Nintendo 64

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Não vandalize, senão você vai pro cantinho da disciplina! Atenção pirralhada Criançada!

Se você é fã de Nintendo 64, o problema é seu! Não adianta bagunçar o artigo, pois a Super Nanny está de olho! E se ainda mesmo assim você aprontar, ela vai lhe colocar para chorar no cantinho da disciplina!
Não gostou do artigo? Problema seu! Se vandalizar, vai ser banido na hora!
Barrichello Criyng.jpg Nintendo 64 se trata de um(a) PERDEDOR(A)

Não adianta chorar, ele(a) sempre vai se fuder bonito. Clique aqui para ver outros azarões.


Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Nintendo 64.
O jogo mais infame do N64
O segundo mais sofisticado console de cartuchos (perdia para o mega drive).

Cquote1.png SÓ HOJE, NINTENDO 64 POR APENAS R$ 959,90 REAIS, COM JOGO ISS 64 INCLUÍDO!!!!!! Cquote2.png
Ciro Bottini sobre Nintendo 64
Cquote1.png Quem te mandou não por CD!? Quem te mandou não por CD!? Quem te mandou não por CD!? Aponta! O de jaqueta? Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre o fato do Nintendo 64 usar cartuchos em plena era de CDs
Cquote1.png Pra fazer um jogo, eu demorava mais de 3 anos. Cquote2.png
Shigeru Miyamoto sobre a época que produzia games para o Nintendo 64
Cquote1.png Tem Winning Eleven? Cquote2.png
Moleque brasileiro sobre Nintendo 64
Cquote1.png Não tem Winning Eleven nessa porcaria! Cquote2.png
Usuário de Playstation 1 sobre Nintendo 64
Cquote1.png E também não tem Gran Turismo e Final Fantasy nessa porcaria! Cquote2.png
Outro usuário de Playstation 1 sobre Nintendo 64
Cquote1.png Dane-se Mario, Winning Eleven e Final Fantasy. Negócio é jogar Sonic e Daytona Cquote2.png
Usuário de Sega Saturno sobre Nintendo 64
Cquote1.png Yahoo! Mama mia! Cquote2.png
Mario sobre o que ele iria fazer com um Nintendo 64
Cquote1.png Nintendo sixty FOOOOOOOUUUUUUURRRR!!!! OH MY GOOOOOOD!!!! AAAAAHHHHHHHH!!!!! Yes!!! Yes!!! Yeah!!! Cquote2.png
Muleque doido do N64 sobre quando ganhou seu Nintendo 64
Cquote1.png Na União Soviética, o Nintendo 64 joga... VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Nintendo 64
Cquote1.png lançamento de ogivas nuclares em 5...4...3... Cquote2.png
RCP sobre codigo de transformação de vertices 3D com uma linha errada
Cquote1.png O Nintendo 64 vendeu menos que o PS1 Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Nintendo 64
Cquote1.png Afff... Nem salvei e já vou ter que devolver o jogo. Cquote2.png
Pobre coitado que só tinha dinheiro para alugar o cartucho
Cquote1.png Óia, óia CD do PS1 5 real, tá acabando, vamo comprar Cquote2.png
Vendedor ambulante de PS1para o pobre acima
Cquote1.png Comprei meu Nintendo 64 lá na Dinamarca Cquote2.png
Caco Antibes sobre Nintendo 64
Cquote1.png É de comer? Cquote2.png
Carla Perez sobre o Nintendo 64(referindo-se aos sabores dele)


N64.gif
Nintendo 64 é um consolo console da Não-intendo feito unicamente para alienar pobres nerds e arrecadar milhões para a sua companhia.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Joystick: útil em várias posições.
Nintendo 64 transando com um 3DO.

Nos anos 90, a Nintendo, grande entusiasta do regime militar afro-brasileiro, estava descontente com a redemocratização brasileira. Por isso resolveu fazer um console(o) em homenagem ao Golpe Militar no Brasil, o Nintendo 64(não confudir com Nintendo 69!). É um console de vídeo game da 5ª geração produzido pela ex União Soviética antes do fim da Guerra Fria. É o segundo mais sofisticado sistema que utiliza cartuchos, perdendo para o Polystation. Os seus cartuchos - entre eles, Super Mario 64, 007 Goldeneye e International Superstar Soccer - utilizavam a tecnologia mais avaçada do início dos anos 90 do século passado, funcionando com base na energia eólica na qual era necessário assoprá-los todas as vezes em que fosse jogar.

A primeira versão do console foi toda preta (black emocore version), até que a Nintendo resolveu imitar a Apple, fazendo versões do "iNintendo 64" coloridas e saborosas. Até de Kiwi tinha. Uma das últimas versões foi com o Pikachu em cima do console. Para resetar era preciso empurrar e puxar o rabo do Pikachu, na versão japonesa, até ele falar "pika pika ahhhh". Nas versões de console ocidentais era preciso apenas apertar o pé do bicho.

O controle do Nintendo 64 foi um dos mais inovadores de sua época e de todos os tempos. Foi o primeiro que permitia ser manuzeado em várias posições. Esta característica lhe atribuiu outra função: a de consolo.

Com três hastes e um acessório para vibrá-lo, o joystick do Nintendo 64 foi o primeiro a ser vendido em Sex Shops. Esta ideia voltou com força total 10 anos após o seu lançamento com o mais novo console da Nintendo, o Wii, que possui um controle que lembra os de televisão, mas foi desenhado para satisfazer vários tipos de jogadores e jogadoras.

O maior problema que o Nintendo 64 enfrentou foi o transporte. Tudo dele era grande: o joystick, a fonte, o cartucho, o próprio console, os acessórios, o égo do miyamoto, etc.

[editar] Jogos

Foram um total de 646,464 jogos lançados para o Nintétô 64, sendo que 64% dos jogos eram alguma sequência de outros jogos. Só alguns desses jogos não tinham no final do nome o número "64".

Aqui vai uma lista de jogos que fizeram sucesso:

  • Bóris Kazooie 64
  • Banjú&Tóy&Story 64
  • Perféquiti Darquí (O primeiro jogo estrelado por um santo da igreja Católica, o Padre Qvedo) 64
  • F-Zero Équis (Estrelado por Capitão Nascimento, em uma das sua poucas aparições nos mundo dos videogames, onde ele dirija seu caveirão turbinado batendo nos fanfarrões) 64
  • Sulper Isméchi Bródêrs (baixou o espírito do Maguila no criador de Quêrbi, Massagiro Sakur-aí e ele resolveu botar todos os personagens da Nuintendo para meterem pau um no outro até dizer MATÊ!!! 64
  • TuRock 1,2 e 3 Live in Jurassic Park 64
  • Residenta ivo 2 (É, saiu pro 64 também, com 512 MB de cartucho que fazia seu Ninteto 64 esquentar mais que Teresina no Verão)
  • Istár Fox 64 (criado pela Tuenti Centuri Foquís do Brazil em parceira com a Nintendo estrelando uma raposa louca traveca chamada Foquís e seus amigos que invadiam o mundo de Istár Uors tentando derrotar os dois lados da força para que eles possam dizer: "All your base are belong to FOX"

[editar] Problemas com o Nintendo 64

  • Graves problemas de pulmão devido ao constante ato de assoprar as fitas
  • Induz jogadores a praticarem a punheta, pois exige ao jogador ato semelhante quando limpa o cartucho
  • Quando tem muita gente, é preciso jogar de quatro.
  • As crianças de hoje confundem o N64 com o aparelho de som da sala.
  • O seu cachorro mija em cima.
  • Trepa com ele.
  • Mas ele é estéril.
  • Assim como sua TV é estéreo.
  • O controle vibra muito, causando acidentes. Deixei na beira da estante, ele caiu e virou pó.
  • Donkey Kong Country NÃO é para N64.
  • Nunca se acha controles que combinam.
  • Ainda é fabricado o N64 pela ACRE-Toys, no Acre e na cidade tecnológica de Chico City pela ZINT3NDO.

O maior motivo de existir os kamicazes no japao. -- E o maior motivo de existir analfabetos é alguém, que por algum motivo talvez sonystíco da vida, escrever Kamikaze com C!

[editar] Legado

O Nintendo 64 provou que o cartucho não se adaptava aos tempos modernos. Os cartuchos dificultavam o trabalho daqueles que faziam programas de incentivo ao acesso de jogos virtuais, os piratas. Além disso, fazia o jogo ficar muito caro. Em plena época de gravação de CDs e cópias mais acessíveis de games, o Nintendo 64 provou ser mais um objeto de desejo do que um video game.

Mas a maior contribuição do console foi seu design inovador que "inspirou" os produtores do Mega Joy. Apesar deste último não vibrar, ainda dá pra fazer um ménage à trois por um preço mais acessível, segundo Ciro Bottini.

Versão mais barata do consolo: colorido.

Como a Sony copiou tudo da Nintendo, e de outras empresas também, na área de video games (controle analógico, vibração, wi-fi etc), foi desenvolvido o Playstation decorrente ao sucesso do PolyStation.

[editar] Hardware

RCP, tal chipezinho alienígena dificil pra caralho de programar

O hardeuáre do Nintendo 64 (ou Ultra 64, ou Project Reality, ou "aquele troço da nintendo que é dificil pra caralho de programar"), É baseado na produção de lixo da cabeça do Homer Simpson:

  • CPU CHIPS R4300i (Significa Batatas Crocantes amarelinhas rodando dentro do N64)
  • Gpu/Som RCP (Significa que o Chip é o "Chip Sonoro Goma de Polenta da Uganda - RollerCoaster Pro)
  • Ram RAMBUS com 4 mega (licenciada pelo Sylvester Stallone)

Grande parte da dificuldade de se programar em um N64 era a RollerCoaster Pro.

A RCP é um Chip extremamente complexo, baseado em destroços de uma montanha-russa tridimensional qualquer. Ele que é responsável por transformar e desenhar os triângulos, então dependendo da qualidade do seu codigo de RCP obtém-se algo com a qualidade variando de Atari a The Sims 7 - Pacote de Expansão Make Some Caca Out0 Online em tempo real.

Mas como na época eram só péssimos profissionais, a Nintendo conseguiu no máximo Smash Bros.

[editar] Programadores RCP

Apenas alguns antigos funcionários da Nintendos que eram programadores de RCP:

A RCP também tem a péssima mania de causar lançamento de Ogivas Nucleares russas, iniciando um domínio das Máquinas sobre os Seres Humanos (no melhor estilo Skynet), causando uma distorção dimensional para o Inferno ou simplesmente explodindo, matando o programador quando mal codada, sendo o responsável pela destruição em 1998 de metade do Acre.

[editar] Ligações externas

[editar] Ver também:


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas