (que era mais macho que o próprio marido) sabia fazer melhor. As japas só vêem que Tanaka existe e que não é um acreano por que ele não é muito macho, é medroso, ruim de cama e nem tem um corpo de galã.

Divórcio[editar]

Mesmo Tanaka sendo o marido perfeito e bonzinho, todos nós sabemos o que acontece com caras bonzinhos. Se fodem!

Em 2 de maio de 2017, Tanaka mandou para as empresas de fofoca japonesas, um fax que surpreendeu o Japão. Não por ser um recado enviado por fax, coisa que só o Tanaka usa hoje em dia. Mas porque o recado anunciava o divórcio dele com a Shie. Algo realmente chocante para os japoneses, pois eles tinham tudo pra dar certo. Carinho, amizade, muito afeto e uma vontade louca de hentai. E sempre que eles se viam na terebi aceleravam tanto os seus kokoros. Só mesmo essa distância pra os separar. Eles pareciam ter mais de 8000 de poder de luta, e agradeciam a Kami-sama por tanta sorte, e os fanboys shippavam o amor entre os dois...

Cquote1.png Parem de plagiar a minha música! Cquote2.png
Netinho sobre texto acima.

Pra se ter ideia, a reação dos japas com divórcio de Tanaka e sua ex mulher pode ser equiparado a reação dos brasileiros com os divórcios de William Bonner e Fátima Bernardes e de Joelma e Chimbinha. Pra ver como a coisa ficou feia! Mais chocante que isso, só se o Tanaka se separasse do Endo e o Cocorico acabasse.

O divórcio realmente fez mal a Shie. QUE TRAPO VELHO É ESSE? E como ela envelheceu! Só isso já é vingança o suficiente pro Tanaka.

Não se sabe os motivos do divórcio, mas buatoixx de que a Shie adornou a cabeça de seu ex marido com material orgânico semelhante a galhos de árvore. Shie faz parte de uma banda punk de garotas que ninguém conhece (e depois do divórcio ninguém vai conhecer mesmo), todos sabem que por trás de toda banda há o produtor musical, em outras palavras o mestre do auto tune. Resumindo: segundo as más línguas, Shie corneou o Tanaka com o mestre do auto tune. Sabe como é, Tanaka sempre foi ruim de cama e Shie precisava afogar o ganso...

Tanaka ficou muito triste com o divórcio, pois era apaixonado pela sua esposa, mas não havia outra escolha. A parte curiosa dessa história toda é que os filhos não ficaram com a mãe como em quase todos os casos (isso inclui o caso de Endo e Chiaki), mas sim com o Tanaka. Agora mais do que nunca Tanaka busca inspiração em Seu Madruga pois se tornou pai solteiro solo. Pra ver como Tanaka é 9999 in 1, ou a mãe é meio relapsa...

Tanaka nem precisou ter o trabalho de se vingar da esposa pelos chifres. Ficou com os filhos, não precisa pagar pensão (embora tenha ficado com a parte mais cara e difícil), recebeu indenização altíssima pela traição e ficou com a casa e o carro (no Japão trair custa caro, muito caro! Bem que o Brasil podia copiar isso. ), e ainda tá curtindo o povo oprimindo a ex chamado ela de "piranha".

E não adiantou Shie contar a versão dela fazendo o papel de vítima dizendo que o marido era frio quando alguma coisa dava errado no trabalho (coisa normal, principalmente pra um japonês que dá valor a uma coisa bem feita), a japaiada não se convenceu, primeiro porque aquela conversa pra boi dormir era tão convincente quanto dizer que o Acre existe e não tem nenhum dinossauro por lá. Segundo: Tanaka é modinha e tem muitos fãs, e a Shie só é conhecida graças ao ex. E fã defende o ídolo com unhas e dentes. Resumindo: Tanaka wins! Fatality.

Olhando bem, Tanaka não se fodeu aqui. Pra ver como o cara sabe fazer tudo mesmo. Em regra, como já foi dito, bonzinho se fode num relacionamento. Perde a mulher, a casa, a grana, a guarda dos filhos e só ganha chifres e dias de fossa chorando. Já o Tanaka só perdeu a mulher, mas continuou com os seus bens conquistados inteiramente com o seu suor (apanhando no Gaki no Tsukai e mostrando a bunda no NHK). Ganhou chifres, mas ficou conhecido como pai heroi, como o Seu Madruga japonês e com grana, e o melhor de tudo foi a doce vingança, graças ao bom e velho machismo opressor. Tanaka foi o primeiro bonzinho no mundo que não se fodeu. Inspiração para pessoas como você.

Carreira[editar]

Na comédia[editar]

Tanaka é um cara que faz de tudo, mas a profissão principal dele é ser comediante, embora ele a primeira vista pareça ser um cara sem graça que só serve pra ocupar espaço no mundo.

No começo foi difícil, mas depois Cocorico foi conquistando vários humoristas mais importantes, um deles, Hitoshi Matsumoto, da dupla humorística Downtown, foi assistir uma apresentação do Cocorico. Seus amigos comediantes, incluindo o seu colega de dupla, Masatoshi Hamada, não botaram fé no humor diferentão do Cocorico e viviam zuando a dupla. Diziam também que eles eram tão unidos que pareciam casal gay. Matsumoto queria saber afinal que dupla era aquela e foi assistir um show deles pra ver se eles eram tão ruins. Chegou achando que havia gastado grana a a toa, mas no final mudou de idéia, Matsumoto adorou.

Tanaka beijando o seu eterno inimigo (?) Masatoshi Hamada. Pra você ver que o Tanaka topa tudo.

Eis que Matsumoto, resolve mudar a vida dos dois para sempre, dar a esses pobres coitados que trabalham no bar a oportunidade de ficarem ricos e famosos. Então chamou os dois para substituírem Jimmy Onishi (hoje Hideaki Onishi) no Gaki no Tsukai. Jimmy era burro demais e tinha irritado o elenco inteiro com sua burrice. Ele demorava pra entender até a piada do pavê! Matsumoto pensou que duas cabeças pensariam melhor do que uma então chamou o Cocorico.

Mas não era só o quesito burrice. Matsumoto e a produção do Gaki no Tsukai queriam inovar. E o Cocorico chamou a atenção com o seu american way of life e aquele jeito de dupla inseparável famoso nas comédias gringas. E Endo e Tanaka eram também dois novinhos naquela época e o programa precisava de mais jovens além do Hosei. Se não seria um programa com um elenco que só tinha tiozão, os jovens descolados não assistiriam e Gaki no Tsukai ficaria brega.

A escolha foi uma mão na roda, principalmente para os quadros onde os comediantes deveria atuar, pois o humor do Cocorico era uma coisa mais cênica, exigia atuação, representar personagens. Coisa que era muito apreciada pelos americanos que faziam isso desde 1900 e guaraná com rolha, mas no Japão era novidade. Tanaka, desde pequeno, gostava muito de assistir programas de comédia americanos, daqueles que você pode ter assistido o mesmo episódio umas 30 vezes, mas você ainda era capaz de rir muito com ele. Isso acabou sendo influência para o Cocorico.

