Nauru

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


●Nauru
●República Ridícula de Nauru
●Naruto

Bandeira de Nauru.png Brasao do Nauru.png
Bandeira Brasão
Lema: Melhor que Nistoquente.
Hino: O povo de Nauru somos muito legal
LocationNauru.png
Capital Distrito de Yaren
Maior Cidade Fernando de Noronha
Língua Naurótico,japonês
Tipo de Governo Máfia russa
Liderança ONU
Heróis Nacionais Coconut Joe
Independência não conquistada
Moeda côco do Wilson (Tom Hanks é o presidente do Banco Central Nauruano)
Religião Reversal russa
População 120
Área 120 m² (24% de água)
Analfabetismo 0,27%
PIB per Capita -1000 USD/hab.
IDH 0.0,01
Fuso Horário PQP +-5
Clima Gostoso
Site do Governo http://www.google.com
Cquote1.pngVocê quis dizer: BauruCquote2.png
Google sobre Nauru

Cquote1.png Na União Soviética, o dinheiro esconde VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal russa sobre Nauru
Cquote1.png Meu país natal Cquote2.png
Naruto sobre Nauru

Nauru (do tupi-guarani "Bauru", escrito errado por um erro de digitação do maconheiro do cartório) é um quase-país situado em algum lugar da Oceania que dizem os mais nerds que é a ilha de Lost, mas provavelmente é mentira.

Tabela de conteúdo

[editar] História

[editar] Descoberta

Nauru foi inventada em 1789 por John Fearn, e por ser um grande fã de Naruto nomeou as ilhas de Nauru.

[editar] Colonização

No período do neocolonialismo Nauru era uma rocha disputada por Reino Unido, e Alemanha que queria explorar o rico fosfato que existia ali, só que os alemães foram todos convocados para a festa da fundação do Terceiro Reich, enquanto todos os exploradores ingleses morreram vítimas da malária, gripe suína, escorbuto e eventuais macumbas dos nativos, sendo obrigados a se retirar do país.

[editar] Invasão japonesa

Quando parecia que as coisas iam ficar boas para Nauru, devido à Segunda Guerra Mundial a ilha havia se tornado um antro de putarias e carnificina por causa dos japoneses que raptaram 1.200 nauruanos para trabalharem como escravo plantando bananas nas Ilhas Carolinas, até o dia em que os EUA mandaram um ataque aéreo surpresa na ilha,vencendo a disputa e pegando Nauru para si.

[editar] Independência

Os Estados Unidos não viram interesse nenhum nesse país, só havia meia-dúzia de fosfato, nada que não pudesse ser encontrado fácil no Texas, e por isso Nauru conquista a sua independência em 1968 se tornando assim um dos países mais insignificantes do mundo.

No final Nauru estava tão fudido, servindo apenas como terreno baldio em alto mar para a Máfia Russa lavar dinheiro.

[editar] Fatos recentes

Além do tédio rotineiro, em 2001 Nauru aceitou abrigar 1.200 refugiados australianos, repovoando assim aqueles 1.200 que o Japão havia levado embora 100 anos antes.

[editar] Geografia

Vista de Nauru. O terreno distorcido evidencia a proximidade do Fim do Mundo.

Na verdade, Nauru é uma ilha no meio do rio Tietê criada por cidadãos da cidade de Bauru, provavelmente entediados. E, para fugir do tédio, todos sabemos que nada é tão efetivo quanto criar um país.

[editar] Economia

Não tem bananas, nem cocos. Por isso a sua economia é baseada na movimentação financeira dos mais de 5000 bancos da Máfia Russa (patrocinadora oficial do Corinthians).

De maneira mais popular, os nauruanos vivem da exploração econômica do ranho de seus habitantes. Os nauruanos, ao mergulhar no oceano, voltam com valiosíssimos nutrientes incrustados no nariz, que são a base para o Nauru, um dos sanduíches mais apreciados da Oceania.

[editar] População

Nauru tem uma população de 120 pessoas, extremamente religiosas: Nauru abriga a sede da Igreja Católica do Scubadiving, um ramo da igreja com cultos submarinos onde a crença diz que Jacques Cousteau era o Cristo reencarnado.

v d e h
Ripublik Naoero

Bandeira de Nauru.png
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas