Natalia Poklonskaya

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg
Images2332.jpg

Este artigo é sobre mais um daqueles trecos que viraram modinhas na internet.
E as pessoas nem sabem porque usam isso.

Um corpinho de parar o trânsito... e começar uma guerra mundial também.

Cquote1.svg Você quis dizer: Puxa saco do Putin? Cquote2.svg
Google sobre Natalia Poklonskaya
Cquote1.svg Graças a ela meio mundo começou a me apoiar! Cquote2.svg
Vladmir Putin sobre Natalia Poklonskaya
Cquote1.svg Ela pode invadir meu coração quando quiser... Cquote2.svg
Nerd Comunista sobre Natalia Poklonskaya
Cquote1.svg Eu queria derrubar a Rússia mas assim não da cara... Cquote2.svg
Guerreiro fascista ucraniano sobre Natalia Poklonskaya
Cquote1.svg Isso é equivalente a bater punheta pra uma oficial da SS após a Wehrmacht invadir a França! Cquote2.svg
Alguém sensato sobre otakus

Natalia Wladimir Porcaiscrota (pelo menos acho que é assim que se pronuncia) é uma mulher fatal nascida em 18 de março de 1980 na divisa entre Palestina e Israel com uma granada ativa na palma da mão, escapando ali mesmo de seu primeiro ataque terrorista. Ganhou esse nome pelo sobrenome de solteira de sua mãe Natalia e Wladimir do bisavô Wladimir Drácula (o porcaiscrota foi sugestão do médico ítalo-brasileiro que perdeu um braço no parto de Natalia). Ficou famosinha na internet depois que otakus tiveram hemorragias nasais e poluções diurnas ao ver seu rostinho de anjo em discursos durante a temporada de caça aos ucranianos.

Surgimento[editar]

Momento "ooownn" (claramente algum otaku viado escreveu isso).

A mãe de Natalia morava no céu junto com outros anjos, até o dia em que resolveu descer à Terra para encontrar vários rapazotes atraentes, como o Boça por exemplo. Contudo, ela lembrou que não possuía orifícios para seu prazer intimamente intimo (anjos só tem cu e buceta nos hentais). Assim sendo, a mãe de Natalia decidiu virar muçulmana, o que deixou Deus intrigado por ela não saber que ele também é Alá, então fingiu ficar irritado, transformou-a em mortal e a mandou ir catar coquinho na Palestina, se tornando a moça mais bela de toda a região, já que não dava pra ver o rosto das outras, porém encalhada. Muito procurou até desencalhar com um homem que não disse seu nome, mas disse que já tinha perdido a virgindade antes do pai e contado até o infinito e além. Depois de 3 dias, eles terminaram a relação sexual e a mãe de Natalia ficou vesga, vermelha, babando com a língua pra fora e com coraçõezinhos de neon nos olhos. Passaram-se nove meses e nasceu Natalia Poklonskaya, na fronteira entre Israel e Palestina, a filha de um anjo com ninguém mais ninguém menos que Albert Einstein Chuck Norris.

Participação no conflito russo-ucraniano[editar]

Ela foi nomeada Promotora da República Autônoma da Crimeia por Sergej Aksyonov após o promotor anterior ter permanecido leal ao governo em Kiev (Mas quem liga pra baboseiras políticas? Ela é linda). Ela virou a arma secreta do Putin pra fazer os manifestantes tarados ficarem de cu fechado pra ele penetrar na Crimeia e anexar ela a Rússia. Depois disso, e graças a ela, meio mundo começou a apoiar o manda chuva Putin.

Japas de pau duro[editar]

Cquote1.svg Japoneses e seus fetiches... Cquote2.svg
Você antes de gozar para ela.
Ai ai, esse rostinho de anjo... nem parece que ela está na lista de procurados do Serviço de Segurança Nacional da Ucrânia...

Natalia Poklonskaya é a gostosona que tomou o controle da treta entre a Rússia e a Crimeia quando a parada ficou tensa pra acalmar os cara, também teve sucesso com alguns nerds otakus estudantes de geopolítica ou simplesmente uns punheteiros com fetiche sexual com mulheres fardadas não apenas o rosto, mas a pose, a voz, o sotaque, o uniforme e...

Fap-fap-guy.png

Depois do conflito[editar]

Muitos perguntam sobre como será a vida de Natalia depois de toda essa coisa de guerra entre Rússia e Ucrânia, ninguém sabe, mas a teoria é que ela vai começar a trabalhar num puteiro russo como governadora da Crimeia que pertenceria a Rússia, depois da guerra, metralhando uns nazistas que brotam do nada pra querer o fim da anexação, já que a Crimeia é como um ursinho sendo disputando pela Rússia e pelos nazistas na Ucrânia, sendo assim, uma guerra inacabada...

Ver também[editar]