Nissan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cosmo.jpg "Não, cê é burro cara, que loucura..."

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

E acredita na imparcialidade jornalística da Rede Globo.
Jaspion metaltex.jpg

Made in Japan
Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
E tem um Nissan, Toyota, Honda ou Mitsubishi que fazem drift.

Cquote1.png Irmão! Cquote2.png
Mitsubishi sobre Nissan.

Nissan Motor Company, Limited (pronuncia-se Niçã) é um grupo Anti-Brony radicalista do Japão que tem como fonte de arrecadamento fabricar e vender supostos automóveis. Era tão lucrativa que teve que ser salva da ruína pela Renault (e como agradecimento puxaram o tapete do Ghosn), a qual é parceira até hoje na fabricação de carros feios e ruins, mostrando que nem todo carro produzido pelos países do Eixo são pica das galáxias. É considerada uma marca relativamente premium no Brasil, mas pé rapada em qualquer outro lugar do universo.

Modelos lançados[editar]

Nismo? Que nome patético, até a Nissan não aguentou e tá rindo...
Merda, é o Braia...
A Nissan já invadiu os The Sims.
  • Livina um carro moderno, que dá status ao proprietário, certo? Errou! Não passa de uma imitação do Honda Fit. Contudo, ele realmente dá status, só que de pobre, e para a proprietária, pois também é carro de casal com filhos (vulgo: família) sempre que é a mulher quem escolhe. E sim, é barato e não, não é bom, se fosse, quem escolhia era o homem não teria saído de linha, ao invés de só se encontrar modelos usados mais de 8000 km.
  • Tiida - Esse carro já começou errado pelo batismo, que raio de nome é esse? Pensando bem, é super apropriado ao carro, que só não foi sucesso pela Niçã não ter contratado a Valesca Popozuda para fazer uma propaganda cantando "Quero Tiida". Juntamente com o Livina, também já foi pro ferro-velho do Satanás. O único ponto positivo que era possível ter nesse carro seria se um usuário de heroína aidético deixasse uma seringa no banco.
  • March - Quando não poderia piorar depois da piada infame da citação da Mitsubishi, o terceiro carro da lista é o que tem nome do terceiro mês do ano em inglês. Um carro que tinha tudo para dar certo, bastava ser da Honda a montadora e os engenheiros terem acertado design, suspensão, carroceria, motor e acabamento interno. Totalmente empobrecido em relação ao modelo europeu, vide os resultados dos crash-tests. Quem tem amor à vida nem chega perto de um...
  • Frontier - A única picape sem pôneis malditos do mercado. Inspirou a criação do desenho infantil "My Little Pony", o que a melhor coisa que essa picape fez, diga-se de passagem, pois atualmente só é procurada (de preferência usada) por produtores de alface para transportarem seus lisos e/ou crespos produtos, visto que coisas mais pesadas, tais como travesseiros ou borboletas, podem danificar a suspensão. Ideal para quem precisa de uma camionete com tanto espaço para não ser usado quanto a casa da Ana Hickmann.
  • Sentra - Carro de tiozão, com ambiente interno resistente à luz, até porque se fosse sensível, duraria 1/3 do tempo de vida útil por conta dos inúmeros flashes das fotos com o motorista usando óculos escuros... Conseguiu a incrível façanha de ser mais sem graça, enfadonho e lamentável que o "Vovorolla" da Toyota. Pelo menos é o mais barato de sua categoria, vem com câmbio CVT e com ESP. Se custassem 1 real a mais, encalhavam todos nas lojas.
  • Versa - Durante o projeto do carro a equipe de desenhistas estava de férias (na Groelândia). As linhas ficaram a cargo do faxineiro míope do turno da madrugada. Seu design era para ser parecido com o Sentra, e conseguiu, ficando uma bela bosta. É primo do Renault Logan, sendo tão escroto, inútil e feio quanto, e ainda tem o câmbio duro de uma Kombi 1993.
  • Altima - Enfim um carro bom e bacana! Algo de errado não está certo... InFelizmente, corrigiram o terrível engano tirando rapidamente o carro do mercado brasileiro. Devido a estar fora de linha a um bom tempo, o que se encontra para comprar hoje tem de 4 a 6 anos e 300 donos, devido a muitas pessoas pobres sem cultura terem crédito para financiar o mesmo, porém não terem recursos financeiros para gastar R$ 1000,00 por semana em gasolina. Greta Thunberg atira uma pedra em cada um que vê pela frente.
  • Kicks - Com o firme propósito de repetir o sucesso em vendas dos escabrosos HR-V da Honda e Renegade da Jeep (onde as pessoas estão com a cabeça quando compram esses carros?), a Nissan lançou o SUV, crossover ou a desgraça que for essa categoria ridícula de carro, caguei... Do que eu tava falando? Ah sim, a Nissan lançou o Kicks durante os Jogos Olímpicos de 2016. Não poderiam ter escolhido um momento mais oportuno... Conta com um motor igual ao do Versa para puxar uma carroça daquele tamanho e é famoso por gastar muito e não andar nada. Existe uma versão com motor 2.0 que gasta mais gasolina que a Prefeitura do Rio de Janeiro com as Olimpíadas.
  • Skyline - Disponível apenas no Japão, em versão cupê e sedan. Skylines saem das fábricas da Nissan há décadas e sempre fazem bicos em qualquer Need for Speed.
  • Fairlady Z ou 370Z - Chevette JDM, perfeito pra se fazer aquele drift maroto na grama molhada e soltar pipoco pelo escape, pagando o preço de um V8 em um V6.
  • GT-R - O único carro onde até um macaco adestrado pode bater tempos de caríssimos superesportivos de grife. Contém 107% de eletrônica embarcada. Você pensa que está pilotando, mas na verdade é o sistema de vetorização de torque que faz a mágica.

Carros elétricos[editar]

  • Leaf - É, só tem esse, e é feio que dói, como um bom Nissan. Foi testado como táxi no Rio de Janeiro e não passou disso. Atualmente, o consórcio Renault-Nissan vem colaborando com o Project Better Place para a produção de redes de veículos totalmente elétricos e milhares de estações de recarregamento na Dinamarca, em Portugal, Israel, Vale do Silício e em outros países e regiões. Em 2011, foi lançada a parceria da Renault-Nissan e Better Place na infraestrutura e nos automóveis. Um projeto eletrizante!

Histórico no automobilismo[editar]

Só em sonho pra foder a Honda...

Cquote1.png Freguês Cquote2.png
Honda, Toyota, Mazda, Subaru e até Hino Motors sobre a Nissan no automobilismo.
Cquote1.png Freg... Não, péra Cquote2.png
Renault quase explanando a companheira.

A Nissan tem um vasto histórico de glórias no automobilismo japonês e mundial, que inclui um gigantesco palmarés de incontáveis campeonatos mundiais organizados pela FIA e várias ocasiões em que seus carros foram os primeiros colocados entre os concorrentes de origem japonesa cujo nome do fabricante começa com NIS e termina com SAN. Atualmente a Nissan perde compete no Super GT, Blancpain GT Series e em campeonatos GT3 mundo afora com o GT-R, além de fornecer motores baratos para vários protótipos.

Em 2015, a Nissan ostentou orgulhosamente um dos maiores fracassos da história das 24 Horas de Le Mans, a bordo de um carro totalmente sem pé nem cabeça, o indefectível GT-R LM NISMO. Um projeto tão bom que levou voltas e voltas de carros de categorias inferiores. E mais uma vez, foi humilhada por Audi, Porsche, e sua suposta arquirrival Toyota no WEC.