Nico Demo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Coringa1.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.


M fidel 6635.jpg ESTE ARTIGO TRATA DE REPRESSÃO E DITADURA

Você deve aceitar calado(a) o que está escrito aqui sem duvidar de nada,
ou correrá o risco de sumir misteriosamente.

Desciclopédia: ame-a ou deixe-a!
Ditaduratumulo.jpg


250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.

Night creature.JPG Nico Demo surgiu das trevas!!

Always lurking... Always in the darkness...

Puro osso.gif
Nico Demo não é tão mau quanto parece (Ou sim).

Cquote1.png Você quis dizer: Nico Demônio? Cquote2.png
Google sobre Nico Demo
Cquote1.png Experimente também: Capeta Cquote2.png
Sugestão do Google para Nico Demo
Cquote1.png Nunca ví! Cquote2.png
Qualquer um sobre Nico Demo
Cquote1.png Esse é mais secundário do que eu Cquote2.png
Xaveco sobre Nico Demo

Apresentação[editar]

Que garoto mais gentil!

Loirinho (mais resumidamente, burro), com o cabelo partido ao meio no formato dos chifres de Satanás, cheio de sarnas no rosto, usando smoking com bermuda (que coisa brega!) olhar dissimulado e um sorriso que somente enganaria a um total idiota como você, esse é Nico Demo, um personagem totalmente fora dos padrões desenhísticos de Maurício de Souza, sendo que muitos até duvidam que tal criatura tenta sido criada por esse autor reconhecido por seus personagens puros, singelos e calmos. Não se vê ele nos gibis desde muito tempo, sendo que, quando aparece, ainda é nas revistinhas da Magali, fazendo uma pontinha ou outra, só para que ele não fique esquecido por todos, assim como Massaro (quem?) um personagem nipônico e que nunca mais apareceu nos gibis (se bem que, quando ele aparecia, não fazia nada de interessante mesmo). Desde o seu nascimento, Nico Demo nunca foi visto com bons olhos, principalmente em se tratando da época de sua origem, na DitamoleDura.

Nico Demo, por qué no te callas?[editar]

Nico Demo tenta ajudar, mas sempre acaba atrapalhando.

Criado por volta de 1900 e guaraná com rolha, quando realmente Maurício de Souza tinha algum pingo de criatividade naquela cabeça coberta de gel que nem o vento consegue tirar do lugar (e isso é um fato), durante à época da Ditadura Militar Brasileira, Nico Demo foi a exceção de qualquer um dos personagens da Turma da Mônica, que tentam ser politicamente corretos, aparecendo primeiramente naquelas tirinhas em jornais que ninguém lê e, de preferência, não proferindo nenhuma palavra sequer, tal qual o Humberto (só que este é surdo-mudo, mas tudo bem). Ele preferia agir, e agia muito, ao invés de falar, fazendo artes que até Deus duvida com todo mundo. Apesar das suas intenções serem das melhores, toda a ajuda que ele tentava dar a alguém, nunca dava certo e, pela sua cara não ter sido batizado quando pequeno, levava os outros a acreditar que todas as cagadas que acabava fazendo ao tentar "ajudar os outros" não passavam de truques para mesmo foder com cada um que pudesse (ou não).

Como estavamos em uma época em que deveria ser pregada a ordem e o progresso a lei, Nico Demo não foi um personagem recebido de braços abertos pelos leitores do jornal que ele aparecia, muito menos pelo pessoal da censura, que vivia de olho em qualquer coisinha que saísse nos impressos daquela época, que poderiam ser interpretados como anarquismos (é, o pessoal era meio doida naquele tempo). Por causa do seu jeitinho transviado peraltas, mas "sem querer querendo" para que fique bem claro (ou não), o Demo foi chamado a atenção pela primeira vez para que se comportasse nas tirinhas, sobrando para a cabeça de seu autor, que teve que começar a maneirar nas brincadeiras do menino, pois estavam sendo vista com maus olhos, ainda mais em uma época em que tudo era correto. Maurício ainda tentou suavizar as sacanagens do moleque, mas elas ainda eram muito evidentes, o que fez com o que o personagem fosse banido do jornal em que trabalhava e entrando (como muitos personagens de Maurício) na geladeira.

Volta o cão arrependido[editar]

Nico Demo bolando uma maneira de voltar às páginas principais da Turminha.

Depois que as ideias ditatoriais deixaram de comandar o nosso país (pelo menos assim eu acredito), muitos outros desenhos mais boca sujas e sem vergonhas apareceram, entre eles temos o brasileiríssimo Fudêncio, sem falar que fomos invadidos por uma leva de desenhos mais obscenos ainda (Fudêncio ainda é fichinha perto desses outros), como South Park e Os Simpsons, que não ficam atrás quando o assunto é criticar alguma porra que esteja torturando o caralho da vida de merda de alguém (desculpa a boca suja). Com tudo isso, não tinha mais porque o pobre Nico Demo, que nem ao pé desses desenhos chega, ficar nesse frio lugar destinado à vários personagens da Maurício de Souza Produções, por isso, ele acabou sendo revivido, voltando das cinzas, como uma Fênix, apesar de agora ficar sendo somente usado como um tapa-buracos em raras histórias e sem nenhuma participação realmente importante (como no tempo em que era o protagonista de tirinhas), ele está feliz por ter saído do anonimato (assim eu espero).

Mas, como alegria de pobre dura pouco, Nico Demo ainda atua somente em pequenas pontas, tendo a sua participação restrita à (pelo menos no momento) gibizinhos da Magali. O cara se tornou tão secundário, que nem sequer um emprego na revistinha da Mônica ele ganhou, tendo que ficar fazendo cena nas histórias da comilona anoréxica (sei que é paradoxal, mas ela é assim mesmo). Isso é até bem lógico, Maurício com certeza deve estar com medo de expó-lo em uma revista de maior circulação para evitar que o censurem de novo, mesmo que as chances disso sejam praticamente nulas (prevenir é melhor do que remediar, afinal!). Mesmo assim, Nico Demo ainda tenta ao máximo se esforçar para ganhar o status que tinha no passado e que foi perdido pelo Militares,ainda perdendo seu estilo maldoso e politicamente incorreto(seria ótimo se ele mataste algum mascote ,fisese uma feijoada e desse pro dono comer) , quem sabe se ele conseguir finalmente derrotar a gorducha, baixinha, dentuça, ou pelo menos entrar em um Plano Infalível do Cebolinha e ganhar uma coelhada de presente, acabe aumentando a sua divulgação por aí, a ponto do rapaz ter o seu próprio gibi? (ok, estou viajando muito, isso nunca vai acontecer).

Esse garotinho eletrizado (mentira tamanho família, o cabelo dele sempre foi naturalmente assim: muito louco!) apronta tremendas confusões nessas altas tirinhas da pesada aí embaixo desse título do barulho![editar]

Imagemiimagem imagem.png

Ver também[editar]