Nipobrasileiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
VoadoraTanaka.jpg Made in Japan BRASIL!!

Este é um artigo com tecnologia do sol nascente Burajiru né.
E é dono de alguma quitanda ou pastelaria na Liberdade.
Bagunce o artigo e Içami Tiba lhe dará umas lições de disciplina.


Simplificando:[editar]

São bra$ileiros (do Bra$il) que são descendentes dos japoneses que vieram para o Brasil, vieram por vontade própria mas alegam ser pela mentira dita por brasileiros que: "O Brasil é a esperança de uma nova vida. Um novo mundo para recomeçar e criar nossos filhos" e bla, bla, bla, etc todo mundo ja sabe. E é por isso que vemos em muitos lugares esses nipobra$iliênces.

Há também o oposto brasojaponês. Eles são encontrados em escolas particulares e em faculdades. Ambas pública ou particular. Esses "camaradas" tem uma importância muito grande para o nosso país, ja que eles, assim como seus antepassados, possuem o dom do conhecimento em fazer coisas "curiosas" do tipo Alarme de bolsa e Coleira Anticoncepcional. Além de passar no vestibular.

Típica nipobrasileira emuxa.

Profissões de Nipobrasileiros[editar]

  1. Reporter.
  2. Jornalista, geralmente em programas rurais.
  3. Agricultor.
  4. DJs.
  5. Donos de floricultura.
  6. Dono de multinacional.
  7. Organizador de eventos.
  8. Executivo.
  9. Legislativo.
  10. Judiciário.
  11. Médico de posto de saúde.

Costumes[editar]

Com um design tipicamente japonês, os brazukas costumam ter certos hábitos curiosos, uns comuns e outros ousados. Alguns são guitarristas de alguma bandinha de garagem qualquer. Outros são nerds cuja única missão que tem na vida é passar no vestibular de SP


De Onde Vieram[editar]

Tudo começou no final do século XVIII (18) e ínicio do XIX (19), depois que a Princesa Izabel declarou liberdade aos escravos. Os Barões e Senhores perderam seus bons empregados, começando a se desesperar, pois não sabiam mais a quem recorrer, mesmo depois da chegada dos italianos (mas isso e outra história), só que esses estavam sempre bêbados, resultado de plantarem vinho junto à plantação de café, aproveitando o tempo de folga para dar uns goles.

Rezando para todos os santos para evitar problemas de falta de comida no Brasil, trataram logo de ir buscar em longínquas terras, lá pelas bandas orientais algum idiota que aceitasse trabalhar de graça nas ricas terras brasileiras. Felizmente, o Imperador Japonês aceitou, já que seu país é menor que o Paraná e não tinha espaço para tanta gente.


Situação Reversa[editar]

Tudo na vida tem um contra, mas esse é "o contra". Se você pesquisar na Desciclopédia vai ver que eles, os japoneses de verdade não gostam de descendentes de brasileiro na terra da laranja nascente. Mas nos, brasukas, amamos esses caras e assim como ja dito abrimos os braços e as pernas pra esses filhos da mãe de cara achatada. No japão (Godzilla Country), eles não gostam de nós, na verdade não gostam é de ningem só dos Americanos loiros de olhos azuis. É esse o sonho japonês, ser branco loiro como Goku faz quando tá com a macaca.


Profissões de um Brasileiro Imigrante[editar]

  1. Empacotador de peixe congelado.
  2. Jogador de futebol
  3. Carregador de malas de Hotel.
  4. Trabalhar no Boliche encerador de pista.
  5. Testador de colete a prova de balas.
  6. Pintor de sacada.
  7. Outras prifissões horríveis que os japas deixam para os imigrantes pobres e sem educação.