Mas nem tudo é só alegria, nos quadros de brincadeira (lê-se: "insanidades mentais que um ser humano é capaz de cometer") e zueira, que eram os mais famosos, predominantes e que, acima de tudo, simbolizavam muito bem programa, a coisa mudava de figura. O Gaki no Tsukai era um humor que zoava as coisas que aconteciam naquele instante, um humor mais improvisado e menos ensaiado. De modo que o Cocorico ficou apagado no grupo. Mas isso foi importante para ensinar Endo e Tanaka a fazerem outros tipos de humor.

Pra você ver como Tanaka desde cedo topava tudo (isso porque não era ele que estava cheirando uma cueca velha e fedida).
Parece que alguém tava curtindo...

Tanaka imaginou que agora que estava trabalhando em um programa de comédia muito assistido, poderia se mudar pra uma casinha melhor, ele naquela época, morava em um cubículo que era a cara da pobreza, tão pequeno que não tinha nem chuveiro ou ofurô, ele precisava tomar banho em um chuveiro pago, o coin shower, muito comum no Japão. E como ele não tinha muita grana só tomava banho uma vez por semana. Nas vezes em que Tanaka ia ao coin shower, no caminho já ensaboava os seus cabelos (sim, com sabonete mesmo, pois Tanaka não tinha grana pra comprar shampoo), chegava (pagando mico com o cabelo cheio de espuma, mas pobre não pode ter vergonha), pagava apenas 5 minutos de água quente caindo, mas pra prolongar o banho, Tanaka fazia uma gambiarra, pegava um saco plástico grande o suficiente pra que ele pudesse ficar dentro (imagina o tamanho do saco então), cobria o chão inteiro do box onde ele tomaria banho. Quando a água parava de cair, Tanaka se encolhia no saco e finalmente relaxava da correria do dia a dia em seu "banho de banheira" até aparecer alguém pedindo pra ele sair dali. Pois é... Pobre realmente precisa ser estudado!

A propósito, a casa de Tanaka tinha, vaso sanitário. Então não precisava pagar pra cagar também.

Tanaka dando um rolê na rua em um look super normal e comportado.

Com tudo isso, o que Tanaka mais queria naquela época era se mudar pra uma casa maior e com ao menos uma ducha pra que ele tomasse banhos mais longos e frequentes durante a semana e parasse de ser chamado de "porco". Foi o que ele fez, alugou uma outra casa, mas daí veio a decepção: o salário de Tanaka era a mesma miséria de sempre. Isto somado ao aluguel mais alto e a falta de almoço grátis que tinha no restaurante onde ele trabalhava, fez com que Tanaka comesse a cada refeição do dia 3 cascas de pão de forma que ele comprava na padaria, sim, no Japão se vende só as cascas de pão porque japonês sempre dá um jeito de aproveitar a comida que os ricos não querem, mas que os pobres valorizam. E como se não bastasse, Tanaka ainda não podia tomar banho todo dia e tudo isso só contribuiu para a imagem de pobre e sujo que o Tanaka tinha e continua até hoje.

O Gaki no Tsukai e o próprio Tanaka exploraram bastante essa imagem de sujo. Um de seus apelos cômicos é peidar. Sim, peidar. Na época ele era o nerd peidorreiro do quinteto. Para a sua imagem cômica era ótimo, mas pra pegar mulher era péssimo pois ninguém queria ocupar a boca com um um pinto sujo e fedido.

Aos poucos Tanaka mostrou pro Japão do que ele era capaz, ganhou um quadro no Gaki no Tsukai comandado por ele: o Tanaka Kan Kan a fim de mostrar que ele era macho (pois Tanaka havia perdido muitos pontos de masculinidade). Tanaka aproveitava o gancho pra botar moral no Hamada, que vivia o atazanando desde o primeiro dia. Nesse quadro Hamada se vingou do Tanaka, que estava muito abusado, enchendo o cara de porrada e depois disfarçando que era pegadinha. Tanaka chorou e sensibilizou os telespectadores, que viram o Hamada como o malvado da história.

Eis que Endo e Tanaka foram chamados, juntamente a outros comediantes, a atuarem em um dorama cômico chamado Ashita ga Arusa protagonizado por ninguém menos que seu colega Hamada. Os roteiristas quiseram explorar mais o seu jeito de dupla inseparável no dorama, sendo que Endo e Tanaka NUNCA APARECIAM SEPARADOS UM DO OUTRO!. Ashita ga Arusa, juntamente com sua participação em um filme foi o que realmente deu uma melhorada de vida pro Tanaka. Finalmente Tanaka ganhava bem com a comédia e podia tomar banho mais vezes por semana.

É claro que ele fez de propósito! Era o seu inimigo Hamada.

Infelizmente, vieram no Gaki no Tsukai, quadros que subaproveitaram o Cocorico, e principalmente o Tanaka. O Endo tinha algum destaque por ser o galã do quinteto e ter se casado com a Chiaki. No início dos anos 2000 surgiu o quadro mais famoso do Gaki no Tsukai: o Batsu Game No Laughing ou simplesmente No Laughing, em que os comediantes eram submetidos a situações engraçadas, mas não deveriam rir, se não apanhava. Tanaka era o que menos ria, pois tinha habilidades de atuação superiores a de seus colegas, ele tinha mais facilidade para segurar o riso. Tanaka não queria apanhar, obviamente ele dava o melhor de si pra ficar sério. Isso fez com que ele fosse o menos querido dos cinco (inclusive por quem atualmente é fã do Tanaka).

Cansados de serem os coadjuvantes e de atuar com um elenco praticamente masculino, tendo apenas uma ou duas tiazinhas feiosas, Endo e Tanaka criaram o Cocorico Miracle Type, se juntaram a outros comediantes e atrizes gostosas, que não tinham uma profissão ligada com a comédia, mas eram gostosas e isso era o que importava. O programa tinha mais o estilo de humor do Cocorico, lembrava também a Zorra Total só que boa e com episódios mais dramáticos. Sim. Haviam episódios de drama ou comédia dramática no Cocorico Miracle Type, o que ajudou muito o Tanaka a se mostrar como ator, mas isso é assunto pra mais adiante. O programa do Cocorico fez sucesso e explorou o lado comediante, ator e apresentador da dupla... OK, do Tanaka nem tanto, pois o Endo, adorava dar uma de Faustop e interromper o parceiro enquanto este tentava entrevistar os convidados, mesmo o Endo NÃO SENDO O LÍDER DAQUELA JOÇA.

Tanaka topa tudo, até posar de drag queen para a capa do Personeru Katsudo.

Endo e Tanaka também fizeram muitas collabs com o Takashi Fujii, um comediante e cantor que também era de Toyonaka e do lado roxo da força e por isso virou BFF do Tanaka, Endo ficou com ciuminho obviamente. Tanaka e Fujii até hoje fazem programas juntos sempre que podem, além de irem juntinhos para os rolês da vida com as suas amiguinhas do vale do arco-íris. Por isso Tanaka é do lado roxo da força... embora ainda pairem umas sérias dúvidas no ar, pois eles são unidos até demais...

Depois do Cocorico Miracle Type, a situação melhorou pra Endo e Tanaka, pois os japoneses enfim reconheceram o seu trabalho, mas infelizmente o programa saiu do ar em 2008, mas isso não seria problema para os nossos herois, pois já existia o YouTube e algum japonês mais malandrinho colocou trechos dos vídeos antigos do Gaki no Tsukai no site, o que tornou o programa e os integrantes mundialmente conhecidos, mas para o Tanaka ainda não era o suficiente, ele ainda era subaproveitado no Gaki no Tsukai e toda vez que chamavam ele para fazer alguma produção cômica chamavam o Endo. Querendo um pouco mais de atenção para si Tanaka passou noites em claro escrevendo roteiros para fazer uma série de DVDs chamada Personeru Katsudo em que ele seria o astro absoluto, sem nenhum parceiro galã roubando cena. Os quadros eram bem toscos, mas os DVDs foram bem vendidos. A intenção de Tanaka era fazer com que alguma alma caridosa o visse como um bom comediante, já que esperar a boa vontade do Kenji Suga (produtor do Gaki no Tsukai) não dava mais.

Esbanjando sensualidade no LIFE, Tanaka naquele episódio ainda tentou se aventurar no pole dance.

Com tudo isso fama de Tanaka aos poucos ia melhorando, mas a coisa iria melhorar mesmo quando um comediante muito famoso chamado Teruyoshi Uchimura, da dupla Ucchan Nanchan, querendo fazer um programa só dele e junto de uns outros comediantes, assistiu uns DVDs do Cocorico Miracle Type, programa já um pouco esquecido que ele queria plagiar, e um dos DVDs de Personeru Katsudo. Uchimura se interessou no Tanaka (PRA TRABALHO) e o convidou para fazer parte de seu novo programa da NHK que estrearia em 2012: LIFE! Jinsei ni Sasageru Conte (outro programa cômico de nome gigantesco, que vamos usar o nome LIFE pra abreviar). Uchimura não quis chamar o Endo, pois não o achava a altura de seu programa.

Não, o LIFE não era nada erótico, tudo bem que o Tanaka estava exibindo a bunda para o gordinho, mas isso é um detalhe, o programa era para toda a família.

Tanaka fez bem demais em aceitar o convite, apesar do programa ser do Uchimura, Tanaka era o verdadeiro apresentador, entrevistador e o caralho a quatro do LIFE. Depois do Uchimura era o cara que mais aparecia nos quadros, além disso, Tanaka trabalhava com japinhas gostosas, coisa que o Gaki no Tsukai não tinha. E o melhor de tudo: nada de apanhar, levar thai kick, chibatada no saco ou coisa parecida. Obviamente, nosso heroi tomou o LIFE como o seu programa favorito e se empenhou muito mais em trabalhar por lá. Tanaka e todo o resto do elenco de LIFE tiveram suas vidas mudadas depois disso, todos começaram a virar modinha. No LIFE, Tanaka fazia a mesma coisa que no Cocorico Miracle Type, só que com mais maestria. O programa tinha também algum apelo sexual/vergonha alheia, pois o Tanaka protagonizava quadros em que ele dançava sem camisa, Tanaka sempre foi magro que nem um palito e branco que nem um palmito, mas como os idols japoneses amados pelas japinhas iludidas estavam na mesma situação, era um sonho para elas. Em outro quadro, Tanaka empinava horrores a sua micro-bunda, onde costumava ter uma enorme verruga antes de uma operação cirúrgica super necessária, em um short super curtinho que as piriguetes usam no inverno.

Reparem no interesse dos outros integrantes.

E dentro do Gaki no Tsukai, deram mais espaço para o Tanaka além de aumentar consideravelmente o seu cachê, pois Tanaka havia dado piti pra produção dizendo que no LIFE ele era mais valorizado e a NHK pagava ele muito melhor, e ele não precisava apanhar pra isso. Destaque para um quadro em que Tanaka era o protagonista que não tomava banho, era porco, viciado em cigarro, tinha dentes podres, fedia que nem um mendigo, traia a esposa com uma amante muito feia (cujo rosto era censurado, pra poupar a atriz) e ainda ia pro trabalho só de calcinha rosinha fio-dental transparente usando uma bolsa made in China da Louis Vuitton, detalhe, a bolsa é realmente do Tanaka (pra ver como o cara ainda é pobre de espírito), já a calcinha, quem sabe... A quase nudez do Tanaka era uma resposta ao programa LIFE. Se os caras mostram o Tanaka sem camisa, mostramos ele semi-nu. E acreditem, teve japonesa que elogiou o corpo dele dizendo que o cara estava saudável para um tiozão de mais 40.

Tanaka impedindo Hamada de praticar violência contra robôs kawaii.

Hoje em dia, Tanaka é um comediante muito rico e admirado pelos japas, tudo o que ele e o Endo lançam vende mais do que exemplares de mangá. Tanaka vive em uma senhora casa em uma zona rica e privilegiada de Tóquio com os seus filhos. E se antes ele podia comprar apenas cascas de pão pra comer, tomar banho dentro de uma sacola cheia de água apenas nos sábados e usar roupas baratinhas que eram motivo de piada para o ricão do Hamada (até rimou!) que vive implicando com ele, hoje pode comer a padaria inteira, tomar banho todos os dias aquecido em seu elegante ofurô com hidromassagem em um banheiro lindo, mas no que se refere a roupa, não tem jeito, Tanaka continua simples, vestindo roupas que ele comprou 10 anos atrás, sai na rua que nem um acidente de armário usando um cardigan velho, calça saruel e tênis, mas as pessoas acham cool porque ele é rico e famoso.

Em atuações mais sérias[editar]

Tanaka estava muito feliz com o êxito de seu trabalho, comprou uma casinha em Tóquio e um carrinho pra largar essa vida de busão. Conhecera os ricos e famosos que ele achou que nunca conheceria, aprendeu com a comédia várias coisas, mas percebeu que ele não era mais o "Tanaka", mas sim "Endo e Tanaka", quando, mesmo sozinho sem o Endo ao lado o cumprimentavam com um "Oi, Endo e Tanaka!". O pior disso tudo é que o nome do Endo ia na frente, mesmo Tanaka sendo o líder do Cocorico.

Cquote1.png Se eu sou o líder por que não somos "Tanaka e Endo"? Cquote2.png
Naoki Tanaka sobre Cocorico

Já tava na hora de se desvincular um pouco do Endo, mas era complicado, todo programa humorístico que o chamavam, chamavam o Endo também. O mesmo aconteceu para os primeiros doramas em que Tanaka atuou. Eles eram sempre o alívio cômico. Tanaka principalmente. Eis que, inspirado nos atores que ele tanto admirava em sua adolescência, Tanaka teve a ideia de ser sério, coisa que o Endo até sabia fazer, mas o "ser sério" do Endo era sempre fazer papel dele mesmo: playboy gostosão.

Tanaka fazendo a cena em que o marido chama a esposa pra chumbar. Sem sucesso.

Mas ninguém queria chamar o Tanaka pra fazer um papel sério, e principalmente, sozinho. Tanaka sem Endo era tipo Buchecha sem Claudinho ,ok, o Tanaka sempre esteve mais pra Claudinho do que pra Buchecha, mas vocês entenderam!. Até que Tanaka apelou, em um dos testes que ele participou, ficou de joelhos começou a berrar e disse que queria muito ser ator de cinema, que queria ser mais do que "Endo e Tanaka", que queria provar a todos que ele pra alguma coisa servia. Koki Mitani, um produtor, que estava naquele teste aprovou aplaudindo de pé, pois havia adorado aquele dramalhão. Tão espontâneo! Tão natural! Tão vivo!

O primeiro filme de Tanaka, Minna no Ie, foi chatinho, mas todos ficaram surpresos com a atuação de Tanaka, aquele pateta do Cocorico sabia ser sério! Pra se ter ideia, ele foi tão bom que ganhou dois prêmios, um de ator revelação de 2001 e outro por popularidade. Foi uma experiência tão única que Tanaka, decidido, iria investir em seu lado ator.

Essa cena já explica demais porque a (até então) esposa de Tanaka estava com ciúmes.

Com o Cocorico Miracle Type, Tanaka pode fazer isso várias vezes. O chato é que os roteiristas do programa sempre davam papéis, cômicos ou não, dos quais ele deveria contracenar com Yuki Matsushita, uma atriz de grande talento. Shie Kohinata ficava com ciúmes daquilo, pois pelo o que você já percebeu nas fotos, a moça era bonita mas não era talentosa. Tanaka também estava começando a enjoar, queria atuar com outras pessoas e parar de brigar com sua esposa, então fazia testes para outros filmes, não importando que papel ele recebesse.

Por ser amante dos animais (e não estamos falando no sentido de zoofilia, mas sim de o cara é um estudioso), Tanaka protagonizou em 2004 no filme Walking With the Dog, um filme bem mais dramático que o primeiro. A quantidade de gente chorando no cinema com o filme foi maior do que quando assistiram Marley e Eu. Tanaka fez um personagem que levou um pé na bunda porque era burro e ingênuo demais e encontrou um cãozinho abandonado, o cara sentiu empatia pelo cachorro e o adotou.

Note que Tanaka está usando o garotinho sério para esconder a mancha nas calças porque viu uma cabeça voadora à direita.

Tanaka se empolgou na coisa, pegava filme pra fazer todos os anos, quase sempre era o papel de alívio cômico com não mais que dois neurônios na cabeça. Ele ficava puto com isso, Tanaka não era burro, só agia como tal porque era um boke. Mas se fosse pra suar tanto a camisa pra fazer o que ele sempre fez desde 1992, era melhor nem tentar. Mas em 2006, Tanaka foi desafiado a fazer um papel de um filme do qual ele certamente não assistiria se não aparecesse: SIREN - Forbidden Siren. Ele não assistiria, pois era um filme de terror. O produtor, vendo que Tanaka estava de mimimi, deu o papel de um médico pra ele e ainda disse em tom de brincadeira pra não ficar tenso: "Você não queria desafio? Então toma um desafio!". Tanaka pensou em negar, mas aquela frase o persuadiu... O cachê também não era ruim. Um fato é que esse foi o primeiro dos vários papéis de médico que o Tanaka pegou.

Sim, esse é o Tanaka que se cagou ao ver essa cena.

Não foi fácil, Tanaka tinha pesadelos, ler o roteiro era uma batalha, andava tão assustado que caía até com alguém chamando por ele (ao menos, naquele momento em diante ele era só "Tanaka" de novo), mas queria provar que era macho o suficiente pra fazer aquilo e assistir o filme na noite de estreia. Tanaka estava mais assustado que nunca naquela noite, ele suou que nem um gordo na sauna, sua cueca tava extremamente borrada, mas ele se sentia vencedor, pois cumpriu sua missão e fez um bom filme, fazendo jus à sua fama de faz tudo.

Em 2007, acabou o Cocorico Miracle Type, para a alegria da Shie (chega de ver seu marido contracenando com aquela atriz de sempre). Tanaka, aproveitou que o tempo agora tava livre e se empolgou fez dois filmes, voltou a gravar doramas e protagonizou um deles, que era um dorama policial. E ainda tinha tempo pra dar uma chumbadinha na esposa apaixonada depois das últimas dublagens de Oden-kun. A propósito, a chumbada não foi muito satisfatória...

Em 2008, mais responsabilidades dois dias antes de seu aniversário, mas nem por isso, Tanaka parou, pegou outro papel de médico num filme, que tinha um jeito de Grey's Anatomy e fez três doramas!!

2009, Tanaka protagonizou outro dorama chamado RESET no qual ele aparecia em todos os episódios no total de uns 6 minutos em episódios de 50 minutos! Por incrível que pareça, foi um dos doramas de maior sucesso do ator. Daí Tanaka percebeu que a galera que o odiava por não rir no No Laughing, passou a virar fã por causa daquele dorama.

2011 foi um ano difícil, pros japas em virtude do terremoto e do tsunami e Tanaka não fez nenhum dorama ou filme.

Em 2012, Tanaka optou por investir mais em doramas, seria um caminho mais rápido pra ficar modinha, porque pra ver seus filmes,você precisaria pagar uma grana boa pro ingresso no cinema, esperar o DVD sair ou rezar pra que algum malandro colocasse o filme na internet, o que era difícil, pois os japoneses são extremamente severos com pirataria e direitos autorais. Enquanto assistir dorama era de graça e ainda ganharia mais grana com a venda dos DVDs. Em outras palavras, a pobraiada iria ver mais a performance do Tanaka, que ainda era subestimado no Gaki no Tsukai. Atuou em seu último filme, só voltaria a fazer um filme, que era de comédia, em 2016. Se empolgou de novo em 2012, porque vai que o mundo acabasse? Fez 3 doramas novamente.

Em 2013, Tanaka sossegou e só fez um dorama. Mas estava começando a virar modinha.

Tanaka de médico (de novo) lendo este artigo... tão grande quanto ele.

2014, Tanaka protagonizou Isharyou Bengoshi, fazendo um papel de adevogado advogado que só lidava com divórcios e sempre ganhava. Mal terminou este dorama, Tanaka fez o seu primeiro vilão em Alice no Toge, que era tipo uma Avenida Brasil do Japão. Fez uma boa atuação, mas ficou puto pois achou que fosse aparecer mais, e não atuar em apenas UM CAPÍTULO. Ah, sim. O personagem também era um médico.

