Nhonho's Awesome Bellyful Attack

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Tomadinha do poder.jpg Nhonho's Awesome Bellyful Attack tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força
Cquote1.png Você quis dizer: Totó de barriga Cquote2.png
Google sobre Nhonho's Awesome Bellyful Attack

Cquote1.png Bump!! Cquote2.png
Nhonho executando a técnica
Cquote1.png Aprendeu muito bem, filho!! Cquote2.png
Seu Barriga sobre a execução perfeita do Nhonho's Awesome Bellyful Attack por parte do Nhonho

Nhonho's Awesome Bellyful Attack é uma técnica de poder descomunal, que foi inventada pelo Nhonho, para exterminar os vermes insolentes que o chamavam de gordo, ou que até mesmo o ficavam provocando por razões idiotas, como por exemplo, quando o Nhonho dizia que ele gostava de um jogador de futebol inexistente chamado Bernardo.


Criação[editar]

Um grande usuário da técnica. Segundo relatos, quando ele usou a técnica, os inimigos simplesmente foram voando para Neverland.

Em um dia qualquer, enquanto Nhonho estava sendo alvo de piadinhas na escola por causa de sua massa corporal levemente elevada, ele decidiu que não iria mais ficar aguentando isso calado, e resolveu que iria começar a sentar a porrada em quem quer que fosse que tirasse sarro da cara dele. Porém, Nhonho não sabia como ele iria fazer isso, afinal, ele não tinha nenhuma habilidade com técnicas, pois ele não era um lutador, enquanto que os seus inimigos, como o Chaves, conhecia técnicas milenares poderosíssimas, como por exemplo, o Chaves's Triple Knockout Punch.

Então, Nhonho voltou decepcionado para casa, pois não sabia como se livrar da condição de paga-lanche. Então, chegando em casa, Nhonho foi pedir um conselho para seu pai, Seu Barriga, que disse para ele que ele deveria aproveitar as suas características um tanto quanto... Avantajadas. Com esse conselho, Nhonho logo percebeu que ele deveria usar a sua pança de lona de circo para isso.

Como Nhonho estava com muita vontade de mandar para o quinto dos infernos todos os seus inimigos, apesar de Nhonho não conhecer nenhuma habilidade de luta, ele resolveu começar a treinar, sempre usando a sua barriga. Os treinamentos se arrastaram por diversos meses, sendo que ele sempre errava a potência do golpe e destruía os móveis de sua casa com as barrigadas erradas. Isso se seguiu por muito tempo, até que...

Quando Nhonho estava na escola, todos os alunos já estavam prontos para fazê-lo de paga-lanche, assim como todos os outros dias. Porém, nesse dia foi diferente, pois Nhonho não tinha aguentado a vontade e tinha comido todos os 24 sanduíches que ele tinha no caminho. Como Nhonho não tinha nenhum sanduíche para entregar para os valentões, estes estavam prontos para quebrar toda a cara do Nhonho. Como Nhonho não queria ter a cara toda quebrada, ele decidiu arriscar, e colocou todos os treinamentos dele à prova, mandando a barrigada nos valentões. O mais incrível é que a técnica deu certo, e os valentões saíram voando, e, com o impacto da barrigada, eles forma parar lá no Acre, para nunca mais voltarem. Esse poderoso golpe de barriga com um impulso espetacular foi denominado Nhonho's Awesome Bellyful Attack.


Aplicação[editar]

Nhonho, o mestre na técnica, se preparando para usar o seu poderoso Nhonho's Awesome Bellyful Attack.

Antes de mais nada, é conveniente saber que essa poderosa técnica só pode ser executada por gordões sedentários que não tiram a bunda da cadeira nem para ir ao banheiro. Bom, como eu sei que você é um (a), isso não é problema. Para executar essa técnica, siga os passos abaixo:

  • Leve para a escola 24 sanduíches de presunto (pode ser de qualquer coisa, de preferência de um sabor que o seu colega pobre goste)
  • Chame o seu amigo pobre
  • Coma na frente dele e diga que não vai dar nem um pedaço
  • Espere ele chamá-lo de gordo otário e idiota
  • Pegue um impulso com a barriga
  • Dispare a barriga com todo o impulso. Se possível, quando a barriga estiver chegando perto dele, coloque um impulso extra
  • Pronto!! O seu colega foi voando para o Acre, e de lá ele (com certeza) não volta mais