Nekrateholic

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
AWWW QUE CUTI-CUTI :3
Nekrateholic queima o cosmo!

Este é um típico artigo Yaoi, que menciona coisas gays que só gays yaoístas curtem. Se você é cabra omi e odeia Yaoi, NÃO LEIA este artigo, pois ele pode levá-lo para o lado rosa da força, mas se carapuça serve, sente, digo, sinta-se à vontade.

Nekrateholic
ネクラートホリック

Nekrateholic001.jpg

Vou torturar-te. Rasgar-te o cu a alma, até que entenda que você pertence somente a mim.

Gênero Yaoi
Mangá
Mangaká Wasabi Maguro
Divulgação Moteis e inferiores
Onde sai Internet, em sites de putaria
Primeira Publicação 2007
N° de Volumes 1


Cquote1.png Você quis dizer Doente de amor? Cquote2.png
Google sobre tradução tosca de Nekrateholic, segundo o mangá
Cquote1.png Atsumi eu te pego depois Cquote2.png
Hellsing sobre Atsumi
Cquote1.png COMO É QUE É? Cquote2.png
Sakuia sobre Comentário acima
Cquote1.png Calma, tem pra todo mundo! Cquote2.png
Atsumi respondendo os comentários dessas duas bibas

Nekrateholic é um mangá de gays, isso mesmo, tem homens se comendo e todo tipo de putaria que você pode imaginar

História[editar]

Um beijo babado

Nekrateholic conta a história de um casal de gays, claro, o que você espera de um yaoi? Enfim, é um romance entre gays proibido, porque um é vampiro (o uke) e um é um caçador de vampiros (o seme). Também tem outros viados no meio da história, mas quase não aparecem, então eu digo quem são depois... Como em todo clichê de yaois o que tem cara de homem come e o que tem cara de viado é comido, simples, neste também não é diferente. Os caçadores de vampiros não podem ter relações com vampiros ou perdem seu poder de rápida regeneração de personagem de mangá e os vampiros não podem beber o sangue de um caçador de vampiros porque depois disso não conseguiram mais tomar o sangue humano, seria interessante se fosse assim, ao contrário do que você pode estar pensando, eles não sofreram abstinencia no começo do mangá pelo amor proibido etc, a primeirra página já mostra eles fazendo tudo isso que eu disse aí em cima que não podia. O caçador tá pegando o vampiro e o vampiro tá tomando o sangue do caçador e ambos se ferraram porque isso deu uma puta confusão depois.

Personagens[editar]

  • Sakuia: Também chamado de A Rainha é o vampiro do mangá, ele não toma sangue humano, é dono e trabalha no próprio Motel, ele finge que tem raiva do caçador de vampiros porque ele tirou sua pureza, o fez sair do casulo e virar uma linda borboleta, depois o caçador foi embora e ele ficou com ódinho, mas no fundo é amor.
Atsumi contando suas verdadeiras intenções para Balahur, pela diferença de tamanho entre os dois, parecem pai e filho
  • Balahur: É o mordomo de Sakuia, é praticamente a mãe dele, parece mais uma criança, talvez o autor colocou um personagem pequeno pra satisfazer suas fantasias já que yaio com crianças não seria bem visto (o que é uma mentira, porque os pervertidos devem adorar esse tipo de coisa, pedófilos principalmente).
  • Atsumi Hiromasa: É o caçador de vampiros que não matou nenhum vampiro o mangá inteiro, ele tem uma língua que tem um símbolo, e esse símbolo é capaz de anestesiar o que tocar, por isso se você tiver medo de uma injeção deixe ele lamber sua bunda, você não vai sentir nada, chame ele também se ficar com dor no meio da perna. A brincadeira preferida de Atsumi é enganar e fazer chorar a florzinha do Sakuia, quando ele aparece pela primeira vez ele passa essa língua nojenta em Sakuia e o imobiliza, o resto você imagina...
  • Hellsing: É o chefe dos hunters e tem apenas 17 anos, ele aparece na história do nada, só para dar um clima de suspense já que ele também gosta do Atsumi e vira rival do vampirinho por isso.

Suco de sangue[editar]

Suco de sangue foi uma frescura que o Balahur inventou para que o Sakuia voltasse a beber sangue, mas como eu escrevi lá em cima, ele tomou o sangue de um caçador de vampiros, por isso ele não pode beber o sangue de nenhum humano e fica fazendo charminho pro pessoal ter dó dele. Tudo que tem algo de vampiro depois do ano 2000 sofreu uma alteração que faz doer os olhos, como vampiros que se alimentam de animais e não de humanos como manda o manual, então já que está tudo perdido foi inventado o suco de sangue, prepare já o seu com o Juicer Philips Walita, é com a fruta toda!

Motel Necrate[editar]

A sessão de adestramento

Esse motel é uma herança da família de Sakuia (uma família de vampiros baitolas da Transilvânia, conde Dracula deve estar se revirando no caixão depois disso), o motel foi feito no Japão e conta com sessões de chicotinho, que o Sakuia carinhosamente chama de Sessão de adestramento, quando o cliente chega sozinho pode marcar uma sessão com ele. O motel foi construído onde era um cemitério, sabe como é né? coisa de vampiro...

Resumo dos capítulos[editar]

Sakuia com seu chicotinho, se fosse uma mulher já satisfaria suas fantasias

Capítulo 1[editar]

O capítulo começa com uma cena do passado onde Atsumi está fazendo coisas com o Sakuia, durante a brincadeirinha deles Atsumi pega uma estaca e fura a própria mão junto com a do Sakuia, sai sangue pra caramba e Atsumi obriga o Sakuia a beber seu sangue... Um tempo depois aparece o Sakuia fazendo greve de fome, porque ele faz drama e não quer comer quer ser comido, durante uma de suas sessões aparece Atsumi na janela o que faz Sakuia largar o cliente na hora para brincar um pouco com seu odiado caçador de vampiro.

Capítulo 2[editar]

Ainda no quarto com Atsumi, Sakuia começa com seu discurso de pessoa traida:

Cquote1.png você me abandonou por todos esses anos Cquote2.png, Cquote1.png não perdoarei você Cquote2.png

E todas essas falas típicas de gurias retardadas de malhação. Atsumi vai embora de novo, o que é uma coisa muito comum, Sakuia se lamenta novamente, o que também já é comum, por isso se você for ler esse mangá leia o primeiro e o último capítulo que não vai perder nada, alias só tem a ganhar, ganhar tempo, ou melhor, não leia, de Alt f4 e some daqui. Ainda não fez isso? Pois bem, vou continuar, Sakuia para de satisfazer seus clientes e vai para o cemitério para ver se de emo vira pelo menos um gótico. Não dá certo e ele volta a trabalhar, e eis que surge o chapolin colorado Atsumi e interrompe o trabalho do Sakuia, depois disso vem toda aquela enrolação, Sakuia chora, Atsumi diz que não tem mais o símbolo na língua e beija Sakuia, um beijo babado, que nem a lambida do seu cachorro, e Sakuia pergunta porque está se sentindo paralisado, Atsumi diz que a símbolo não sumiu porra nenhuma, ele apenas usou um tira manchas que comprou no polishop mas que perdia o efeito quando se beijava alguém. Atsumi aproveitando que Sakuia estava parado•••

Capítulo 3[editar]

Atsumi brincando de esconde-esconde no cemitério com Sakuia

Atsumi começa a vender seguros já que seu trabalho como hunter foi praticamente como um deslizamento de terra em algum morro de São Paulo, por água abaixo. Sakuia vai tomar café no cemitério e de repente aparece Atsumi em baixo da mesa oferecendo seguros e Sakuia aceita comprar, mas com uma pequena condição, ele compraria se Atsumi desse todo seu sangue para ele, só isso, para variar, sem motivo algum, Atsumi some de novo.

No outro dia Sakuia faz como toda celebridade que não gosta de ficar no meio dos pobres mas mesmo assim quer sair de seu tedioso bairro de luxo e se disfarça, colocando um óculos, um lenço cobrindo os cabelos e uma jaqueta de ursinho, depois de parecer um travesti muçulmano ele vai no trabalho de Atsumi, mas Atsumi não está lá e ele fica sentado no meio da rua, poderia até se passar por um mendigo, mas nem mendigos tem tanto mau gosto para se vestir de tal modo. Mas Sakuia mesmo sendo todo invertido é um vampiro no fim das contas e esqueceu que não podia ficar exposto ao Sol sem seu protetor solar fator 69, depois de tanto esperar ele volta para o motel e Atsumi aparece no fim da tarde e quase é morto por um ataque de espada do vampirinho com overdose de purpurina, depois eles fazem as pazes no cemitério.

Capítulo 4[editar]

Do Acre surge Hellsing, não, isso não tem nada a ver com Alucard, esse Hellsing é líder dos caçadores de vampiros e por puro ciúmes ele decide matar o vampiro que Atsumi gosta, assim ele será a única mulherzinha dele, então ele segue Atsumi e chega até o motel Nekrate, encontra Sakuia, por algum motivo que não é explicado (outra coisa que é comum: As coisas acontecerem sem sentido algum e não ter explicação do por quê, por isso se contente e não reclame se não entender) ele vai parar em um quarto com Atsumi e deixa Sakuia morrendo de raiva, ou vontade de entrar no meio também, não deu pra saber...

Sakuia está morrendo de ciúmes e mais nervoso que sua mãe de TPM, para provocar mais um pouquinho, Hellsing aparece na janela e diz que por ele ser um caçador de vampiro e por Sakuia ter dormido com seu homem ele determina que Sakuia é perigoso e deve morrer por isso, (isso é apenas ciúme de bicha mal comida), Atsumi aparece novamente (para variar...) e tenta melhorar as coisas, mas só piora a situação, Sakuia fica tão puta puto que enfia uma faca na barriga de Atsumi e diz: Se você não é meu não é de mais ninguém MWAHAHAHAHAHA!, depois disso Atsumi cai e fim de capítulo.

Capítulo 5[editar]

A poderosa língua anestésica de Atsumi

Hellsing fica doido pensando que Atsumi vai morrer sem ter comido ele antes, e fica dizendo coisas obvias como ele pode morrer!, estranho seria se não morresse, pois depois de levar uma facada na barriga, não ter atendimento médico e ainda não se curar rápido é muito apelo do autor, ou seria muita sorte? Não, seria apelo mesmo. Hellsing derrama algo em Sakuia que o faz com que Sakuia fique com asinhas de morcego, Ozzy Osbourne adoraria esse morcegão só pra ele, também não é explicado o que isso é, e nem pra que Hellsing usou isso, mas se ferrou porque Sakuia fica mais puto ainda, quase o ponto de explodir e virar gliter, depois dessa transformação ele vai tentar matar Hellsing quando Atsumi, se arrastando, diz pra ele não matar um piralho de 17 anos, então ele puxa Sakuia para si, joga na parede , chama de lagartixa o beija, diz te amo e cai, de novo.


Capítulo 6[editar]

Depois de ver a cagada que fez e pensando que vai perder seu macho, Sakuia tenta um plano infalível e diz que vai dar seu sangue para Atsumi, mesmo que Atsumi não seja vampiro, mas e daí não é mesmo? Ninguém respeita tradições hoje em dia.

Atsumi está quase morrendo, mas a vida é uma caixinha de surpresas e ele abre os olhos e começa a sugar Sakuia, Hellsing fica que nem idiota chupando o dedo, porque como esse é o último capítulo, as coisas tem que se resolver, Hellsing admite que perdeu o bofe mas garante que sempre vai tentar roubar um beijo dele e vai embora. Atsumi se recupera com o suco de groselha sangue.

Sakuia se tranca no quarto diz que está com dor de cabeça (típica desculpa feminina) e não deixa Atsumi entrar, então para ver se melhora o humor da vampirinha ele resolve contar que o motivo que fazia ele sumir a cada duas páginas do mangá, segundo ele, foi porque depois que ele comeu o Sakuia os outros caçadores de vampiros ficaram putos da vida, não queriam trabalhar junto de um viadinho e queriam matar o vampiro pra ver se limpava um pouco mais a merda, já que nem um rolo inteiro de papel higiênico adiantaria. Para proteger Sakuia, Atsumi fez ele beber seu sangue, porque quando se toma o sangue de um caçador não consegue tomar o sangue humano, mas isso eu já tinha escrito, então se Sakuia não podesse mais beber sangue de humanos os caçadores não teriam motivos legais para matar ele, romântico, não?

Hellsing se oferecendo para ajudar Atsumi antes de ir embora

Mesmo com toda essa declaração de amor, de que foi tudo para o seu bem Sakuia não abre a porta e Atsumi finge que está passando mal, então Sakuia abre a porta, finalmente ele deixa de frescura, também, depois de ter dado quase todo o seu sangue para o Atsumi e deixar ele morrer na porta do quarto é sacangem, não que eles não curtam sacanagem... ha, você entendeu. Depois que Sakuia abre a porta, Atsumi entra no quarto e diz que foi pegadinha do Malandro, ele não estava passando mal e aproveita para brincar um pouquinho com Sakuia.

No outro dia Atsumi vai procurar Sakuia e dessa vez foi Sakuia que sumiu, e deixou um bilhete dizendo: fui viajar para ver pinguins!!!

Caramba, que idiotice de final, ele podia muito bem ter alugado Happy Feet, ir em algum aquário, procurar fotos no google, mas não, ele quis ver ao vivo, no pólo sul, só porque nada mais impedia ele de ficar com Atsumi, o mangá termina com Atsumi sem entender porra nenhuma.

      • Capítulo extra:Só teve viadagem, nem vale a pena contar.

Curiosidades[editar]

Sakuia tomando sorvete
  • Sakuia passa o mangá inteiro querendo ficar com Atsumi e quando Atsumi aceita, Sakuia chora;
  • Mesmo que Atsumi seja o único que tem cara de homem é outro viado, porque viado não é só o que dá, mas também o que come;
  • Se Nekrateholic virasse filme da Disney, Sakuia seria o Bambi;
  • Há suspeitas de que os personagens torçam para o São Paulo Futebol Clube;
  • A língua de Atsumi tem mais efeito do que morfina;
  • Como o mangá só tem um volume toda essa viadagem acontece em menos de uma semana;
  • No Natal, o melhor presente para Sakuia é pegar o saco do papai Noel;
  • A música preferida de todos os personagens é: Supermassive Black Hole da banda Bolo Musse.

Ver também[editar]

Se você veio até essa página devia estar querendo ver algo assim