Ainda em 2014, houve uma competição de choro no Gaki no Tsukai, ideia que Tanaka e Housei tiveram para se promover. Não haveria Batsu Game, só os participantes atuando sem falar nada, e eles deveriam chorar.

Housei e Matsumoto conseguiram cumprir a meta. Já Tanaka, assim como Endo e Hamada, não conseguiu chorar. Tanaka batalhou pra chorar, tentou duas vezes, sendo que na primeira, ficou mais de MEIA HORA tentando empurrar uma mísera lágrima pra chorar. Mas uma das poucas coisas que Tanaka não consegue fazer é chorar, mesmo estando triste pra caramba, como naquele caso. Tanaka estava visivelmente nervoso.

Cquote1.png Hoje nós aprendemos que o nervosismo só atrapalha, mesmo você sendo muito bom no que faz. Até a próxima, amigos! Cquote2.png
He-Man sobre Tanaka nervoso por não chorar

Ainda assim, ele foi o melhor, tanto que até o Hamada, reconheceu sua garra. E pro Hamada gostar de alguma coisa que o Tanaka fez, é porque foi LIKE A BOSS, ou porque Hamada bebeu.

Beijo técnico: a melhor maneira de cornear de volta o seu parceiro infiel sem ser taxado de traidor.

Em 2015, Tanaka atuou em 2 doramas, mas em 2016, Tanaka bateu recorde. Era mais modinha do que nunca e atuou em, preparem-se, CINCO DORAMAS!!!!!, sendo que em um deles, atuou com o teu sósia travecão. Tanaka fez dorama quase tanto quanto caía de susto.

2017 mal havia começado e Tanaka já protagonizou um dorama, no qual ele fazia um outro médico detetive que era o terror da mulherada. O seu primeiro personagem pegador. E pra quem pensou que o chifre divórcio em maio daquele ano abalaria feio com o emocional do Tanaka, fazendo com que ele não atuasse em dorama nenhum pelo resto do ano, se enganou. Não satisfeito, Tanaka protagonizou outro dorama. Ele nunca protagonizou mais que um dorama por ano e acabou esfregando na cara da ex-esposa que o traiu o quanto ele é fodão. Por isso Tanaka é o primeiro bonzinho que se deu bem. O papel do Tanaka era de um gerente de um motel♡ hotel das quebradas, onde a bandidagem se esconde.

O dorama do detetive fez tanto sucesso que Tanaka acabou protagonizando um filme da mesma série em 2018. Era pra ter lançado em 2017, mas segundo o próprio ator, estava ainda abalado com o divórcio e as gravações atrasaram por causa da sofrência. Sorte a dele de já ser famoso e respeitado, porque se fosse lá por 2000, os diretores iriam reclamar e demitir o cara depois de duas crises de tristeza.

Como apresentador[editar]

Embora, Tanaka aparecesse apresentando o Gaki no Tsukai, sua vida como apresentador começou nos programas estrelados pelo Cocorico, como o Cocorico Miracle Type, mas nesse programa, Tanaka apresentava como um completo retardado. Um dia Tanaka foi chamado para apresentar um programa educativo chamado Tobidase! Kagaku Kun, ao lado da simpática Shoko Nakagawa e do Titan Colossal Kagaku Kun. Isso porque todo programa japonês de respeito precisa ser apresentado por uma ex idol e um comediante. O canal já tinha a ex idol, mas ainda não tinha um comediante. Tanaka foi o primeiro que apareceu na frente dos produtores e como este era humilde e não exigia muita grana (mesmo porque ele não precisava daquilo, já tinha 5 empregos), contrataram ele na hora vendo o bom negócio que fizeram.

Tanaka feliz por estar rodeado de mulher, por isso ele está no lado roxo da força.

Ali Tanaka aprendeu muito sobre os animais, melhorou suas habilidades de apresentador ficando mais carismático e extrovertido, mas ao mesmo tempo aprendeu o que é ter vergonha alheia de uma mina que chupa gatos e dá beijo grego neles. Nakagawa era gostosa, kawaii, otaku, mas retardada.

Com o fim de Cocorico Miracle Type e de Tobidase! Kagaku Kun, e percebendo que não cresceria com o Gaki no Tsukai ou fazendo filmes, Tanaka resolveu se focar na sua carreira de apresentador e de ator, mas sem largar a comédia

Como dublador[editar]

Como escritor[editar]

O simples fato de Tanaka ter escrito um livro não é nada demais, pois qualquer famoso hoje em dia faz um livro visando lucro, os youtubers fazem isso direto. O que chama a atenção é que o livro do Tanaka não promete falar sobre a vida dele e na verdade ter apenas frases de auto-ajuda muito chatas no conteúdo da obra. Tanaka escreveu um livro sobre animais, sua maior paixão, até mais do que a sua até então esposa (não é a tôa que se separaram).

Tanaka sempre foi um estudioso sobre o mundo animal. E depois de fazer maratonas intensas de documentários no Animal Planet e de Zoboomafoo, além de apresentar programas sobre ciências que nem os Irmãos Kratt (Chris e Martin, que foram na floresta e acharam um bicho estranho a beça...), ficou inspirado para lançar o seu primeiro livro sobre como os animais viam o mundo. Todos riram da ideia porque ninguém gostava de livros educativos, segundo, ninguém iria botar fé em um livro feito por um comediante.

Com isso, Tanaka se juntou a um cientista de verdade e começaram o projeto que levou anos. Em 2015, o livro finalmente foi publicado. Por incrível que pareça, o livro vendeu que nem mangá no Japão, pois o livro tem mais figuras do que texto, logo é um livro legal porque ninguém aguenta ler textão (e se você aguentou ler este artigo gigantesco até aqui, o que é bem improvável, merece ganhar uma estrelinha de bom aluno do seu professor).

Falar o nome do livro do Tanaka não vai mudar em nada a sua vida, você com certeza não fala japonês, então não vai saber ler nem um "".

Como vlogger[editar]

Sim, Tanaka não só é vlogger, como é um dos primeiros vloggers no mundo e que investem em lives. Desde 2000 e calça laranja Tanaka e seu amiguinho Takashi Fujii fazem lives para o Yahoo! Em um site japonês chamado os vlogs no caso são chamados YLOG, pois são vlogs da Yahoo! não do YouTube, japoneses se recusam a reconhecer que o YouTube existe e preferem usar outros sites.

No YLOG não rola amoebas, nem faca quente, fidget spinner (que no começo era chamado apenas de hand spinner), piscina cheia de Orbeez, tags, piadas que só adolescente ou nerd entendem ou essas besteiras que os youtubers andam fazendo. Tanaka e Fujii já passam vergonha alheia demais na televisão. Na internet eles se reservam a entrevistas mesmo.

Uma curiosidade é que Tanaka (quando era casado com a Shie) usou no YLOG duas das roupas de sua ex esposa e Fujii usou uma roupa da banda da ex do melhor amigo.

Além do YLOG, Tanaka fez vídeos exclusivamente para o canal de YouTube da NHK, juntamente com os seus colegas do programa LIFE! Para a infelicidade do comediante, seus vídeos eram os que menos tinham views no grupo, pois apesar de Tanaka ser modinha, estava no meio de gente bem mais famosa que ele. Em outras palavras, tinha Gen Hoshino, um cantor popular no Japão, muito mais novinho e crush das japinhas.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ... No Japão, os próprios artistas, inclusive os homens, se maquiam? E o seu mundo, mulher otaku que tem preconceito com homem maquiado, caiu ao descobrir os seus senpais estão com uma maquiagem super-ultra-hiper-duper-mega-power-blaster pesada

Um dos vídeos do elenco de LIFE! era um tutorial da maquiagem de cada um de seus personagens, mas não era nada demais, além dos próprios atores, já tendo escondido previamente suas imperfeições faciais colocando as características mais específicas da maquiagem cada personagem. Para ser mais específico, mas menos claro, a não ser se você for uma pessoa mais informada em maquiagem, os atores já tinham passado base, pó (de maquiagem não cocaína), corretivo e fizeram o contorno e não veríamos famosos sem maquiagem naqueles vídeos, que é o que chama a atenção das pessoas que procuram vídeos assim. E isso foi o que deixou os vídeos bem bobinhos.

O tutorial do Tanaka era tão tosco que era basicamente ele desenhando uma cruz laranja, não é vermelho, parece, mas é laranja (palavras bem enfatziadas por ele), no meio de sua face para ser outro médico seu personagem condutor de trem de uma linha cujo logotipo é uma cruz vermelha.

O outro vídeo era com cada um dos personagens de LIFE! dançando (incluindo 3 japas gostosinhas), Tanaka estava incorporando outro personagem, pois o Tanaka condutor do vídeo de maquiagem não fazia o tipo dançarino. O vídeo foi o que menos teve views primeiro porque não dava pra competir com 3 japas gostosas, sendo que uma delas dançou de novo junto com o dono do programa (mas não foi nada excitante, a personagem na ocasião tinha uma monocelha de Frida Khalo), nem com o Gen Hoshino. Segundo: ainda não existia o personagem do Tanaka que vivia de shortinho e mostrava a bunda. Terceiro: o personagem que dançava sem camisa estava largado de lado naquele tempo.

Babel fish.gifTraduzindo: Mario **:Tanaka é o meu Waifu. Japonesa: Some daqui, ele é o meu Waifu e eu vou te bater
Babel Fish sobre texto deste print pra quem faltou as aulas de inglês
resumindo: até Waifu o Tanaka já virou!

Tanaka também gravou um video para o canal de YouTube da agência de comédia a qual ele faz parte, a Yoshimoto Kogyo. Lá ele dançava uma música de seu colega (e eterno inimigo) do Gaki no Tsukai: o Masatoshi Hamada, que no caso cantava sob a identidade de Kyary Pamyu Pamyu Hamada Bamyu Bamyu. Tsukitei Hosei e Heipo, seus outros colegas do Gaki no Tsukai, também fizerem suas dancinhas.

No mesmo esquema do LIFE! só que sem nenhuma grande produção por trás. Pra você ter ideia, o vídeo foi gravado de maneira bem amadora, como quem vai gravar pro grupo de família no WhatsApp o seu tio bêbado dançando Zeca Pagodinho no final do churrasco de domingo. Gravaram com um celular qualquer virado na vertical! Não se grava vídeos com o celular virado na vertical!

Fora que é possível perceber na foto ao lado, além da treta dos fanboys, a parede da sala onde eles estavam dançando que precisava de pintura urgente. Pois é não tava fácil nem pra Yoshimoto Kogyo que tem grana pra pagar os comediantes mais ricos e famosos do Japão, mas não tem grana pra pagar um pintor.

Sua curta carreira tocando vaca[editar]

Cquote1.png Fica eu e Tanakaaaaaaa tocando vacaaaaaa! Cquote2.png
Toshiro sobre sua vida de boiadeiro com Naoki Tanaka

Algumas fontes dizem que em 1990, Tanaka veio ao Brasil ainda jovem tentar a vida como um boiadeiro no estado de Minas Gerais. Ele e mais outros dois japas: Toshiro e Okuda, também ex alunos da escola Sakurazuka, então imagina o tipo de pessoas que eles eram e o tipo de relação que eles tinham com o Tanaka né...

Okuda era o líder, sempre na frente tocando berrante chamando as vacas e Tanaka sempre do lado, distraindo as vacas e tomando cuidado nas encruzilhadas. Quanto ao Toshiro, só ocupava espaço, não foi a toa que no final ele deixou de ser boiadeiro e passou a ser agricultor. De qualquer forma, eles três viviam tocando vaca.

Okuda infelizmente morreu pisoteado pelas vacas e ficou só Toshiro e Tanaka tocando vaca. Mas Tanaka morria de medo das vacas matarem ele também e seu trabalho era pior do que o do Toshiro.

Tanaka foi visto pela última vez no Brasil bêbado no rodeio, momentos antes de sua suposta morte causada por um touro. Depois que Tanaka começou a fazer sucesso mundial graças a internet, foi provado que que, morreu era só um outro japa parecido com o Tanaka. Tanaka na verdade juntou dinheiro pra sair de fininho de volta pro Japão, pois Endo havia o chamado pra fazer uma dupla de comédia.

Tanaka tocando vaca.

Muitos dizem que isso jamais teria acontecido, pois Tanaka havia se formado em design no final de 1990 e se mudado pra Tóquio no ano seguinte. Outro argumento contra é que uma passagem de voo internacional era cara demais e Tanaka na época era muito pobre e mal tinha dinheiro pra viajar de trem pra Tóquio.

O que sabemos é que a única "vaca" que Tanaka tocou foi a ex-esposa um cara vestido de vaca, Tanaka havia perdido mais um desafio de desempenho sexual do Matsumoto e deveria cumprir o seu Batsu Game, tocar 1000 vezes nos mamilos do cara.

Como Ten Long[editar]

Tanaka topa tudo, até lutar contra o Goku... e perder feio.

Há fontes que dizem que Tanaka foi morar em um vilarejo para treinar artes marciais. A cidade grande estava o tornando afeminado demais e ele precisava pegar no pesado. Outras versões diziam que Tanaka ganhava muito pouco como comediante e desistiu da carreira por um tempo e tentou a vida simples nesse vilarejo. Tanaka se matriculou na escola de Chin Taiken, o cara mais fodão daquela vila. Tanaka ficou tão bom que superou o seu mestre e queria abrir sua própria escola. Sua especialidade era um golpe inventado por ele chamado "pantera ciclone", Tanaka sempre gostou de animais então escolheu esse nome. Consistia em rodar em velocidade máxima como se fosse o pião da casa própria. Golpe muito semelhante ao lariat do Zangief. Até hoje não se sabe quem copiou quem.

Tanaka também sabia nocautear qualquer pobre coitado com a cabeça, inclusive Chin Taiken. Esses golpes tiraram o Tanaka de si e fizeram ele esquecer de sua personalidade meiga que conhecemos e se tornar malvado e competitivo, quase num nível Vegeta. Segundo Chin Taiken, Tanaka foi possuído pelo capeta e ficou daquele jeito. Mas o mais provável foram os golpes de cabeça. A coisa tava tão feia que Tanaka exigia que o chamasse de "Tiánzhōng" (lê-se "tiendjon" num tom de quem vai brigar), que era o seu nome em mandarim, só que o povo daquela vila era analfabeto tinha dificuldades para pronunciar nome tão complicado e o chamavam de "Ten Long". Tanaka no começo dava chute no saco de quem o chamasse de "Ten Long", mais adiante deu chute só em que o chamava de "Tanaka" mesmo.

A festa de Ten Long terminou quando Goku,ainda gurizinho e com aquela voz de Naruto, resolveu lutar com ele para salvar o Chin Taiken de ser nocauteado por um pantera ciclone. E bem... Goku é Goku né. Os detalhes mínimos da luta são dispensáveis. Apesar de que Ten Long até conseguiu golpear Goku, mas isso porque ele estava da caganeira (graças ao filho mimado do Chin Taiken). O golpe que deu a vitória a Goku fez com que Ten Long batesse forte com a cabeça no chão voltando a ser o Tanaka de sempre.

Com medo de Goku voltar pra aquela vila para um novo duelo, Tanaka voltou para Tóquio e voltou a investir na carreira de comediante novamente.

A maioria das pessoas dizem que é impossível Tanaka ser o Ten Long, afinal, ele perderia até se lutasse contra o Kuririn. Mas há um grupo pequeno que acredita nessa história, por ter sobrado um pouco do Ten Long no Tanaka, pois quando este está bravo vira bicho! Isso fica claro no episódio do Gaki no Tsukai em que ele bota moral no Hamada e em outro do mesmo programa em que ele dá chutes nas pessoas. Dizem ainda que ele não luta no quadro Sugastle, que é um quadro de luta do Gaki no Tsukai, porque nessa brincadeira, Tanaka poderia soltar o seu Ten Long interior e matar todo mundo com o pantera ciclone.

Outras coisas que Naoki Tanaka sabe fazer[editar]

  • Análises gastronômicas ultra profundas
  • Subir em árvore
  • Falar mandarin
  • Cosplay
  • Cozinhar
  • Sair na rua que nem um acidente de armário e as pessoas ainda acharem cool
Tanaka mostrando que também tem jeito pra ser eromen
  • Gritar igual garotinha
  • Cair de bunda no chão sempre que toma um susto
  • Pescar
  • Lavar louça
  • Dar aulas de biologia melhor do que o seu professor
  • Desenhar
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Tanaka foi o designer da roupa original do Hamada Bamyu Bamyu, que é só o Hamada imitando a Kyary Pamyu Pamyu
  • Criar modelos de roupa
  • Lavar roupa
  • Se maquiar (fundamental para um ator)
  • Cavalgar em um rinoceronte
  • Mergulho
  • Tanaka brincando com o filhinho fingindo que estava grávido... tudo bem que homem não engravida (a não ser se for trans), mas é KAWAII
    • Desempenhar múltiplas profissões em um só dia e ter tempo de cuidar dos filhos e ainda de dar atenção pra esposa agora sozinho porque ele é desses
    • Atuar bêbado
    • Andar, dançar e fazer acrobacias de perna de pau
    Tanaka foi integrante de uma banda que imitava o Menudo só que dançando em pernas de pau e usando shortinho
    • Imitar o Menudo
    • Cantar, não é uma coisa que se diga que maravilha de cantor, mas pelo menos o Tanaka canta melhor que o Pabllo Vittar e outras divas pop que você paga pau.
    • Te dizer quantas espécies de tubarão existem no mar
    • Lidar com crianças além dos seus filhos.
    • Dar thai kick.
    • Intimidar os outros quando nervoso
    • Dançar
    • fazer doces japoneses
    • Não dar ataques de estrelismo
    • Não se sentir envergonhado quando todos os seus colegas estão apresentando o programa de terno e gravata pretos e ele de cardigans azul bebê
    • Dar nó na gravata
    • Pular uma poça de um jeito kawaii
    • Soltar pum alto e fedido
    • Sair de calça saruel e as pessoas ainda acharem cool
    • Como tratar uma mulher
    • Ficar kawaii nas selfies
    • Ficar sem jeito quando a esposa aparece de surpresa nos programas em que ele faz: KAWAII!
    • Botar moral no Hamada
    • Sentar com pernas fechadas sem esmagar os ovos
    • Alcançar a prateleira mais alta do supermercado
    • Fazer seu Batsu Game e dar autógrafos ao mesmo tempo
    • Cuidar de animais
    • Recitar trava línguas na velocidade da luz
    • Soltar um rap
    • Pegar dois prêmios de uma vez naquelas máquinas de pegar brinquedos (coisa que ninguém consegue fazer).
    • Posar pras fotos como um modelo super sério, que nem a sua ex esposa
    • Atirar shurikens, principalmente quando está nervoso.
    • Jogar pedra papel e tesoura. Jogo extremamente popular no Japão

    Esta lista está sujeita a alterações, pois Tanaka é uma caixinha de surpresas e nos mostra fazer muito bem alguma coisa diferente

    A saga do thai kick[editar]

    Uma característica marcante na vida do Tanaka é ele SEMPRE receber um bom e velho chute de muay thai, conhecido pelos japas como "thai kick" (termo que será usado aqui para simplificar). Tudo começou no Gaki no Tsukai, lá pra 2000 e chapéu de crochê, quando Tanaka era ofuscado no programa, não só pela beleza do Endo e pelo casamento deste, mas também porque os quadros do Gaki no Tsukai não mostravam o Tanaka como deveriam. Tanaka era o que menos ria no No Laughing, o que menos ganhava no The Kiki Series, o que mais perdia no Matsumoto Technician Challenge, e sequer aparecia direito no Sugastle. Tanaka estava longe de ser o comediante modinha de hoje. Na verdade ele era o menos querido dos membros do Gaki no Tsukai, pois só tava lá pra ocupar espaço.

    Suga até pensava em demitir o Tanaka, que nem fez com o Jimmy Onishi, mas nesse caso seria complicado, pois o Cocorico era daquelas duplas inseparáveis. Mais do que Matsumoto e Hamada, mais do que Batman e Robin, mais do que Pica Pau e Pé de Pano, mais do que John Lennon e Paul McCartney, até mais do que Chris e Greg! Resumindo: separar o Cocorico naquela época era maldade. Um tempo depois, Suga percebeu que toda vez que Tanaka recebia um thai kick, fazia um drama gigantesco, parecia que ele havia levado chute no saco e não na bunda. Tanaka se jogava no chão rolava de dor e até gritava fino tipo o Vitas. A reação era até compreensível pois o muay thai é uma das lutas mais mortais e violentas do mundo, mas o dramalhão do Tanaka era o apelo cômico e com isso a produção de Gaki no Tsukai fez do Tanaka o alvo principal dos thai kicks.

    Thai kick no No Laughing[editar]

    É uma obrigação o Tanaka levar pelo menos um thai kick de modo que Tanaka já faz cara feia quando colocam algum DVD pra tocar na clássica e repetitiva cena da sala de reunião de todo No Laughing (porque custaria caro demais arranjar tantos cenários e atores para as 24 horas do jogo).

    É certeza de que o Tanaka vai levar thai kick quando:

    • Os membros estão sozinhos na sala de reunião
    • Tocam algum DVD com filminhos engraçados pros membros regulares rirem.
    • Botam os caras pra jogar algum joguinho
    • Eles não estão no ônibus, tomando banho ou em um auditório
    • O DVD que eles assistem não tem a Chiaki
    • Eles assistem desenho animado

    Thai kick fora do No Laughing, mas ainda no Gaki no Tsukai[editar]

    Pessoas parecidas com o Naoki Tanaka[editar]

    Os japoneses tem a mania de achar que o Tanaka se parece com algum outro famoso. Mesmo que Tanaka, como um bom japonês, pareça com o resto de seus conterrâneos.

    Fatos sobre Naoki Tanaka[editar]

    Tanaka é taurino e por isso é dorminhoco
    • Dizem que Tanaka só toma banho no sábado e ele só não fica fedendo porque usa um eau de parfum que neutraliza o fedor e deixa ele cheirando a um buquê de flores. Mas na sexta o cheiro de suor fica impossível de esconder.
    • Tanaka é um cara calmo e bonzinho com todo o mundo a sua volta, mas como um bom taurino, se você deixá-lo nervoso, CORRE, MISERÁVI!!
    • Apesar de ter uma voz grossa pra um japonês, ele grita que nem um personagem de anime yaoi quando apanha.
    • Tanaka está no lado roxo da força porque quando está atuando em um papel sério, você vê o seu lado macho. E quando está nervoso vira o Bruce Lee.
    • Tanaka ama os animais, mas não é vegano. Tanto que o seu prato favorito é sukiyaki, aquela carne da panela japonesa.
    • Perto do Heipo, Tanaka parece ser mais corajoso que o Bruce Lee.
    • A ex esposa de Tanaka levou a fama de mal comida depois do marido terminar o desafio de desempenho sexual do Matsumoto com o pior desempenho. Anos depois, ela levou a fama de sortuda, por Tanaka ser belo, recatado e do lar.
    • Hoje a fama da ex do Tanaka tá pior do que a da tua mãe. Não é preciso dizer mais nada.
    • Tanaka é tão faz tudo que quando chega em casa depois de trabalhar em um dos seus 5 empregos, vai lavar a louça e fazer comida.
    • A ex esposa de Tanaka é modelo, blogueira de moda, cantora e baixista. Ela não precisava disso, seu então marido tinha mais de dois empregos! Mas agora precisa, pois se separaram e a guarda dos filhos é do Tanaka, ela tem que pagar pensão.
    • Tanaka também não precisava trabalhar quando era casado, sua então esposa tem 4 empregos!
    • As vezes, Tanaka gravava vlogs usando as camisetas da até então esposa, o que leva ele para o lado rosa da força, mas são roupas masculinas o que leva ele para o lado azul da força. Tem cheiro de mulher, o que leva ele pro lado tarado da força, mas é perfume francês, o que deixa ele no lado roxo da força.
    Quando é dito que o Tanaka faz de tudo é tudo mesmo! Por isso ele está no lado roxo da força (Reparem o ciúme do japa lá atrás)
    • Um amigo DJ do Tanaka, da mesma turma que o Boy George, tirou uma foto com os amigos depois de um show do qual Tanaka foi mestre de cerimônias. O objetivo da foto seria falar sobre a festa e divulgar o livro do Tanaka e o novo disco do DJ na internet. Mas Tanaka acabou molhando a blusa e teve que tirar foto sem camisa. Só pra zuar, mas o que ele acabou fazendo foi CAUSAR! Tanto que a foto recebeu curtidas na décima potência do número de curtidas, que o DJ costuma receber. Mas comentários... Ninguém ousou, mas se fosse no Brasil, mulheres e homens comentariam.
    • Tanaka fez cosplay do Spock inspirado em sua seriedade no No Laughing.
    • Depois do No Laughing, Tanaka é o único que ainda consegue se sentar.
    Putz. E não é que ele lembra o John Lennon mesmo?
    • A esposa de Hamada, percebendo que o marido odiava o Tanaka, chamou ele e sua até então esposa para uma festa de ano novo e ainda exigiu que Tanaka sentasse no meio do lado onde ficariam o homens (no Japão, quando tem festa e comida na mesa, os homens sentam todos de um lado, e as mulheres no lado oposto), eram três cadeiras e Hamada não tinha escolha a não ser sentar do lado do inimigo. Não adiantou muito.
    • Existe um político no Japão chamado Naoki Tanaka, seu lema de campanha foi "dando thai kick na cara da corrupção".
    • Existe um jogo para celular inspirado no Tanaka e seus thai kicks. A cor da bunda do Tanaka indica o nível do jogo, e o mais alto é é a bunda de arco-íris, como forma de homenagear o lado roxo da força.
    • Tanaka, segundo o Endo é gentil com as mulheres na cama.
    • Já segundo a Shie Kohinata, Tanaka é realmente ruim de cama, além de ser muito fresco e gritar que nem o Vitas se ela decidir fazer um fio-terra nele.
    • Seu ídolos são o Seu Madruga por ser pai solo e topar fazer qualquer tipo de serviço permitido pela lei e o Julius por ser um exemplo de marido e se virar com múltiplas profissões.
    Tanaka fazendo jus aos seus ancestrais ninjas. Por isso ele está no lado roxo da força.
    • Assim como o Chris e Greg, Tanaka não é chamado só de "Tanaka" no Japão, mas sim de "Cocorico Tanaka".
    • No dia de seu divórcio, Tanaka foi trabalhar como apresentador em um programa matinal japonês, o ZIP! , um programa que você certamente não conhece, mas deveria, porque só tem japinha 10/10 e japa crush. Tem beleza pra todos os gostos. E morando o Brasil não é necessário madrugar para assistir esse programa. Mas voltando pro assunto os apresentadores de ZIP! foram desafiados a atirar shurikens em um alvo. Tanaka estava com sangue nos olhos naquele dia, pois atirou 9 shurikens em 30 segundos como se fosse um ninja.
    • De óculos, Tanaka fica ainda mais parecido com o John Lennon

    Ver também[editar]

    Links externos[editar]

    • Yoshimoto Kogyo. Perfil oficial da dupla Cocorico... Mas, na boa, pra que você quer visitar este site? Não é rede social e tá tudo em japonês.
    • Twitter: ele não tem
    • Instagram: ele também não tem