Nation (Sepultura)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Nation)
Ir para: navegação, pesquisa
DesBoleros em Ingrêis.png Este artigo se trata de um álbum

E com certeza tem uma cópia pirata no camelô da esquina.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Babel fish.gifTraduzindo: Nação
Babel Fish sobre Nation (Sepultura)

A capa do disco, repare que existem muitos braços erguidos, seria pra passar desodorante?

Nation é o oitavo disco voador da banda brasileira de pagode metal Sepultura, lançado 2001 pela gravadora Roadrunner Records que estava muito decepcionada com a banda que não estava mais vendendo porra nenhuma. O disco conta com a participação especial de muitos outros membros de bandas que não tinha nada pra fazer. Era para ser feito um clipe da música One Man Army em 2001, mas como a gravadora tava pouco se fodendo para a banda, ele não fizeram nada, e não deram nenhum apoio para a banda e resolveu partir para outra gravadora, chamada SPV GmbH. O álbum vendeu 54.000 cópias, somente na puta que pariu nos EUA.

Recepção[editar]

Os especialistas no gênero afirmam que esse álbum foi melhor que seu anterior Against, por quê nessa época os membros da banda ainda estavam muito bolados com a saída de Max Cavalera. Por incrível que pareça o álbum vendeu menos que o outro citado acima, mas ganhou muitos prêmios de consolação no Brasil.

Essas foram as seguintes avaliações feitas por revistas famosas sobre o álbum:

Cquote1.png Os membros da banda estavam muito sexy nesse álbum, especialmente o vocalista pelo fato dele ser negro... Cquote2.png
Revista G Magazine sobre Against
Cquote1.png Os membros não fizeram um bom álbum pois estão tristes com a saída de Max Cavalera, mas querem que ele e os projetos dele que se fodam Cquote2.png
Revista Ofuxico sobre Against

Formação[editar]

Os membros da formação, repare no sorriso irônico de Igor Cavalera

Faixas[editar]

Sepulnation[editar]

Conta a história de uma sociedade utópica, onde todos moram dentro de antigas sepulturas da idade média, e só saem delas para ter relações sexuais.

Revolt[editar]

Uma típica canção dessas bandas de roque que querem demonstrar rebeldia e rock na veia. Assim, atraem a atenção de jovens.

Border Wars[editar]

Conta a história de uma guerra com muito sangue, onde se você ultrapassar a fronteira, morria.

One Man Army[editar]

Conta a história de um cara que era solitário e sofria muito bullying na infância. Ai ele entra pro exército na época de guerra, mas recusam, com isso, ele decide ir pro exército sozinho.

Vox Populi[editar]

Se trata da vida desses caras, que são contratados pelo governo para fazer pesquisas de casa em casa.

The Ways of Faith[editar]

Uma música composta em nome de Jesus, que serve para conscientizar as pessoas que devemos andar no caminho da fé.

Uma Cura[editar]

Baseada nos contos de Márcio Feliciano, que resolveu inventar a cura gay, mas sem sucesso devido aos protestos de jovens desocupados que nem sequer pagam suas contas.

Who Must Die[editar]

Conta a história de uma tribo indígena que decide fazer um sacrifício aos seus deuses, então eles escolhem algum membro da aldeia para morrer.

Saga[editar]

Conta a história de um garotinho analfabeto, que morrendo de fome nos braços da mãe queria escrever siga, mas acabou escrevendo saga.

Tribe to a Nation[editar]

Fala sobre uma tribo indígena que queria dominar o mundo, mas conseguiu dominar uma nação inteira. Quando tentaram avançar foram covardemente mortos.

Politricks[editar]

Conta a história de um policial que foi para o circo fazer truques para ganhar mais dinheiro para ajudar sua família.

Human Cause[editar]

Como ateus assumidos, os membros da banda resolvem falar do jeito deles como o ser humano foi criado. Diz a música que foi de dentro de um caixão.

Reject[editar]

A triste vida de um homem depois que levou um fora da namorada.

Water[editar]

Mais uma musiquinha que serve para falar que a água do mundo está acabando.

Valtio[editar]

Um cara que chamava Walter, mas seu apelido era Waltinho. Ele teve um filho que quando estava aprendendo a falar, não conseguia pronunciar seu apelido corretamente. Aí ele lhe chama de Valtio.