Nazareno Fonteles

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ladra02.gif Nazareno Fonteles é mais um dos
POLÍTICO$ DO BRA$IL

E comprou diploma.

Aviso importante: Politicagem aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa com sua opinião sobre o ACM, a YMCA ou o SPFC. Seja engraçado e não apenas idiota.
Ladraompce.jpg Nazareno Fonteles é um ladrão.

Este artigo é sobre alguém em que votamos de 4 em 4 anos.
Se ele ainda não lhe roubou, vai roubar.

Guarde bem sua carteira antes de ler este artigo.

Seufurtado.PNG
Nazareno Fonteles falando de maneira bem "feliz" sobre todos os 2 projetos de leis que ele tenta enfiar no rabo do brasileiro.

Cquote1.png Você quis dizer: FILHO DA PULTA! Cquote2.png
Google sobre Nazareno Fonteles
Cquote1.png Esses vagabundos do STF, em especial aquele pretinho metido lá, estão me enchendo o saco. Cquote2.png
Nazareno Fonteles sobre STF
Cquote1.png NAZARÊEEEEENOOOO... Cquote2.png
Esposa do Nazareno sobre ele
Cquote1.png CAAAAAAAAAA-LAAAAAAAAAA-DAAAAA! SENTA AE! Cquote2.png
Nazareno Fonteles sobre a esposa

José Nazareno Cardeal Fonteles (Araacú, 4 de maio de 1954) é um médico só de formação (como todos que querem virar políticos, só se formam pra se amostrar e nunca exercem cirurgia nem pra tirar espinha) e ladrão político brasileiro. Ninguém ligaria muito pra existência desse piauiense não fosse sua pretensão filha da puta de dominar toda a política do meu Brasil.

Bilolografia[editar]

Filho de José Arimateia Fonteles e Maria Margarida da Silva Fonteles (que eu tou nem aí pra quem são), formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Piauí, instituição da fugiu correndo após ver a turma toda fumando maconha, tem especialização em engenharia de ladroagem pela Universidade de São Paulo e mestrado em Matemática pela Universidade Federal do Ceará com especialização em desfalques. Diretor da Central Única dos Trabalhadores e membro do Conselho Regional de Medicina do Piauí, figura entre os membros fundadores do PT no estado (ou seja, um dos primeiros ladrões do Partido dos Trambiqueiros).

Em 1986 foi candidato a governador do Piauí num pleito polarizado entre dois outros seres aí, obtendo cerca de três por cento dos votos válidos. Em 1988, foi eleito primeiro suplente de vereador de Teresina, convocado para o exercício parlamentar em razão de "licenças" do titular, o também professor universitário Antônio José Medeiros.

No ano de 1990 tornou-se o primeiro deputado estadual eleito pelo PT no Piauí e repetiu a candidatura a governador em 1994 obtendo quinze por cento dos votos válidos, se fodendo novamente. Candidato a prefeito de Teresina em 1996, ficou em terceiro lugar, posição que repetiria em 1998, quando foi candidato a senador. Em geral, como vocês podem ver, ele só se fode nessa merda.

Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Nazareno Fonteles.

Alguns anos depois, em 5 de agosto de 2003, assumiu, sem disputar eleições, o cargo de suplente de deputado federal, após o falecimento de Francisca Trindade (quem?). Nesse meio-tempo foi secretário de Saúde do governo Wellington Dias, sendo reeleito deputado federal em 2006. Derrotado em primeiro turno na eleição para prefeito de Teresina em 2008 pelo Sílvio Mendes (por que esse puto não desiste, caralho?), não foi reeleito deputado federal em 2010 (eleição e ele realmente não combinam), entretanto ocupa assento na Câmara Federal deixado pelo titular da vaga, Átila Lira (PSB) que atualmente é secretário de Educação do governo de Wilson Martins graças a uma bela melação de mãos. Ressalte-se que de acordo com decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a vaga pertenceria à médica Liége Cavalcante, que pertence ao mesmo partido do titular, e não a Fonteles. E talvez esse seja o motivo o qual o sabidinho quer ACABAR com o STF!

O projeto...[editar]

Nazareno Fonteles é autor da PEC que submeteria o entendimento quanto a constitucionalidade das PEC aos seus próprios autores, fazendo com que a PEC possa definir a definição da PEC à própria PEC, sendo a PEC uma PEC que decide-se a si mesma, ou isso, a Wikipédia é foda, eu não consegui gravar bem o que tem no artigo de lá porque escreveram de maneira burra. Enfim, a PEC causaria um JooJ no congresso brasileiro, deixando assim de ser do Supremo Tribunal Federal a última palavra sobre quaisquer assuntos. A proposta, que também veda ao STF a suspensão de eficácia de emenda constitucional por decisão provisória, encontra ampla desaprovação popular, mesmo que o povo não saiba nem o que caralhos é PEC.

Tal PEC, pode ser, à luz da terceira cláusula petrea (???), inconstitucional, já que abre um processo dialético aberto entre os poderes (fala português, porra!), de forma a alterá-los em sua essência. Pode ser também uma forma de derrocada do estado democrático, por limitar um dos poderes em sua essência. Essa PEC deu início a uma crise entre os poderes legislativo e judiciário, e é provável que esse país fique uma verdadeira putaria a partir de então.


Ladra02.gif Nazareno Fonteles é mais um dos
POLÍTICO$ DO BRA$IL

E comprou diploma.